Jornal Evangélico Luterano

Ano 2018 | número 813

Sábado, 26 de Setembro de 2020

Porto Alegre / RS - 11:30

Comunicação

Chamad@s para comunicar!

O primeiro enunciado da missão da IECLB é Comunicação: Proclamar o Evangelho. Na Igreja, ela acontece a partir de uma base de comunhão: a Comunidade. Comunicação é assunto fundamental em todo e qualquer lugar, mas, na IECLB, ela é vital, pois a missão da Igreja é justamente ‘comunicar’ e não é comunicar qualquer notícia, mas, sim, a Boa Notícia, a Palavra de Deus, ou seja, Proclamar o Evangelho.

Então, na Igreja, os investimentos neste âmbito devem ser feitos no sentido de que a (boa) Comunicação (com propósitos claros e que busca esclarecer e aproximar) aconteça e, assim, a missão que Deus confi ou à IECLB se cumpra.

Na IECLB, Comunicação é assunto recorrente nas mais variadas instâncias. Inclusive, são atribuídas responsabilidades que não lhe cabem... É problema de comunicação! Há orientações sobre como obter melhores resultados  na Comunicação e vamos falar a respeito durante as próximas edições. O equívoco está em atribuir o que ‘dá errado’ à Comunicação. Embora poderosa, a Comunicação não é responsá- vel por tudo o que acontece – certo ou errado!

Nesse sentido, em nome de uma ‘boa Comunicação’ na IECLB, é importante analisar que processos são estabelecidos para cada situação e como as pessoas envolvidas estão infl uenciando o andamento da atividade, o que possibilitará pensar, nesse contexto específico: Qual é o papel da Comunicação? Como melhorar o formato de lidar com essa situação? Não é fácil, mas é necessário e, antes de tudo, é para o benefício de toda a Igreja e da Igreja toda!

Por meio da Palavra, Deus fez todas as coisas, e nada do que existe foi feito sem ela. A Palavra era a fonte da vida e essa vida trouxe a luz para todas as pessoas. João 1.3-4

No sentido de qualificar essa reflexão, vamos compartilhar fundamentos sobre Comunicação, possibilidades de meios de Comunicação, orientações sobre como lidar com os principais recursos e como a IECLB tem se ocupado com esta demanda em nível nacional. 

 

Como nos lembrou o Tema 2015, somos Igreja da Palavra! Somos chamados e chamadas para comunicar! Nesta edição, vamos apresentar um documento um pouco mais antigo, de 1994, mas que permanece atual: as Diretrizes para a Comunicação na IECLB.

Política de Comunicação na IECLB

A Política de Comunicação na IECLB está expressa no Art. 3º da sua Constituição: A IECLB tem por fim e missão propagar o Evangelho de Jesus Cristo, estimular a vivência evangélica pessoal, familiar e comunitária, promover a paz, a justiça e o amor na sociedade e participar do testemunho do Evangelho no País e no mundo.

Fundamentos Bíblico-Teológicos

A Política de Comunicação, à luz da fé, é a história da caminhada de Deus com os seres humanos. A Comunicação de Deus acontece por meio da Sua Palavra, em que Deus nos revela a sua natureza, querendo que sejamos em tudo sua imagem e semelhança (Gn 1.26). Deus se comunica seja pela Criação (Ex 3.3), por anjos (Lc 2.9 ss) ou por pessoas (Jr 1.9s). Os profetas anunciavam que, apesar da idolatria e da injustiça, que rompe a Comunicação com Deus, com irmãos e irmãs, Deus promete Comunicação plena no futuro (Jr 31.31).

No entanto, o maior ‘ato comunicacional’ de Deus é a encarnação do Verbo: A palavra se tornou um ser humano e morou entre nós (Jo 1.14). Pela encarnação em Cristo, Deus se fez semelhante àqueles que haviam de receber a sua mensagem, mensagem que Ele comunicava com a palavra e com a vida.

A encarnação do Verbo de Deus na pessoa de Cristo é o próprio conteúdo, o próprio método, a própria pedagogia da Comunicação de Deus. Por suas obras e palavras, Jesus dá testemunho do Pai (Jo 3.11), assim como o Pai dá testemunho dele (Jo 5.36ss). Sendo um com o Pai (Jo 10.30), Jesus é o comunicador perfeito: Quem me vê, vê também o Pai (Jo 14.9b).

Núcleo de Comunicação da IECLB

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES



Educação Cristã Contínua

Deixar que Deus aja através de mim Disposição, humildade e alegria!

Quando uma Ministra ou um Ministro inicia em um Campo de Atividade, há um tempo de conhecer e reconhecer a Comunidade e as pessoas que dela fazem parte. Assim também foi comigo em uma Comunidade. Quem não gostaria de ver e fazer parte de uma Comunidade em que tudo funciona perfeitamente? Acontece que somos Igreja formada por pessoas (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Mal tenho começado a crer. Em coisas de fé, vou ter que ser aprendiz até morrer.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br