Tema do Ano da IECLB



Telefone(s): (51) 3284-5400
presidencia@ieclb.org.br
ID: 3251

Liturgia para o Primeiro Domingo de Advento com Lançamento do Tema do Ano 2021

18/11/2020

 

LITURGIA DE ABERTURA

MATERIAIS

Providenciar: Banner/Cartaz do Tema do Ano 2021 (para o presencial, vídeo do TA 2021 da Presidência da IECLB, uma Coroa de Advento com quatro  elas e preparar a Pia Batismal com água.

Paramentos: Roxo/lilás

SINO

PRELÚDIO

ACOLHIDA

L. Eis que faço novas todas as coisas!

Com estas palavras de Apocalipse 21.5, nosso Senhor Jesus Cristo nos acolhe neste culto e nos convida a receber este tempo presente com esperança.  Hoje é um dia especial. Iniciamos o novo ano da Igreja e entramos no Ciclo do Natal.

Bem vindos e bem vindas!

Para expressar a esperança e como abertura do Ciclo do Natal, vamos acender a primeira vela da Coroa de Advento. !

HINO (instrumental)
Um barco – LC 354

Durante o Hino, uma criança (adolescente) entra pelo corredor da Igreja com uma vela acesa e se dirige até o local onde está a Coroa de Advento e, com a ajuda de uma pessoa adulta, acende a primeira vela.

(Sugestão para cultos online: solicite, antecipadamente, que cada família confeccione a sua Coroa de Advento e grave um vídeo com o acendimento da primeira vela. Faça um vídeo mosaico com todas as velas acesas e projete, durante o Hino.)

SAUDAÇÃO

L. A graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito, sejam entre nós. Amém!

APRESENTAÇÃO DO CARTAZ DO TEMA DO ANO 2021

L. Na IECLB, a entrada do novo ano da Igreja é marcada com a apresentação de um novo Tema e Lema do Ano. Para 2021, a IECLB escolheu dar continuidade ao tema do Batismo, porém, ele será acompanhado de novos aspectos. Vamos ouvir o vídeo que a Presidência da IECLB preparou para nos apresentar o Tema do Ano de 2021.

VÍDEO DO TA 2021

L. [Para cultos presenciais: Vamos acolher o Tema do Ano de 2021 com uma salva de palmas.]

CONFISSÃO DE PECADOS
(Dirigir-se à Pia Batismal, mexer a água!)

L. Viver o batismo é arrepender-se, diariamente, para o ressurgimento de uma nova pessoa em Cristo. O ano de 2020 ficará marcado em nossa história pela pandemia que assolou o mundo. Como humanidade, temos que reconhecer o nosso fracasso na busca conjunta por uma ação eficiente diante deste mal que invadiu nossas vidas.

Em nível global, centenas de milhares de pessoas perderam suas vidas.

Reconhecemos que a falta de solidariedade na defesa da vida e a divisão entre grupos, países e governos são forças prejudiciais no combate ao mal.

Diante de Deus, à luz da fé, reconhecemos o pecado humano do egoísmo, do uso do poder em benefício próprio, da cobiça do dinheiro público e do desejo humano de se colocar no lugar de Deus. Pedimos que Deus, em sua graça, perdoe o nosso pecado, transforme o mundo e faça novo o coração humano. Em confiança, vamos ouvir a canção:

CANTO
Vaso novo - LC 33

ABSOLVIÇÃO

L. Do Salmo 80, lemos:

Restaura-nos, ó Deus, faze-nos resplandecer o teu rosto e seremos salvos.

Deus nos restaurou por intermédio de Jesus Cristo, seu Filho. E por sua graça, os meus e os teus pecados estão perdoados. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. (+). Amém.

ORAÇÃO DO DIA

L. Oremos: Deus de toda bondade! Tu vens ao nosso encontro e a cada dia, assim como a cada novo ano, nos permites refazer a nossa vida, as nossas relações e a mudar a nossa história. És Deus que cria e recria a vida e o mundo. Tua palavra ilumina os horizontes do mundo e nos ajuda a enxergar novos céus e nova terra. Dá-nos a tua palavra, ó Deus. Enche o nosso coração de vida nova! Por Jesus, teu Filho encarnado, nosso Salvador! Amém. 

LITURGIA DA PALAVRA

PRIMEIRA LEITURA
Isaías 64. 1-9 ou 1 Co 1.3-9

LEITURA DO EVANGELHO

L. (versículo de aclamação:)
Mostra-nos, Senhor a tua misericórdia e concede-nos a tua salvação (Sl 85.7)

L. O santo evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo, segundo Marcos, no capítulo 13, versículos 24-37.

L. (leitura) Palavra do Senhor!

C. Louvado sejas, Cristo!

PREGAÇÃO
(oferecida pelo P. Harald Malschitzky – Secretário da OGA)

Irmãs e irmãos em Cristo, [participantes deste culto virtual]. Imagino que todos nós conhecemos algum tipo de rito, hinos, textos ou decoração de Advento. Nossas igrejas e centros comunitários, muitas e muitos “respiram” Advento sinalizado com coroas e suas quatro velas ou por tanta decoração fruto de muita criatividade. É verdade que, em geral, também nos assalta uma certa inquietação: Natal está aí, o ano chega ao seu fim... tanta coisa ainda precisa ser feita!

Eu tenho certeza, porém, que ninguém de nós imaginou um Advento como este: Em meio a uma pandemia que teima em continuar, [ainda que já de forma mais branda], quando tanta coisa que nos é cara precisa ser mudada: Tantos encontros, confraternizações, visitas, celebrações de Advento e Natal não serão presenciais, muitos programas cancelados. Será que vale a pena celebrar Advento?

Talvez até a pergunta já esteja mal formulada, pois na verdade temos que nos perguntar como falar e agir na situação inusitada. Se olharmos, por exemplo, o apóstolo Paulo, ele nunca fez a pergunta se vale a pena, mas ele ia pregar o Evangelho, qualquer que fosse a realidade. Lutero pode nos ajudar. Ele, quando era assolado por dúvidas e quase tinha vontade de desistir diante de certos desafios começava com a pequena constatação: Baptizatus sum = sou batizado.

Comecemos por aqui: SOMOS BATIZADOS! SOMOS BATIZADAS! Nem a maior pandemia pode mudar isso ou anular o nosso batismo. Isso significa, antes de mais nada, que somos acolhidos nominalmente por Deus, que temos uma pertença! Batizados e batizadas podem e devem dar atenção à mensagem bíblica. Esta mensagem direciona nosso olhar para o horizonte de Deus, para o novo céu e a nova terra em Cristo, quando serão feitas novas todas as coisas. Esse direcionamento não anula o mundo em que vivemos como ele é hoje, mas nos coloca em uma nova relação com ele. Nos desafia e anima a nos colocarmos a serviço das pessoas, da natureza, do mundo, usando aqueles dons que Deus nos deu. Não temos desculpa: ninguém tem todos os dons; o desafio é usar aqueles dons que temos com os meios dos quais dispomos. 

Comunidades e instituições sociais realizam campanha em favor dos que perderam ou estão perdendo muito em decorrência da pandemia. Como posso ajudar? Milhares de pessoas estão sozinhas em suas casas: Uma “visita” virtual pode significar muito; cada vez mais gente usa as redes sociais: Batizadas e batizados escreverão mensagens responsáveis de consolo e de advertência sem nutrir falsas esperanças; cristãs e cristãos têm também o papel de atalaia, daquele e daquela que avisa dos perigos e ameaças que nos rondam. Mais do que nunca, o mundo e as pessoas precisam de nossas orações e intercessões...

São apenas pistas e exemplos, cada um e cada uma tem outros tantos a acrescentar. De repente vamos descobrir que está acontecendo Advento no seu original sentido: Na alegria da espera já não serve a pergunta se vale a pena ou não celebrar Advento, mas o importante é que descubramos os outros e as outras em suas alegrias e em suas necessidades e a eles e elas estendamos nossas mãos e, com isso, nossas vidas, alimentadas pelo próprio Deus, cuja palavra se fez carne em Jesus Cristo. Este Cristo nos dá o recado vital: O céu e a terra desaparecerão, mas as minhas palavras ficarão para sempre (Mc 13.31).

CREDO APOSTÓLICO

HINO

RECOLHIMENTO DAS OFERTAS
(destino OGA)

Motivação para as ofertas Há mais de um século a OGA (Obra Gustavo Adolfo) vem ajudando comunidades e instituições a elas ligadas através de pequenos projetos. Assim, incontáveis comunidades já receberam apoio financeiro. Os recursos da OGA vêm das nossas comunidades e da parceria com o Gustav-Adolf-Werk da Alemanha. As ofertas do 1º Domingo de Advento têm o mesmo destino de sempre: viabilizar a atuação da OGA a ajudar comunidades e instituições em sua missão. A OGA é uma obra de muitas mãos que juntas apoiam a quem precisa. Que Deus nos abençoe!

ORAÇÃO GERAL DA IGREJA

L. Graças rendemos a ti, Deus de bondade, por Jesus Cristo, teu Filho. Quando a vida é ameaçada e o mundo parece chegar ao fim, ele vem, nos anima com a sua palavra e presença e nos dá alegria e esperança. Ele, nosso Senhor, ilumina a nossa história e nos abre os olhos para o futuro do Reino. Ó Senhor, mantém em nós, seu povo, a chama da fé vigilante que sabe esperar, enquanto atua pelo amor. Graças damos pelos dons confiados a cada pessoa batizada, para que, enquanto aguardamos a vinda definitiva do novo céu e da nova terra, demos sinais desse Reino, com ações de paz, graça, justiça e solidariedade.

Como Igreja, oramos a ti, para que os governos de todo o mundo e em todas as instâncias se unam em torno de causas favoráveis à proteção de um
meio ambiente sustentável e de uma economia solidária.

Oramos a ti por todas as pessoas que sofrem: com o luto, o desemprego, a doença, a violência, a depressão, a falta de esperança. Concede, ó Deus, que, como pessoas crentes e batizadas, sejamos tua voz que anuncia paz e oferece conforto e tua mão que cuida e auxilia. Fortalece em nós a fé e fica sempre conosco. Por Jesus, o Filho encarnado, pelo qual esperamos em fé vigilante.

PAI NOSSO

HINO
(de esperança)

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS

BÊNÇÃO

L. Que a bênção de Deus que faz novas todas as coisas, venha sobre nós e renove em nós a esperança de um novo tempo! Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

ENVIO

L. Vamos, preparemos o Advento, sirvamos a Deus com alegria, pois em Cristo, temos esperança.

HINO FINAL
 


Liturgia: Cat. Dra. Erli Mansk

Veja em anexo para descarregar.


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Assim como o fogo sempre produz calor e fumaça, também a fé sempre vem acompanhada do amor.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
A Palavra de Deus é a única luz na escuridão desta vida. É Palavra da vida, de consolo e da toda bem-aventurança.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br