Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Marcos 11.1-11 - Domingo de Ramos - 29.03.2015

Caderno de Cultos 2015

29/03/2015

29/03/2015 – Domingo de Ramos
Pregação: Marcos 11.1-11; Leituras: Salmo 118. 1-2,19-29; Filipenses 2.5-11
Ministro P. Neomar W. Matte – Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Nova Mutum

ACOLHIDA
“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da glória ( Sl 24.7)”. Com estas palavras do salmista saudamos a todos os presentes. Que neste domingo de ramos possamos render nossos corações ao Rei da Glória. Amém

Acolhemos os/as visitantes, que se sintam bem em nosso meio. Que o Rei da glória possa preencher vossas vidas e vossos corações.

CANTO DE ENTRADA
Nº 473 – HPD – Jesus em Tua presença.

Ou: Nº ____________________________________________________

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 318 - HPD – Vem Espírito de Deus.

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Confessemos nossos pecados: Trino Deus, achegamo-nos diante de ti reconhecendo o nosso pecado. Sabemos que nem sempre damos a glória devida ao Teu nome. Por vezes buscamos a nossa própria glória e a que o mundo nos oferece. Reconhecemos, oh Senhor, que somente a ti pertencem toda glória e louvor. Assim, pedimos-te, oh Deus, perdoamos, lava-nos mediante o lavar regenerador e renovador do Teu Santo Espírito.

ANÚNCIO DO PERDÃO
“... O que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora (Jo6.37b)”. Na confiança de que Deus nos perdoa e nos aceita em Cristo Jesus, cantemos:
Nº 161 – HPD – Em nada ponho a minha fé.

KYRIE
Gratos diante da misericórdia do Senhor, queremos nos lembrar das pessoas que sofrem, daqueles que vivem em condições indignas, desumanas, sendo esquecidos pelos nossos governantes, pela sociedade e até mesmo pela Igreja. Como uma única Igreja de Jesus Cristo em toda à terra, intercedemos por nossos irmãos mundo a fora, a fim de que experimentem uma vida digna, para que seus corações se encham de paz, alegria e esperança.
Nº 166 - HPD- Dá-nos olhos claros.

GLÓRIA IN EXCELSIS
Louvamos a Deus que houve nossa oração e nosso clamor, pois seus ouvimos estão atentos e inclinados diante de nossa prece:
Nº 471 - HPD – Glória pra Sempre.

ORAÇÃO DO DIA
Oremos: Pai querido, é com gratidão que nós nos achegamos à Tua presença para render graças ao teu nome. Envia o teu Santo Espírito para falar aos nossos corações mediante a Tua palavra. Que possamos através de nossas vidas render glórias ao teu nome. Por Jesus Cristo, Rei dos reis e Senhor dos senhores, que reina contigo para todo o sempre. Amém

LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS

1ª Leitura Bíblica: Salmo 118. 1-2, 19-29

2ª Leitura Bíblica: Filipenses 2.5-11

Aclamemos o Evangelho cantando “Aleluia”
3ª Leitura Bíblica: Marcos 11.1-11

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 380 - HPD – A Tua Palavra é Semente.

PREGAÇÃO

Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai, e a comunhão do Espírito Santo estejam conosco hoje e sempre, amém.
De acordo com o relato dos três evangelhos, Lucas, Mateus e Marcos, parece que Jesus acompanhou a caravana de peregrinos festivos de Jericó a Jerusalém, de modo que entrou na capital ainda no mesmo dia dessa caminhada, pois a páscoa judia recebia judeus vindos de várias partes.
Conforme Jo 12.1, porém, antes disso o Senhor ainda passou por Betânia. Aqui os moradores da casa lhe ofereceram uma refeição, na qual Maria, a irmã de Marta, ungiu o Senhor (cf. Mc 14.3-9).
O boato da chegada do Senhor a Betânia disseminou-se pelos peregrinos da festa, de maneira que na manhã seguinte muitos vieram àquela localidade, a fim de ver Jesus e Lázaro, que havia sido ressuscitado por ele (cf. Jo 12.9-11).
O caminho, que subia do vale de Betânia sobre as colinas de Betfagé até o cume intermédio do Monte das Oliveiras, para depois descer até o vale do Cedrom, que separa os altos de Jerusalém do cume do Monte das Oliveiras, percorria ricos hortos de palmeiras, que eram símbolo da presença de Deus, segundo costume no AT.
Na época da Páscoa, no entanto, esse caminho poderia ser bem comparado a uma viela de acampamentos, festivamente agitada, por causa das caravanas de peregrinos e dos abrigos na encosta do Monte das Oliveiras. Essa estrada tornava-se ainda mais movimentada na noite de sábado e na manhã de domingo por causa das caravanas de peregrinos que iam para Jerusalém, levando para lá a notícia de que Jesus pretendia chegar hoje à cidade. Todos os adeptos de Jesus ficaram muito agitados por essa notícia, e aconteceu que, sem planejamento, se formasse em breve uma grande comitiva festiva que pretendia ir ao encontro dele.
Diante deste cenário, gostaríamos de enfatizar os seguintes pontos:
1º - Jesus é o messias- o enviado de Deus: O potro ou jumentinho mencionado a partir do versículo 2 sem dúvida é um filhote de jumento, porque os jumentos eram os animais de montaria usuais (Jz 10.4; 12.14; Zc 9.9). A nota “que ainda não foi montado” caracteriza a importância do evento. Para fins sagrados escolhiam-se animais que nunca haviam sido utilizados para nenhum trabalho (Nm 19.2; Dt 21.3; 1Sm 6.7). Jesus podia inaugurar seu reinado messiânico somente com um animal novo, que ainda não havia sido montado.
Jesus também quer ser o enviado de Deus em nossas vidas. Aquele que nos perdoa, nos salva e nos cura, manifestando a presença do reino de Deus em nossas vidas.
2º - Jesus é o Senhor: O fato de que diante da frase “O Senhor precisa dele!”, o proprietário do jumentinho concordou em entregar o animal aos discípulos, conforme Jesus previra (v.3-6), permite concluir que esse homem com certeza conhecia o Senhor e o havia reconhecido como “Senhor” em sua vida.
Assim também nós somos chamados a conhecer a Cristo através da sua Palavra e dos sacramentos, para reconhecermos a Ele como senhor de nossas vidas.
3º - Os discípulos e as pessoas no caminho consagram suas vidas a Cristo: Em seguida os discípulos executam a incumbência do Senhor, prestando-lhe sua reverência. Ao lhe dedicarem suas túnicas para que as usasse, eles expressam uma atitude de consagração de suas vidas, a entrega de toda a sua pessoa e de seus bens. Igualmente fazem as pessoas à beira do caminho, estendendo suas capas para Jesus passar (v.7-8).
A exemplo dos discípulos e das pessoas no caminho, temos nós também consagrado nossas vidas a Cristo? Temos entregado a Ele nosso tempo? Nossos talentos/dons? Nosso Tesouro/bens? Apenas quando reconhecermos que tudo o que temos e somos é de Deus, que foi Ele quem nos confiou, seremos bons mordomos e faremos bom uso daquilo que temos e possuímos.
4º - As pessoas reconhecem Jesus Cristo como rei: No Antigo Testamento ramos e capas eram colocadas no chão para que os reis fossem recebidos (2Rs 9.13). Aqui também as pessoas reconhecem a Jesus como Rei dos reis, que traz e inaugura o reino de Deus a toda humanidade.
Que também em nossa vida possamos reconhecer Jesus como nosso rei, aquele a quem coroamos com nosso viver.
5º - A salvação está em Cristo – o termo “hosana” era usado no Antigo Testamento para designar salvação. Este hino de adoração (v.9) corresponde ao louvor dos anjos no nascimento do Senhor (Lc 2.14). A Paz que agora existe na terra é porque Deus manifestou a sua glória e se compadeceu de seu povo ao enviar Jesus Cristo como salvador do mundo.
Que neste dia possamos cantar “Hosana” a Deus, reconhecendo a salvação de Cristo em nossas vidas.
Amém.

HINO
Nº 372 - HPD – Hosana Hey.

CONFISSÃO DE FÉ
Como membros do corpo de Cristo, queremos a uma só voz declarar nossa fé no trino Deus, mediante as palavras do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO
Nº 184 - HPD – Vamos nós trabalhar.

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Destino da oferta: _________________________________________
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________ ________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________

ANIVERSARIANTES________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
Amado Deus, gratos Te somos por que mais uma vez a Tua palavra encheu nossos corações e nossos caminhos do Teu amor. Obrigado, Pai querido, porque neste culto pudemos através da nossa vida e do nosso louvor render toda glória e honra devida ao Teu nome. Abençoa-nos em mais uma semana que se inicia, seja em nosso lar, em nosso trabalho ou em nossos estudos. Que a presença do Teu Santo Espírito em nós seja a nossa força para vencermos os desafios da vida. Desta forma, também incluímos todos os motivos acima citados, que possam sentir o Bom Pastor a cuidar de todas as preocupações, inquietações e problemas. Assim nós oramos numa só voz a oração que teu filho Cristo Jesus nos ensinou:


PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA
BÊNÇÃO
Que o Senhor Deus te abençoe e te guarde. Que o Senhor Deus esteja sobre ti te protegendo. Que o Senhor Deus esteja abaixo de ti firmando os teus passos. Que o Senhor Deus esteja à tua frente te guiando. Que o Senhor esteja ao teu lado te livrando. E assim te abençoe o Deus Triúno, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

ENVIO
Ide na paz do Senhor, e servi a Ele com toda a alegria do vosso coração. Amém

CANTO FINAL
Nº 181 – HPD – Viver com Jesus é cantar.
 


Autor(a): Neomar W. Matte
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: Domingo de Ramos
Testamento: Novo / Livro: Marcos / Capitulo: 11 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 11
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31268

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Fé significa confiar e construir sobre a misericórdia de Deus.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Mal tenho começado a crer. Em coisas de fé, vou ter que ser aprendiz até morrer.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br