Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Lucas 13.31-35 - 2° Domingo na Quaresma - 13/03/2022

Caderno de Cultos 2022 - Sínodo Mato Grosso

13/03/2022

13/03/2022- 2° Domingo na Quaresma
Pregação: Lucas 13.31-35;
Leituras: Salmo 27; Filipenses 3.17-4.1;
Pa. Daiane Pasqualotti – Gaúcha do Norte - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA

Bom dia ou Boa Noite!
Acolho a todos com as palavras do Salmo 27: “Confie no Senhor, tenha fé e coragem. Confie em Deus, o Senhor.”
Portanto, queridos irmãos e irmãs, que possamos colocar toda nossa vida aos cuidados de Deus, confiando de que Ele realmente está a frente de tudo, louvemos, oremos, busquemos a Deus neste encontro. Que bom que vocês vieram, que seja um encontro de benção, de comunhão, de testemunho da nossa fé. Que o amor de Deus norteie nossa celebração! Bem vindos e bem vindas! Sintam-se todos bem!

Acolher visitantes se houver.

CANTO DE ENTRADA
08 – LC – Estamos aqui, Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Que o Deus da esperança vos encha de todo o gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
05 – LC – Aqui chegando, Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Querido e amado Senhor, tu que és o nosso Deus poderoso, que nos liberta da morte e do poder do inimigo, somos-te gratos pelo amor a nós revelado em Jesus Cristo, nosso Salvador. Reconhecemos que teu ato na cruz é grandioso demais, e que não merecemos tua grande misericórdia e bondade. Tu queres nos mostrar o caminho da eternidade e nós nos ocupamos apenas com o sono e os sonhos desta vida terrena. Pecamos e nos distanciamos de ti quando não permitimos que a tua graça brilhe sobre nós e nos oriente. Cada um de nós Senhor, tem muito que colocar diante de ti, tu conheces cada coração. Sabe tudo o que afeta o nosso relacionamento contigo. Queremos deixar tudo o que nos afastou de ti para trás. Por isso clamamos, tem Senhor misericórdia de nós e nos perdoa. Em nome do nosso Salvador Jesus que morreu na cruz pelos nossos pecados, nós pedimos perdão Senhor.Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Palavras de graça e misericórdia encontramos em 2 Co 5.21 “Em Cristo não havia pecado. Mas Deus colocou sobre Cristo a culpa dos nossos pecados para que nós, em união com ele, vivamos de acordo com a vontade de Deus.” Se crermos nessas palavras, assim será. Amém.

KYRIE
Viemos para este culto buscando o encontro com Deus. Mas, neste encontro não somos abstraídos do mundo e da sua realidade. Por isso, coloquemos nas mãos de Deus as dores das pessoas que clamam por ajuda e por justiça, e fazemos isso cantando...

Pelas dores deste mundo, ó Senhor. 57

GLÓRIA IN EXCELSIS
Cantemos Glória a Deus nas alturas, pois Deus foi, é, e sempre será misericordioso com nossas fragilidades humanas, a Ele devem ser rendidos muitos louvores. Cantemos de pé....

Glória a Deus nas alturas

ORAÇÃO DO DIA
Pai de amor, nosso Salvador benigno, Espírito Santo animador da nossa fé, louvamos-te por que teu agir nas nossas vidas nos torna teus filhos e filhas. Obrigada por tua graça que nos transforma. Obrigada pela tua luz que nos guia. Obrigada pelo teu perdão, salvação e vida eterna. Obrigada por que tu não tens limites para agir em nosso benefício. Obrigado que tu nos concedes o privilégio de crer em Ti e de nos firmar em tuas fortes e poderosas mãos. Pedimos, fortalece-nos a cada dia com tua Palavra. Fala ao nosso coração também hoje, neste lugar. Derrama teu Santo Espírito, e age em nós e através de nós no ouvir e meditar da tua Santa Palavra. Assim oramos, em nome de Jesus. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Salmo 27

2° Leitura Bíblica: Filipenses 3.17-4.1

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
87 – LC – A lei do Senhor

PREGAÇÃO

Graça e paz da parte de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Nesse período que vivemos agora, a Quaresma, nós somos sempre de novo convidados a refletir sobre os caminhos de Jesus que culminaram na cruz, caminhos esses que foram cheios de muitas dificuldades, dúvidas, sofrimento e até mesmo certa decepção. O texto da pregação de hoje fala sobre uma dessas decepções ou profunda tristeza de Jesus, ouçamos....

Lucas 13.31-35

Querida comunidade, entre as possibilidades de reflexão que o texto nos oferece eu quero seguir uma que pode ser intitulada O lamento de Jesus por Jerusalém.
Baseado na fala de Jesus:
Jerusalém, Jerusalém, que mata os profetas e apedreja os mensageiros que Deus lhe manda! Quantas vezes eu quis abraçar todo o seu povo, assim como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vocês não quiseram!

O lamento de Jesus vai muito além da pena ou tristeza para a Cidade do Templo; é muito mais, é um grito doloroso, um gemido que rasga seu espírito. Jesus ama profundamente Jerusalém, e vê com dor, e mesmo com o desamparo, como a cidade se voltou contra Deus, abandonou a justiça, e esqueceu o amor do vizinho indefeso. E diante de tal realidade, Jesus chora, lamenta.

Para nossa reflexão de hoje é importante destacar que:

- Jerusalém somos todos....

Podemos entender a raiva de Jesus com a situação em Jerusalém. E é possível, que frases julgadoras saiam de nossos lábios como: eles merecem; eles se afastaram de Deus, foram um povo rebelde. Mas se chegamos a pensar e até mesmo julgar dessa forma, é bom atentar-se, se eles mereciam, e nós, será que não estamos muitas vezes pelo mesmo caminho desse povo rebelde?

Se Jesus andasse por nossas cidades, o que ele diria diante da situação em nossas ruas? Como reagiria às ações das igrejas e de seus líderes e membros diante dessa situação? Uuyy! diante disso, não estamos mais tão ansiosos para julgar, certo?

Jerusalém somos todos, a hipocrisia também fez ninhos em nossa sociedade, também sabemos qual é a injustiça que anda pelas nossas ruas. Há dor, choro, solidão, pobreza... e nossos olhos e ouvidos se fecham diante disso.

E Jesus chora por nós. Em vista do que está acontecendo em nossas ruas, Jesus chora.

Ele chora quando vê homens e mulheres procurando por restos de comida entre as lixeiras e ruas da cidade, porque faz muito tempo que um salário capaz de alimentar essa família não entra em sua casa. Enquanto isso, em muitos lugares, festas, restaurantes, supermercados, lanchonetes, entre outros, jogam comida fora, sem fazer o devido reaproveitamento.

Ele chora quando vê crianças e jovens que estão nas ruas e praças da cidade quando deveriam estar em escolas ou institutos; crianças e jovens tão desencantados com o futuro que os espera que não tem incentivo para o esforço do presente. E ninguém que passa por eles ousa dizer-lhes qualquer coisa.

Ele chora pelas imoralidades, pelos exageros, pelas situações de desespero que levam pessoas a ter que roubar pra poder sobreviver, chora pelos hospitais não terem condições de cuidar de seus doentes, Ele chora quando vê que a justiça foi substituída pela caridade e pelo direito por piedade.

Sim, irmãos, Jesus chora por nossa cidade; chora por seus habitantes, chora pelas dores do mundo.

As lágrimas de Jesus devem ser nossas lágrimas. Sentir nas profundezas do nosso ser, do nosso intestino, a dor daqueles que passam fome, daqueles que são expulsos de sua casa, daqueles que não têm futuro de esperança. E sentir-se escandalizado pelo egoísmo dos poderosos que podem, mas não querem, escandalizados pela hipocrisia daqueles que passam palavras ocas/vazias, mas vivem em palácios de vidro, escandalizados com aqueles que enriquecem suas vidas em detrimento da desesperança dos pequenos.

Jesus foi ao extremo com seu amor e cuidado, ao extremo da morte cruel na cruz, nós, nem mesmo que quisessemos chegaríamos a esse extremo, pois somos frágeis. Mas temos Jesus como parâmetro, que possamos sempre lembrar como Jesus se sentiria diante de tal situação e, assim, também agir conforme Jesus agiria, ou pelo menos chegando o mais próximo disso. Nós somos filhos/as de Deus, irmãos de Jesus, e nossa responsabilidade para com o pai é cuidar também da nossa Jerusalém, a saber, nossas cidades, para que Jesus tenha menos motivos para se lamentar e mais motivos para se alegrar.

Também vale lembrar que a imagem da galinha com os pintinhos protegidos sob suas asas é a forma como Deus se coloca para nos proteger e cuidar. Cuidar das nossas cidades, que também sofrem com todo tipo de injustiças, desigualdades, desrespeitos, violências. Deus se coloca como nosso protetor, mas nós nos permitimos sermos protegidos por ele?

Quero acabar com a chamada bênção franciscana

Que Deus te abençoe com desconforto
diante de respostas fáceis, meias verdades,
relações superficiais,
para que você seja capaz de ir fundo em seu coração.
Que Deus te abençoe com indignação
diante da injustiça, opressão e exploração das pessoas,
para que você possa trabalhar por justiça, liberdade e paz.
Que Deus te abençoe com lágrimas
para despejá-los para aqueles que sofrem de dor,
rejeição, fome e guerra,
para que você seja capaz de estender sua mão,
confortá-los e transformar sua dor em alegria.
E que Deus te abençoe com loucura suficiente
para acreditar que você pode fazer a diferença neste mundo,
para que você possa fazer o que os outros proclamam é impossível.
Amém.

(texto adaptado do Pastor David Manzanas)

CONFISSÃO DE FÉ
Confessemos a Deus a nossa fé através das palavras do Credo Apostólico
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
472 – LC – Graças, Senhor eu rendo

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Como comunidade cristã que aprendeu de Jesus a apresentar a Deus, com forte clamor, orações e súplicas, vamos agora interceder pelas lideranças da igreja e do mundo e pelas situações e pessoas que necessitam das nossas orações, e fazemos isso orando juntos a oração que Jesus nos ensinou...

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Senhor:
Que a chama do Espírito Santo aqueça nossos corações,
Para que amemos nosso próximo;
Que a chama do Espírito Santo ilumine nosso caminho,
Para que vivamos a verdade;
Que a chama do Espírito Santo se eleve dentro em nós,
Para que clamemos por liberdade;
Que a chama do Espírito Santo nos reúna,
Para que proclamemos a Tua existência. Assim que a benção do Trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo seja sobre todos/as e acompanhe a todos/as hoje e sempre. Amém.

ENVIO
Nosso compromisso como cristãos e cristãs não termina neste culto. Ele continua no serviço, na oração, no consolo e no amor que prestamos ao mundo no nosso dia-a-dia. Deus, assim, nos envia com o seu Santo Espírito. Na confiança que Ele está conosco, vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria.

CANTO FINAL
301- LC – Bençãos Virão


Autor(a): Pastora Daiane Pasqualotti
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: 2º Domingo na Quaresma
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 13 / Versículo Inicial: 31 / Versículo Final: 35
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2022
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 66028

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas.
1João 3.20
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Jamais a fé é mais forte e gloriosa do que ao tempo da maior tribulação e tentação.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br