Jornal Evangélico Luterano

Ano 2016 | número 798

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021

Porto Alegre / RS - 10:37

Atualidade - Notícia

Congrenaje 2016:

   No ano em que a Juventude Evangélica (JE) completa 120 anos de atuação, jovens participantes das JE de todo Brasil vivenciaram um evento que vai entrar para a história da IECLB. A XXIII edição do Congresso Nacional da Juventude Evangélica (Congrenaje), que aconteceu de 24 a 29 de julho, em Timbó/SC, no Sínodo Vale do Itajaí, superou expectativas e vai marcar por muitos anos, a iniciar por um recorde: 1500 pessoas jovens inscritas.

   A pregação do Culto de abertura do XXIII Congrenaje foi dirigida pelo Pastor Presidente da IECLB, P. Dr. Nestor Friedrich: “Jovens, recebam o Congrenaje como um presente de Deus para a vida. Estamos vivendo um verdadeiro Pentecostes, cada um e cada uma é especial. Deus nos liberta para cuidar. O mundo clama por mais cuidado, jovens clamam para serem cuidados. Pela graça de Deus, a pessoa jovem tem o seu valor. Este é o testemunho que devemos compartilhar. Para este discipulado que Deus chama”.

   O Coordenador do Conselho Nacional da Juventude Evangélica da IECLB (Conaje), Rodolfo Fuchs, relembrou outras edições do Congrenaje e declarou aberto o Congresso, realizado no Parque de Eventos Henry Paul.

   O Pastor Sinodal do Sínodo Vale do Itajaí, P. Breno Willrich, recebeu cada participante com muita alegria: “Em nome das 32 Paróquias e das 86 Comunidades do Sínodo, eu acolho todos e todas vocês”.

   Reunidos sob o tema Pela graça (não?) temos valor e lema bíblico de Romanos 3.34 Pela sua Graça e sem exigir nada, Deus aceita todas as pessoas por meio de Cristo Jesus, que as salva”, jovens refletiram, entre diversos aspectos e momentos, sobre a valorização da vida.

   Martina Wrasse Scherer, integrante da Área de Comunicação do Conaje, explicou que “Ao escolher essa temática, o Conaje, organizador do evento, em parceria com a Secretaria Geral da IECLB, também optou por trazer ao Congrenaje a discussão sobre um dos eixos temáticos da IECLB e da Federação Luterana Mundial (FLM) para a comemoração dos 500 anos da Reforma Luterana: ‘As pessoas não estão à venda’. Pela graça, e só por meio dela, todas as pessoas são aceitas por Deus, independente das suas diferenças, qualidades e defeitos”.

   A partir das palestras sobre a temática, ficou claro para as pessoas jovens o sentido do refrão da música tema do Congrenaje, composta por Ana Clara Rodrigues e Marco Antônio Rodrigues: Somos muit@s, somos um, de mãos dadas cantando a uma só voz. Pela graça temos valor, não temos preço. Somos povo do Senhor, entoada em diversos momentos do Congresso. 

   Em dois momentos da programação, as pessoas participantes acompanharam painéis temáticos e trocaram ideias entre si e também com painelistas. As opções de painéis tinham como objetivo motivar a juventude a refletir sobre: Tráfico de pessoas, Justiça de gênero, Como comprar a Salvação?, Deus nos fez lind@s, Ter para ser ou ser para ter direitos?, (Re)conhecendo o irmão, a irmã: superando as diferenças, Quanto vale a Criação de Deus? e Espiritualidade: qual o valor da sua?

   Diversidade também foi uma das marcas desta edição do Congrenaje. Muito além das diferentes realidades encontradas no nosso imenso país e dentro da própria IECLB, al ém do Brasil, outros países estiveram presentes no encontro: Alemanha, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Etiópia, Guatemala, Guiana, Honduras, Indonésia, Letônia, Lituânia, Mianmar, Nicarágua, Peru, Suécia, Suíça, Suriname e Uruguai.

   Tradicional nos Congressos da JE, o Grito da Juventude levou o pessoal jovem às ruas da cidade anfitriã, carregando faixas confeccionadas durante os painéis temáticos. “Mais do que isso, jovens puderam levar a sua fé, a identidade cristã luterana, a sua alegria e a animação, demonstradas em forma de cantos, depoimentos e até mesmo dos abraços que foram distribuídos à Comunidade timboense durante a caminhada, embalada por muita música e também reflexão: um testemunho público da fé e das convicções da juventude luterana”, relatou a jovem Martina Scherer.

   O momento alto do Grito da Juventude e também de todo o Congresso foi a ‘Rosa de Lutero humana’. O maior símbolo da Reforma Luterana, reconhecido mundialmente, foi formado por 1500 jovens presentes, com suas camisetas de diferentes cores (amarela, azul, branca, preta e vermelha), em homenagem aos 500 anos da Reforma Luterana, na Praça Central de Timbó.

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Ser Igreja de Jesus Cristo em contexto de pandemia

Em perspectiva de balanço do ano que passou, compartilhamos, de forma adaptada e atualizada, partes da Carta Pastoral da Presidência, de Pastoras e Pastores Sinodais, publicada em agosto de 2020. A partir de março de 2020, passamos a conviver com a pandemia do Covid-19, (+)



Educação Cristã Contínua

Igreja que valoriza o Sacerdócio Geral (parte 3/3)

Desafios Com base nas atividades que estão sendo realizadas e considerando o cenário atual, a Coordenação de Educação Cristã (CEC) vislumbra os seguintes desafios para a efetivação da Meta Missionária 1 (Áreas de prioridade (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Há algo muito vivo, atuante, efetivo e poderoso na fé, a ponto de não ser possível que ela cesse de praticar o bem. Ela também não pergunta se há boas ações a fazer e, sim, antes que surja a pergunta, ela já as realizou e sempre está a realizar.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br