Missão nas Escolas



ID: 2662

Ação de Graças - Pastoral Escolar Colégio Cônsul Carlos Renaux

17/08/2011


Ação de graças

O mês de julho é especial. É o mês de férias de inverno, de tomar novos ares, passear e descansar. Por essas características, próprio para refletir e planejar. Por isso, gostaria de fazer um convite ao leitor. Convido para também encontrar um tempo de agradecimento, pois esse também é o mês da colheita, de retirar os frutos da terra e de agradecer por eles.

Em uma sociedade urbana e industrial, muitas vezes, os laços com a terra não estão mais presentes e, com isso, a percepção de nossa relação com a natureza diminui. As plantas não crescem e se desenvolvem exatamente como previsto como quando se aperta um botão de uma máquina. Elas crescem conforme a chuva, o sol, a qualidade da semente, a temperatura e o controle de pragas.

As pessoas que trabalham junto à terra sabem que não basta fazer tudo bem planejado e organizado, pois há outros fatores que interferem e que não estão em seu controle. Tal situação gera um stress e uma tensão própria. Então, quando da terra brotam os frutos, é tempo de colhe-los e de agradecer.

Nesse contexto, agradecer não é um “simples” obrigada. Mas é o reconhecimento da ajuda e do suporte nos momentos de incerteza, preocupação, trabalho e alegria. É reconhecer algo recebido, não por mérito, mas por amor, carinho, bondade e amizade na esfera familiar, profissional e comunitária. Assim, agradecemos pela saúde, pela amizade, pelo trabalho e seus frutos, pela família, pelo amor recebido e compartilhado, pelo abraço, pela sinceridade, pelo cuidado e pela aprendizagem em momentos de desafio.

Esse é um convite para olharmos tudo o que temos, deixando de lado a comparação com os outros. Fato que, muitas vezes, nos oprime e nos torna infelizes. Vamos olhar o que temos, o que temos conquistado, e agradecer pela rede de sustentação na vida!

O Reino de Deus é como um homem que joga a semente na terra. Quer ele esteja acordado, quer esteja dormindo, ela brota e cresce, sem ele saber como isso acontece. Marcos 4. 26-27

Pa. Karen Bergesch
Colégio Cônsul Carlos Renaux – Brusque/SC
 


Autor(a): Karen Bergesch
Âmbito: IECLB
Área: Missão / Nível: Missão - Formação / Subnível: Missão - Formação - Educação em Escola
Área: Missão / Nível: Missão - Jovens
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 11767

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas.
2Coríntios 2.14
REDE DE RECURSOS
+
Felizes aqueles que ajudam os pobres, pois o Senhor Deus os ajudará quando estiverem em dificuldade!
Salmo 41.1
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br