Paróquia Litoral Norte Catarinense

Sínodo Norte Catarinense



Avenida Ipiranga , 219 Centro
CEP 89240-000 - São Francisco do Sul /SC - Brasil
Telefone(s): (47) 3444-1279
financeiroparoquiasfs@gmail.com
ID: 231

Findou a Quaresma! Aleluia!

03/04/2020

download (6)
images (16)
unnamed
foto_20200330013412
web-palm-sunday-olive-branch-de-ciro-orabona-creative-i-shutterstock
domingo-de-ramos-imagem-istockphoto-
download (7)
Hosana+ao+Filhos+de+Davi
1-1024x481
images (17)
pregação páscoa ramos hosana
2102_13abr14evang
decoracao-de-pascoa-10
f4561e2fa63544f2d4ccee15ada4108438ec3949v2_hq
images (19)
partilha
images (20)
unnamed (1)
images (21)
images (22)
a-mulher-samaritana-e-cinco-maridos-742x360
hqdefault (2)
download (10)
cego-de-nascenca
images (23)
vento
ea806de6fd4902495736a03623c20bac
lazaro_ressuscita_3
72187590_2279478552156597_8139315986332385280_o-1
61MuDCC+B7L._AC_SY679_
6304245591_4c9b849440_b
big_a5a1658e0279e8da30ec7e04e2322c47
big_417403e1d2297f44ba4f96f6f9f12f9b
87527890_SCilustracao-de-Rita-Wainer-e-Julia-Gastin-sobre-o-isolamento-social-causado-pelo-corona
maxresdefault (1)
102017130_univ_lsr_xl
fé-e1515077938663
ceia2
0
906122_4554146856773_1330170655_o
883893_4539272964935_614505077_o
12472766_10205795743117831_1337035864288303167_n
12472757_10205795744237859_3871178816828486468_n
12924530_10205795742597818_8516849491085803022_n
download (8)
m000423030
3e80d94e922a494fd7722723f8ea5fdf
pessoas-sorrindo-3
pao_da_vida lindo JESUS partindo o pao diferente
Páscoa
download (9)
simbolo-ed-271
Crucificação-de-Jesus-na-Cruz
40
anjo-azul97
mariagomezcross
kepompong
gente-nao-pode-ajudar-com-proprias-maos-uma-borboleta-sair-casulo
images (18)
Pedra do Túmulo
Papa-Francisco-fala-do-enorme-amor-de-Deus-catholicus-696x466
aleluia
1 | 1
Ampliar

FINDOU A QUARESMA! ALELUIA!

 

Findou a nossa quaresma...

No meio da quaresma - a pandemia!

Uma surpresa inesperada, porém real.

Um tempo diferenciado que questiona o modo de vida, o cuidado com a vida, a vida!

Hoje é domingo de ramos!

Hoje, inicia-se a semana decisiva e marcante em tua vida, Mestre!

Hoje lembramos a saudação, a empolgação, o entusiasmo de um povo que te saúda e se alegra com a tua vinda à cidade grande, Jerusalém!

Tu entras na cidade centro, capital do poder, capital da opulência e conspiração, capital do capital.

Nesta quaresma mudamos, tu nos mudaste, tua Palavra nos transformou.

Nestes quarenta dias falamos de tantas tentações, do poder do diabo, da mentira, da magia que ilude, do poder que corrompe, da adoração ao deus “mamom”, da fuga de responsabilidades, de comodismos e inércias... Tu resististe, oh Jesus, Cristo do povo, Ungido de Deus, Salvador da humanidade, Filho amado e enviado a nós para nos trazer alegrias, tu venceste todas as tentações. Hoje também nós somos sempre e sempre tentados e tentadas...quanta perseverança, persistência e fé nos falta de ti aprender?

Nesta quaresma vieste nos ensinar, falar do teu amor, do modo de Deus neste mundo agir, nos convidaste a nascer de novo, a nascer da água e do espírito, a nascer e sempre renascer... Falaste abertamente à multidão, e, dentre ela, acolheste as pessoas medrosas, inseguras, indecisas, as que têm vergonha de ti e te procuram à noite, como Nicodemos, e não querem ser vistas na tua presença... Falaste do teu Espírito que é livre e tudo renova, sopra e age onde quer, vai para todos os cantos e lares... Renova as pessoas e a criação com o vento de ar puro que faz barulho e sacode a poeira e as folhas secas pelo chão... Quantas vezes auxiliamos a deter a ação do teu Espírito?

Nesta quaresma nos ensinaste com o cotidiano de vida, e junto ao poço, vieste matar nossa sede. Com a mulher samaritana dialogaste longamente sobre Deus, sobre águas, sobre amores, sobre sedes não saciadas e tantas dores! Água límpida e transbordante que para sempre jorra vieste nos oferecer... Força e coragem deste à mulher para ir e testemunhar que és o Salvador do mundo... Quanta sede ainda temos? Quanta coragem ainda nos falta para teu amor testemunhar?

Nesta quaresma nos chamaste: Vai e enxerga, vai e vê! Curando um cego de nascença com a tua saliva e o pó, curaste as dores da alma e do físico, sendo a luz do dia nos deste a visão plena e abundante! Com a cura da cegueira curaste as dores que se ampliam por ações e gestos de pessoas que dizem te amar, dores que gritam, sofrem e gemem quando teimamos em não quere ver quem tu és, o que fazes, como ages, onde estás... Quantas vezes temos plena visão, mas não enxergamos o que é nítido? Quanta cegueira ainda necessitamos em nós curar?

Nesta quaresma tu nos deste muito tempo para silenciar e orar.  Esta quaresma, oh Mestre, foi dura de olhar, sentir, viver... Tempo de consolar doentes, chorar e sepultar mortos, tempo que fez aumentar nossa fé em sepulturas abertas como a de Lázaro, tempo de confiar e proclamar, como Marta, tempo de chorar e deixar-se consolar, como Maria. Tempo de pandemia, de perguntas, de futuros incertos, de medos, mas também quaresma de silêncios, conversões, de propostas distintas de vida, de cuidados redobrados, de utopias alimentadas... Tempo da certeza de que outro mundo é possível gestar e concretizar.

Hoje é Domingo de Ramos e a cristandade celebra a tua entrada triunfal em Jerusalém, com ramos te saúda, celebram tua caminhada como Messias, te acolhem... Muitas pessoas que assim agem também te negam; traem teu projeto do Reino; de ti fogem; teus ensinamentos não ecoam; tua verdade falseiam;  teus milagres duvidam; teu convite para a mesa de partilha recusam; teu abraço negam;  tua paz questionam; tuas palavras distorcem ... Em teu nome mentem, roubam, enganam, matam, e aos humildes e pequeninos deixam de ajudar... Multidões te aclamam cantando “Hosana”, dizendo que és bendito, pois tu vens em nome de Deus Libertador... Muitos que te aclamam com ramos verdes também enfiam espinhos secos em ti e te fazem hoje na cruz sangrar. Desde a cruz, com teus sussurros e silêncio, com teu corpo de Deus Conosco, com teu olhar penetrante e teu espírito que entregaste nas mãos do Pai, falas ao nosso coração!

Mestre, Salvador, Jesus!

Findou a nossa quaresma, mas tua presença deste mundo não se ausentará, pois nessa confiante travessia da passagem da morte para a vida, haverás de ressuscitar! Mesmo distantes das pessoas na grande comunhão, tua mensagem ecoa em nossa vida e marca nossos corações: Em nossa Páscoa com tua Perseverança nos ajudará a vencer as constantes tentações, saciarás muitas sedes de Paz e Justiça com tua Acolhida, com o Espírito da verdade sacudirás povos, governos e cidades, com a Fonte da água viva regarás cotidianos de vidas, com teus Gestos de amor e partilhas cegueiras e mentiras irás dissipar, com a tua Presença animadora as tristezas e lágrimas irás, misericordiosamente, consolar, porque demonstraste numa manhã de domingo que sempre o Amor é mais forte do que a morte.

Findou a nossa quaresma e eis que a Páscoa ressurge! Aleluia!

Pa. Cristina Scherer

Paróquia Litoral Norte Catarinense - São Francisco do Sul


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Nós te damos graças, ó Deus. Anunciamos a tua grandeza e contamos as coisas maravilhosas que tens feito.
Salmo 75.1
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Ao deixar de orar por um único dia sequer, perco grande parte da minha fé.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br