Sínodo Nordeste Gaúcho



Rua Barão do Rio Branco , 828
CEP 93610-750 - Estância Velha /RS - Brasil
Telefone(s): (51) 3561-2905
sinodongaucho@gmail.com
ID: 11

Meditação da semana: O novo normal

15/10/2020

“Não vivam conforme os padrões deste mundo, mas deixem que Deus os transforme pela renovação da mente, para que possam expressar qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.2).

Pessoas tem expressado, com frequência, o seu desejo por mudanças quando falam num novo normal.

Que novo normal seria esse? Como podemos definir o conceito de normalidade? O conceito de normal parte daquilo que pessoas tem em comum. A normalidade, portanto, seria a constituição de um padrão que assegura às pessoas uma certa proteção, segurança, continuidade, e, portanto, sobrevivência.

O novo normal pode ser entendido como a nova forma de viver, que irá garantir a segurança e a sobrevivência da população. Portanto, o termo refere-se, principalmente, às ações cotidianas e à nova maneira de se relacionar, considerando as mudanças enfrentadas durante a pandemia.

Mas nem sempre tudo aquilo que é normal parece nos fazer bem. A gente se acostuma, mas não deveria, a entrar numa rotina e a se conformar com o que vimos e ouvimos, “pois isso é normal, é assim mesmo”.

Diante daquilo que consideramos normal nosso coração se conforma. Se conforma com a violência, com as injustiças, com a desigualdade social, com a discriminação, enfim. Quando as coisas se tornam normais é o mesmo que dizer: “não tem outro jeito, é assim mesmo. E pronto”.

O Apóstolo Paulo nos chama a atenção e pede para não vivermos conforme os padrões deste mundo. Ele propõe “renovar a nossa mente”.

Por isso não devemos esperar tanto por um novo normal mas, sim, fazer coisas novas acontecerem todos os dias, renovar nossa esperança a cada amanhecer. Renovar nossa confiança e fé no Deus da vida a cada instante.

Assim, e só assim, estaremos preparados para viver o novo que se faz novo sempre de novo.

E este momento de transformação mostra como podemos sempre (re)adequar nossas rotinas para algo que faça mais sentido com o que estamos vivendo. Criar uma sociedade mais consciente, responsável e empática, com novos hábitos que provavelmente permanecerão para sempre.

Pensando assim, o novo normal que precisamos são atitudes que continuam cuidando, com responsabilidade e compromisso, da vida que Deus nos dá. Confiar na promessa de Deus que nos diz “Eis que faço novas todas as coisas” (Apocalipse 21.5).

Oração: Ó Deus. Muitas vezes somos rebeldes, afastamo-nos e achamos que podemos viver sem ti. Mas não podemos. Por isso te pedimos: não deixe nosso coração endurecer a ponto de não mais enxergarmos o sofrimento em nossa volta. Dá-nos sensibilidade e atitudes para socorrer pessoas em suas dificuldades. Dá-nos confiança e responsabilidade para sabermos lidar com novos hábitos, nova postura de vida. Dá-nos segurança para viver conforme a tua vontade. Amém.

Pa. Ma. Tânia Cristina Weimer
Pastora Sinodal do Sínodo Nordeste Gaúcho
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Quisera não ter outro pensamento que este: a ressurreição aconteceu para mim!
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Cristo, juntamente com todos os santos, assume a nossa forma pelo seu amor, luta ao nosso lado contra o pecado, a morte e todo o mal. Em consequência, inflamados de amor, nós assumimos a sua forma, confiamos em sua justiça, vida e bem-aventurança.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br