Educação Cristã Contínua



ID: 2661

Celebração de Natal - A Caminho de Belém

Celebração com Crianças

01/12/2013

 

CELEBRAÇÃO DE NATAL - A CAMINHO DE BELÉM

A celebração acontecerá em forma de viagem por algumas cidades da época de Jesus. A primeira cidade será Nazaré, que fica do lado de fora do lugar onde será realizada a celebração (casa, escola, Igreja). Na porta de entrada encontraremos um pastor de ovelhas, mais adiante Jerusalém e perto do pinheiro estará Belém. Na viagem, serão distribuídos enfeites para árvores de Natal. Os enfeites serão preparados anteriormente e terão forma de anjos, ovelhas, estrelas e corações.

Acolhida: Como é bom podermos nos reunir neste dia tão especial e, em conjunto, relembrar e meditar sobre o Natal.

Canto: Bom é estarmos unidos (cancioneiro Oi, que prazer, n° 2 I)

Leitura bíblica: Isaias 60.1-2

Oração: Querido Deus, queremos te agradecer por amares tanto este mundo e nos enviares o teu único Filho, o Salvador. Ilumina-nos com teu espírito e preenche os nossos corações com ânimo e esperança. Amém.

Orientador/a: (Entra uma criança trazendo uma grande estrela que será a estrela-guia.)

A mensagem de Natal é como uma estrela brilhante, que ilumina as pessoas perto e longe. O galho do pinheiro é um sinal, que nos fala de confiança e esperança. Nós iremos a caminho de Belém. Relembraremos a antiga história que Mateus e Lucas contam. Preparem-se: Iremos seguir a luz da estrela.

Criança 1: Em nossa caminhada, Nazaré será nossa primeira parada. Quem vai junto? Quanto mais pessoas forem, mais significativo será. Vamos cantando a canção Nossa alegria (cancioneiro O povo canta, n° 81)

Criança 2: Lá está uma mulher na estrada! Talvez ela possa nos falar algo sobre Maria e José.

Mulher: Maria e José estão viajando por causa do recenseamento. Por ser José da família de Davi precisam ir para Belém. É uma ordem do imperador, que deve ser cumprida. Logo agora que Maria está grávida! Espero que corra tudo bem. Há pouco tempo atrás, Maria recebeu a visita de um anjo. Ele lhe disse que ela foi a escolhida por Deus. Que ela dará à luz um filho, a quem chamará pelo nome de Jesus. Ele será um Rei, o Filho do Altíssimo, Deus o Senhor. Maria mal pôde acreditar! Ela ficou muito feliz e cantou louvores a Deus. Eu também me alegro com Maria.

Criança 3: Vocês ouviram o que esta mulher nos contou? Seria maravilhoso se aparecesse um anjo para mim e pra você.

Jovem: Não precisa ser um anjo com asas O anjo pode aparecer de diversas maneiras. O anjo pode ser aquele que lhe dá a mão ou que mora perto de você. Pode ser aquele que o escuta quanto você chama. É alguém bem próximo de você. (Distribui-se os enfeites de anjos para os participantes.)

Criança 3: Nós querermos continuar a nossa caminhada até chegarmos em Belém e encontrarmos o Salvador, cantando Seu nome é Maravilhoso (hinário Hinos do Povo de Deus, n° 235).

Criança 4: Olhem um pastor do ovelhas! Ele está sozinho. Onde será que estão os outros?

Pastor: Os outros saíram. Eu não compreendi. Por isso, eu não fui junto. Nós estávamos dormindo e, do repente, acordamos com um clarão. O céu ficou claro e vimos um anjo que disse: Não se assustem! Eu trago uma notícia de grande alegria. Em Belém vocês vão encontrar uma criança enrolada em panos e deitada numa manjedoura. Depois, escutamos um lindo hino de louvor. Então, meus companheiros foram ao encontro da criança.

Criança 4: Jerusalém é a próxima cidade. Vamos juntos para a capital. Será que nesta cidade temos uma história para ouvir? Enquanto caminhamos, queremos cantar: Quero ir com os pastores (hinário Hinos do Povo de Deus, n°31). (Distribui-se os enfeites de ovelhas.)

Criança 5: Olhem, perto do palácio do rei vejo uma mulher. Ela deve saber de alguma coisa.

Mulher: Eu não sei de nada. Eu sou apenas uma simples empregada. Mas alguma coisa aconteceu! Três magos passaram por aqui procurando um novo rei que nasceu. O rei Herodes ficou furioso. Ele tem medo de perder o seu trono. Depois, vi aqueles homens seguirem uma estrela, em direção a Belém.

Criança 5: Então vamos continuar a nossa caminhada e em Belém ver a criança na manjedoura. Queremos caminhar, cantando: Ó vinde, crianças (cancioneiro Oi, que prazer, n° 74). (Enquanto isso, se entregam os enfeites das estrelas.)

Dona de casa: Algo assim Belém nunca viu! Tanta gente! Ninguém queria hospedar Maria e José. Até meu marido os mandou embora, mas depois ofereceu a nossa estrebaria para eles. E agora o bebê está lá. Ele deve ser muito importante. Dizem que o recém-nascido é o Rei dos Reis. E agora todos vocês? Que criança é esta? (Distribui-se os enfeites dos corações.)

Canto: Quando completou-se o tempo (cancioneiro Oi, que prazer, n° 70)

Orientador/a: Chegamos ao destino de nossa caminhada. Neste momento, quero dizer a vocês: Alegrem-se! Agradeçam! O acontecimento mais lindo do Natal é a chegada desse Rei, Justo e Salvador. De Belém nos vem uma maravilhosa lição de coragem e amor, que nos chama a viver o Natal a cada dia. A árvore de Natal é um sinal de esperança para cada um e cada uma de nós. Neste momento, queremos pendurar na árvore de Natal os enfeites antes distribuídos.

Bênção cantada: Deus te abençoe (cancioneiro Uma canção de esperança, n°69)


Simone Engel Voigt
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A fé não pode aderir ou agarrar-se a qualquer coisa que tem valor nesta vida, mas rompe os seus limites e se agarra ao que se encontra acima e fora desta vida, ao próprio Deus.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
O Senhor é o Deus verdadeiro. Ele é o Deus vivo, o Rei eterno.
Jeremias 10.10
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br