Missão nas Escolas



ID: 2662

Ação de Graças - Pastoral Escolar Colégio Cônsul Carlos Renaux

17/08/2011


Ação de graças

O mês de julho é especial. É o mês de férias de inverno, de tomar novos ares, passear e descansar. Por essas características, próprio para refletir e planejar. Por isso, gostaria de fazer um convite ao leitor. Convido para também encontrar um tempo de agradecimento, pois esse também é o mês da colheita, de retirar os frutos da terra e de agradecer por eles.

Em uma sociedade urbana e industrial, muitas vezes, os laços com a terra não estão mais presentes e, com isso, a percepção de nossa relação com a natureza diminui. As plantas não crescem e se desenvolvem exatamente como previsto como quando se aperta um botão de uma máquina. Elas crescem conforme a chuva, o sol, a qualidade da semente, a temperatura e o controle de pragas.

As pessoas que trabalham junto à terra sabem que não basta fazer tudo bem planejado e organizado, pois há outros fatores que interferem e que não estão em seu controle. Tal situação gera um stress e uma tensão própria. Então, quando da terra brotam os frutos, é tempo de colhe-los e de agradecer.

Nesse contexto, agradecer não é um “simples” obrigada. Mas é o reconhecimento da ajuda e do suporte nos momentos de incerteza, preocupação, trabalho e alegria. É reconhecer algo recebido, não por mérito, mas por amor, carinho, bondade e amizade na esfera familiar, profissional e comunitária. Assim, agradecemos pela saúde, pela amizade, pelo trabalho e seus frutos, pela família, pelo amor recebido e compartilhado, pelo abraço, pela sinceridade, pelo cuidado e pela aprendizagem em momentos de desafio.

Esse é um convite para olharmos tudo o que temos, deixando de lado a comparação com os outros. Fato que, muitas vezes, nos oprime e nos torna infelizes. Vamos olhar o que temos, o que temos conquistado, e agradecer pela rede de sustentação na vida!

O Reino de Deus é como um homem que joga a semente na terra. Quer ele esteja acordado, quer esteja dormindo, ela brota e cresce, sem ele saber como isso acontece. Marcos 4. 26-27

Pa. Karen Bergesch
Colégio Cônsul Carlos Renaux – Brusque/SC
 


Autor(a): Karen Bergesch
Âmbito: IECLB
Área: Missão / Nível: Missão - Formação / Subnível: Missão - Formação - Educação em Escola
Área: Missão / Nível: Missão - Jovens
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 11767

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Deus não se afasta de ninguém, pois está em toda a parte.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Que todo o meu ser louve o Senhor e que eu não esqueça nenhuma de suas bênçãos!
Salmo 103.2
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br