Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Mateus 13.31-33 - 7º domingo após Pentecostes - 27.07.2014

Caderno de Cultos 2014

27/07/2014

27/07/2014 – 7º Domingo Após Pentecostes
Pregação: Mateus 13.31-33; I Reis 3.5-12; Romanos 8.26-39
Erico Helmut Baukat – Paróquia de Alta Floresta.

ACOLHIDA
(Acolher as pessoas com as palavras das Senhas diárias previstas para o dia, bem como o lema da semana).
Dar as boas vindas aos visitantes.

CANTO DE ENTRADA
328 – HPD II – Um só rebanho

Ou: Nº ____________________________________________________

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO
Estamos reunidos aqui em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
325 – HPD II – Aqui você tem Lugar

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Vamos confessar os nossos pecados perante Deus.

Querido e amado Deus, reconhecemos humildemente perante ti que somos pecadores. Muitas vezes nos desviamos dos teus caminhos, dos teus ensinamentos. Por isso, dependemos do teu perdão para nos fortalecer em nossa vida. Perdoa-nos quando pecamos através das nossas palavras, ações e pensamentos. Perdoa-nos quando nos omitimos quando alguém precisa de nós. Clamamos que nos ensine a viver conforme a tua vontade e nos perdoe de todas as nossas falhas. Tudo isso te pedimos, por teu filho amado, Jesus Cristo. Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO
Quando reconhecemos os nossos pecados, podemos crer que Deus nos aceita como somos. “Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos e a verdade não está em nós. Mas se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça”. Podemos crer que nossos pecados estão perdoados!

KYRIE
Pelas dores do mundo, cantemos (pode ser somente lido como oração).

Pelas dores deste mundo, ó Senhor.
Imploramos piedade
A um só tempo geme a Criação.
Teus ouvidos se inclinem ao clamor
Desta gente oprimida
Apressa-te com tua salvação

A tua paz, bendita e irmanada co’a justiça
Abraça o mundo inteiro, tem compaixão.
O teu poder sustente o testemunho do teu povo
Teu reino vem a nós.

Kyrie Eleison

GLÓRIA IN EXCELSIS
Em gratidão a tudo o que Deus tem feito a nós, vamos cantar glória a ele.
Glória, glória...

ORAÇÃO DO DIA
Amado Deus, tu que vens sempre ao nosso encontro para nos conduzir com tua poderosa mão, nós te pedimos: Venha ao nosso encontro com teu Santo Espírito, para que possamos compreender o que tu queres nos ensinar com a tua palavra. Por teu Filho amado é que pedimos. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: I Reis 3.5-12

2ª Leitura Bíblica: Romanos 8.26-39

L.: Aclamemos o Evangelho cantando Aleluia: (cantar aleluia conhecido pela Comunidade).

3ª Leitura Bíblica: Mateus 13.31-33

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
379 – HPD II – Pronto para ouvir

PREGAÇÃO

Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos e todas vocês. Amém!

Querida Comunidade!

Uma das características na pregação de Jesus era sua forma criativa de usar figuras, experiências do povo de sua época para falar a respeito do Reino de Deus, para pregar o Evangelho. As parábolas eram usadas por Jesus para fazer com que o povo pudesse refletir sobre o significado dos ensinamentos de Jesus.

O nosso texto do Evangelho é, mais uma vez, uma breve descrição de comparação que Jesus usou para falar do Reino do Céu. Num primeiro momento, temos uma comparação com a semente de mostarda, e depois com o fermento.

Todos nós, de uma forma ou de outra, já nos deparamos com algum tipo de semente. E também sabemos que existe certa seqüência de acontecimentos para que a semente se torne uma planta que dê frutos. Para que a semente cresce, ela tem que morrer na terra, mas antes disso tem que ter sido plantada, cuidada, regada e cultivada, bem como adubada. E isso requer cuidado, dedicação, tempo... Para que ela se torne uma árvore, ao ponto de os pássaros fazerem ninhos em seus galhos, como o texto nos fala, há inúmeras etapas para serem vencidas e seguidas...

Assim, o texto nos traz também a comparação de Jesus com o fermento. Qual é o papel do fermento? O Fermento faz com que a massa de pão, por exemplo, cresça. Mas para que isso aconteça o fermente tem que se misturar a massa toda, e uma vez misturada, é impossível de separar.

No dia a dia de nossa vida como cristãos, ouvimos constantemente comparações sobre a vida cristã, ou sobre as nossas atitudes como cristãos. As parábolas de Jesus muitas vezes querem dizer a forma como devemos ser igreja sem deixar isso de uma forma tão explicita, mas de uma forma reflexiva. Somos chamados já a viver os sinais do Reino aqui entre nós. Quando vivemos comunidade, quando vivemos igreja, somos sinais deste Reino pregado por Jesus.

Nossas iniciativas como igreja muitas vezes são como pequenas sementes que lançamos ao solo. Como a nossa natureza humana muitas vezes é imediatista, lançamos as sementes ao solo, mas não nos lembramos de que essas sementes precisam de cuidado, de adubo, de água, para poderem dar frutos. Iniciamos novos trabalhos de grupo, mas não perseveramos, iniciamos novos pontos de pregação, mas esquecemos que para que também os frutos sejam colhidos toda a comunidade deve aprender a cuidar... somente quando os olhos da comunidade estão voltados a estes cuidados é que “as aves encontraram aconchego e cuidado nos galhos destas plantas”.

A idéia central é “Fazer a diferença”. Assim, entendemos que o fermento tem essa função na massa. Crescer, fazer a diferença. Como nós estamos inseridos no mundo, somos semeados onde estamos, somos chamados a ser o fermento. Os sinais do Reino são percebidos onde vemos as atitudes de uma vida cristã, que pode ser contagiante. Assim como o fermento que se espalha na massa, somos chamados a espalhar em nossas atitudes o fermento que faz com que tudo o que está ao nosso redor seja experimentado como sinal do maravilhoso reino de Deus.

Que possamos sair daqui refletindo sobre as sementes, o que nós devemos semear, o que devemos ajudar a cultivar, cuidar, quando poderemos também colher e acolher as aves nos galhos... mas que também saibamos contaminar, com tudo o que temos de mais precioso em nós, as pessoas a nossa volta, para que, assim como o fermento, sejamos cada vez mais sinais do Reino de Deus, pois podemos ter a certeza de que, assim como o fermento não pode mais ser separado da massa os sinais do Reino de Deus não poderão ser separados de nossa vida.

Que o amor de Deus nos conduza e abençoe hoje e sempre. Amém!

 

HINO
452 – HPD II – Senhor eu quero amar-te


CONFISSÃO DE FÉ
Vamos confessar a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO
411 – HPD II – Jesus ao lado

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Destino da oferta: _________________________________________
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________ ________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________

ANIVERSARIANTES
________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
Oração de Intercessão


PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA
BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha a misericórdia de ti. Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a Paz.

ENVIO
Vamos semear as nossas sementes por onde andarmos, o como o fermento transformar a vida de quem está ao nosso lado. Amém!!

CANTO FINAL
474 – HPD II – Ontem, hoje e para sempre.
 


Autor(a): Erico Helmut Baukat
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 7º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 13 / Versículo Inicial: 31 / Versículo Final: 33
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2014
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 28592

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Essa esperança não nos deixa decepcionados, pois Deus derramou o seu amor no nosso coração, por meio do Espírito Santo, que Ele nos deu.
Romanos 5.5
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido.
Filipenses 4.6
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br