IECLB e Obra Missionária Evangélico-Luterana da Baixa Saxônia (OMEL)



ID: 2720

V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - IV

Visão de Igreja e Missão 2030

25/04/2018

V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 1
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 2
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 2
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 2
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 2
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 2
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 2
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 3
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 3
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 3
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 3
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 3
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018 - Grupo 3
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
V Consulta Global de Igrejas Parceiras da OMEL - 2018
1 | 1
Ampliar

Visão de Igreja e Missão 2030 é o tema da V Consulta Global de Igrejas Parceiras da Obra Missionária Evangélica Luterana na Baixa Saxônia (OMEL), com realização de 21 a 28 de abril de 2018, em Porto Alegre/RS, com a participação de, aproximadamente, 35 pessoas, representando Igrejas da África, Ásia, América Latina e Europa.

O Tema III da Consulta, Diversidade na Igreja e na Sociedade, foi desenvolvido após a Devocional matutina, realizada na Sede Nacional da IECLB, que hospeda o evento. A reflexão considerou o aspecto que viver em contextos caracterizados por diversidade e pluralismo de religiões é uma realidade em todo o mundo. Os novos conflitos surgidos nos últimos cinco anos mostram crescentes tensões e violência causados por diferentes identidades políticas, religiosas e culturais. Estes conflitos requerem uma nova abordagem construtiva e positiva capaz de lidar com diversidades, portanto também novos modelos de diálogo e encontro, que promovam paz sustentável, justiça e integridade da Criação para as futuras gerações. As questões centrais são: A coexistência pode ter êxito? Há diálogo entre diferentes Comunidades religiosas em um contexto de forte pluralismo, isto é, com capacidade de aceitar diversidade? As Igrejas podem afirmar que são abertas, buscam o diálogo e aceitam uma variedade de ‘missões’ ou o próprio conceito de missão é contraproducente nestes contextos?

Os Painéis foram conduzidos pela Pa. Romi Marcia Bencke, Secretária Executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic), pelo P. Luis Henrique Sievers, Ministro na Paróquia de Lajeado/RS, e pelo Bispo Humberto Maiztegui, da Igreja Anglicana.

Também foram questões colocadas para os grupos: Como podemos desenvolver uma base para valores comuns, criando espaços para convívio e ações das gerações futuras?, Como forjar a capacidade de convívio e tolerância nas Igrejas visando a criar chances para testemunhar a fé em um horizonte mais amplo?, De que maneira podemos testemunhar o Evangelho em um espírito de respeito e tolerância com pessoas de outras religiões?, Que desafios devemos considerar quando se trata de diálogo com outras religiões, especialmente no que se refere a aceitar a fé das outras pessoas e o que isso significa para as nossas estruturas e os nossos programas? e Que caminhos devemos seguir para receber um ‘sim’ referente à pluralidade em meu país, contexto e Igreja?

À tarde, foram visitados os seguintes Projetos diaconais acompanhados pela IECLB: Grupo 1 - Comunidade Quilombola, Grupo 2 - Associação de Imigrantes Senegaleses e Grupo 3 - Comunidade Indígena, todos em Porto Alegre.

As Igrejas parceiras da OMEL são membros da comunhão luterana expressa pela Federação Luterana Mundial (FLM). Ao reunir representantes de Igrejas Luteranas de diversos contextos, a Consulta espera construir uma base comum para projetos, apoio mútuo e possibilidades de acompanhamento e aprendizado. Trata-se, portanto, de uma plataforma de intercâmbio de boas experiências e mútuo aprendizado visando a fortalecer as Igrejas para melhor participar na Missão de Deus no mundo.

Para a quinta-feira, está prevista a abordagem do Tema IV: Incidência - em busca de soluções estratégicas e de longo prazo. O enfoque estará no compromisso com a paz, a justiça e a integridade da Criação, que acentua o direito à vida boa para todas as pessoas, portanto, vida em abundância (Jo 10.10). Como também está expresso no preâmbulo da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948, o reconhecimento da dignidade e de direitos iguais e inalienáveis para todos é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz. Isso se reflete no testemunho bíblico do ser humano ser imagem de Deus (Gn 1.27), o que tem a sua expressão prática no duplo Mandamento do amor: Ama o teu próximo como a ti mesmo (Gl 5.14). Serão algumas das questões desenvolvidas em grupo: Onde Igrejas defendem pessoas e elevam a sua voz publicamente em favor dos que não tem voz?, Onde Igrejas voltam a sua atenção e influenciam a opinião publica e as decisões políticas relacionadas com a paz, a justiça e a preservação da Criação? e Como as Igrejas parceiras estão lidando as restrições impostas a organizações da sociedade civil e atores internacionais?

Os Painéis serão com o Jorn. Marco Aurelio Weissheimer, a Jorn. Cristina Pozzobon, ambos ativistas de Direitos Humanos, e o P. Carlos Eduardo Müller Bock, Diretor Executivo da Associação Beneficente Floresta Imperial (Abefi).

Serão visitados os seguintes Projetos diaconais acompanhados pela IECLB: Grupo 1 - Associação Beneficente Floresta Imperial (Abefi), em Novo Hamburgo/RS, Grupo 2 - Associação Evangélica de Ação Social (Aevas-Cecrife), em Novo Hamburgo/RS e Grupo 3 - Instituição de Educação Infantil e Assistência Social Eugênia Conte, em Porto Alegre.


Para mais informações sobre a V Consulta, clique aqui


Créditos das fotos
Grupo 1 - Jorn. Christoph Ernesti
Grupo 2 - Jorn. Mariani Tauchert
Grupo 3 - P. Michael Thiel

Desde o nascer até o pôr do sol, que o nome do Senhor seja louvado!
Salmo 113.3
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br