Qualificação Funcional


ID: 2664

Seminário de Preparação das Equipes Sinodais de Avaliação de CAMs, suas Lideranças, Ministros e Ministras.

08/03/2015

Nos dias 07 e 08 de março, ocorreu em São Leopoldo/RS o 2° Seminário de Preparação das Equipes Sinodais de Avaliação. Participaram 35 pessoas entre ministros/as e leigos/as representantes dos Sínodos Brasil Central, Centro-Sul Catarinense, Nordeste Gaúcho, Noroeste Rio-grandense, Norte Catarinense, Planalto Rio-Grandense, Rio dos Sinos, Sudeste e Vale do Itajaí.

O seminário é uma das etapas da nova modalidade de Avaliação de CAMs, suas Lideranças, Ministros e Ministras atendida pelo Programa de Acompanhamento de Ministros e Ministras da IECLB. Assim como o primeiro seminário, também este teve como objetivo a preparação dos participantes para que sejam multiplicadores nos Sínodos.

O Pastor 2º Vice-Presidente da IECLB e Pastor Sinodal do Sínodo Norte Catarinense, Inácio Lemke, saudou os participantes e dirigiu a reflexão inicial. Em sua mensagem lembrou das prioridades da Gestão da Presidência para os próximos 4 anos, dentre os quais está o acompanhamento às pessoas que fazem parte da IECLB.

O Seminário novamente contou com a assessoria do P. Me. Leonídio Gaede e da Piscóloga Leila Cristine Klin que abordaram o Planejamento do Plano de Ação Missionária da IECLB (Pami) e o estreito vínculo entre planejamento e avaliação. O P. Marcos Bechert, Secretário do Ministério com Ordenação, apresentou a história da avaliação na Igreja e apresentou a nova metodologia aprovado no XXIX Concílio em outubro de 2014 em Rio Claro/SP. A nova metodologia afirma a importância do planejamento e tem a intencionalidade de estimular a vivência dos dons e talentos das pessoas envolvidas.

O seminário ainda contou com a presença do P. Milton Schmidt e do presbítero Rene Feil, da Paróquia Ev. de Conf. Lut. Martin Luther de Cruzeiro do Sul, que fizeram um relato da avaliação experimental sob a nova metodologia realizada em 2013.

Conforme decisão conciliar, a partir do início deste ano as avaliações devem acontecer sob esta metodologia. Os representantes sinodais foram desafiados a fazer o seu planejamento para este ano. O maior desafio apontado é encaminhamento do planejamento da missão das comunidades. Foi apontado para o fato de que todas as comunidades fazem o planejamento de suas atividades. O planejamento do Pami, no entanto, requer que presbitérios, ministras e ministros planejem de forma estratégica as suas ações não só para o ano seguinte, mas inclusive a médio e longo prazo. Parâmetro para o planejamento são as 4 ênfases e os eixos transversais, que são a evangelização, a comunhão, a diaconia e a liturgia, comunicação, sustentabilidade e formação. Antes de encerrar, com o almoço do dia 08, os representantes de cada Sínodo ainda tiveram tempo para fazer a avalição do seminário.
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A Palavra de Deus é a relíquia das relíquias, a única, na verdade, que nós cristãos reconhecemos e temos.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Vivam como pessoas que pertencem à luz, pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade.
Efésios 5.8-9
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br