Qualificação Funcional


ID: 2664

Formação de Lideranças, Sínodo Paranapanema

31/08/2019

0
1b
1c
1d
1e
cruz
1a[1]
11[1]
1 | 1
Ampliar

No sábado, dia 31 de agosto, o Sínodo Paranapanema promoveu mais um encontro de formação de lideranças, agora em Curitiba. Em torno de 60 pessoas (número aproximado aos de Rolândia, em março; e aos de Witmarsum, em junho) reuniram-se nas dependências da Comunidade Bom Pastor, para ouvir a palestra do P. Marcelo Jung.
Depois de um saboroso café, oferecido pela comunidade anfitriã, o P. Eder Weber deu as boas vindas e passou a palavra ao P. Alfredo Hagsma, vice-sinodal, que conduziu a meditação da manhã. Ambos se inspiraram nas senhas diárias (Sl 124.8 e Mt 6.8) e no Salmo 37.
Se fôssemos resumir o encontro num objetivo, seria: Fortalecer o exercício da liderança em paróquias e comunidades, a partir de exemplos bíblicos!
O texto bíblico de 1Pedro 2.1-10 permeou a primeira parte da apresentação e a simples pergunta “Quem foi Pedro?” já provocou diferentes e ricas manifestações. Na sequência, o P. Marcelo foi destacando, na análise de cada versículo, imagens e palavras que iam revelando os “caminhos” que nos fazem pessoas cristãs: despojar-se do que não presta; renascer para uma vida nova; crescer e amadurecer sendo alimentados pelo genuíno leite espiritual – a sagrada escritura; apoiar-se e confiar na pedra angular, que a tudo dá sustentação; reconhecer-se como propriedade exclusiva de Deus e, a serviço Dele, ir e fazer discípulos.
Ir e fazer discípulos é uma tarefa que nos une e nos identifica como pessoas cristãs; é um desafio para a nossa vida em comunhão, seja nos cultos, no planejamento, nos grupos, nas ações, nas atividades. Devemos buscar o SIM como resposta para as seguintes interrogações: “Jesus pode estar junto?” “Jesus concorda com isso?” “O que estamos fazendo reflete o caráter de Jesus?” “Nossas ações estão em sintonia com o plano que Jesus tem para nossa comunidade?”. Dessa forma, aumentamos a possibilidade de Jesus não precisar repetir a cena do “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir...” – Jesus precisa estar sempre do lado de dentro!
À tarde, o personagem bíblico que mereceu destaque foi Neemias, cuja vida é retratada no livro de mesmo nome, no Antigo Testamento. Sim, Neemias, o “copeiro real” que virou “governador” e que liderou a reconstrução do muro de Jerusalém. Os participantes do encontro de formação foram desafiados a identificar sinais de uma liderança forte, capaz e bem preparada, reveladas nos 3 primeiros capítulos do livro. Depois de um tempo de leitura, discussão e levantamento de respostas, os grupos apresentaram os resultados encontrados. Coube ao P. Marcelo Jung, então, apresentar as conclusões a que ele tinha chegado e, com isso, cada grupo percebeu quão positivos tinham sido aqueles poucos minutos de leitura e discussão coletivas.
No fim da tarde, os aplausos demonstraram o quanto foi significativa, a fala do P. Marcelo Jung, que nos apresentou Pedro e Neemias, separados por mais de 400 anos, como exemplos da boa liderança.
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A ingratidão é um vento rude que seca os poços da bondade.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Se a Palavra desaparecer, o mundo fica escuro. Aí ninguém mais sabe onde se abrigar.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br