Sínodo Nordeste Gaúcho



Rua Barão do Rio Branco , 828
CEP 93610-750 - Estância Velha /RS - Brasil
Telefone(s): (51) 3561-2905
sinodongaucho@gmail.com
ID: 11

Novo Ano

07/01/2010



O novo ano já está aí. Sentimos sua brisa, seus primeiros dias, suas primeiras semanas. Mas ainda estamos pensando no ano que terminou, no Natal que comemoramos, nas experiências vividas, sofridas, mas também naqueles momentos de intensa felicidade.

O início de um novo tempo é uma valiosa oportunidade para as reminiscências, para você e eu nos recolhermos ao nosso interior, para fazermos o caminho de volta às experiências sofridas e alegres que tivemos nos trezentos e sessenta e cinco dias passados. As reminiscências são uma fonte na qual podemos buscar forças, ânimo e também resgatar sonhos e projetos que não se realizaram, para renová-los em vista ao ano novo que a graça de Deus nos concede.

Cada um de nós tem seu jeito de lidar com as reminiscências, com suas vivências do passado. Lembrar como foi aquela experiência alegre e pensar como foram tristes alguns momentos pode ajudar-nos na elaboração de nossa esperança e de nossas atitudes neste tempo novo.

A caminhada ao passado, a visita aos bons e maus momentos são um exercício que cada pessoa pode experimentar se está disposta a aprender e a reconhecer valores e falhas. O olhar para trás não deve ser visto como um olhar de quem despreza o que viveu, mas um olhar cheio de gratidão por tudo o que viveu e o que lhe foi permitido viver pela graça divina.

Para Anselm Grün, um monge beneditino, a “fé se sustenta principalmente na lembrança dos atos de Deus. Pois a sua natureza consiste na habilidade de visualizarmos um pouso firme no meio das turbulências de nossa vida”. Buscar nas reminiscências as experiências, as decepções, as lições é fonte de força interior para olhar na direção do horizonte.

Estamos sentindo as brisas do novo tempo nestes primeiros dias do ano. Não temos como desvendar o futuro. Desconhecemos a intensidade das turbulências nos próximos meses. Mas podemos cultivar a fé na promessa da presença consoladora e animadora do Deus da vida.

Temos agora a oportunidade de revigorar o ânimo a partir da felicidade experimentada e das lições aprendidas. As reminiscências do passado são fonte de sabedoria e ânimo para alimentar as atitudes e os empreendimentos. Com fé e esperança podemos seguir pelos caminhos do novo tempo.

João Artur Müller da Silva
Gerente Editorial da Editora Sinodal


Autor(a): Sínodo Nordeste Gaúcho
Âmbito: IECLB / Sinodo: Nordeste Gaúcho
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 7474

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Façam todo o possível para juntar a bondade à fé que vocês têm. À bondade, juntem o conhecimento e, ao conhecimento, o domínio próprio. Ao domínio próprio, juntem a perseverança e, à perseverança, a devoção a Deus. A essa devoção, juntem a amizade cristã e, à amizade cristã, juntem o amor.
2Pedro 1.5-7
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
É mais consolador ter Deus como amigo do que a amizade do mundo inteiro.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br