Jornal Evangélico Luterano

Ano 2021 | número 846

Sexta-feira, 27 de Maio de 2022

Porto Alegre / RS - 11:58

Concílio

A nossa tarefa é propagar o Evangelho! (parte 1/3)

Metas Missionárias em meio à crise do novo Coronavírus

As Metas Missionárias 2019-2024 foram elaboradas a partir da caminhada da IECLB e apontam o caminho que continuaremos trilhando. São o resultado da nossa ação e da nossa reflexão. Revelam o desejo do que queremos alcançar até 2024. As Metas Missionárias tinham como pressuposto principal os encontros presenciais. Em 2020, tivemos que fazer coisas diferentes do que fazíamos e do que pretendíamos fazer. Precisamos improvisar. Uma conclusão poderia ser: não adianta planejar, porque as coisas podem mudar de uma hora para outra.

Imprevistos podem acontecer, é verdade, e podem mudar muita coisa! O nosso fundamento, no entanto, continua o mesmo. Somos Igreja de Jesus Cristo e a nossa tarefa é propagar o Evangelho. Neste ano em que tudo parece ter mudado e alguns caminhos se fecharam, vislumbraram-se novas possibilidades. Experimentamos com mais intensidade os meios de comunicação online, utilizando diversas plataformas digitais. Ocupamos espaços nas Redes Sociais, anunciando a Palavra de Deus e tornando a IECLB mais conhecida.

Um momento importante do Planejamento Missionário é a análise da situação, quando olhamos para o contexto interno, observando as nossas forças e fraquezas, aquilo que temos de bom e o que precisa ser melhorado. Também olhamos para o contexto externo, identificando ameaças e oportunidades relacionadas com a Ação Missionária. A crise do novo Coronavírus nos distanciou fisicamente, mas nos uniu no desejo de enfrentar os problemas com fé e esperança. Não sabemos quando poderemos nos encontrar presencialmente em grandes grupos, mas sabemos que a Missão de Deus continua e é a nossa paixão. As Metas Missionárias não foram invalidadas pela mudança inesperada de situação. Elas são sufi cientemente abrangentes e pertinentes ao tempo em que vivemos. Precisamos adequar ações e prioridades para a conjuntura atual e nos prepararmos para o momento pós-pandemia.

Planejamento requer monitoramento e avaliação constantes. Se necessário, é preciso repensar ações e atividades. Jesus diz: Eu escolhi vocês para que deem fruto (Jo 15.16). Os frutos surgirão à medida em que planejamos e permanecemos na comunhão com Jesus Cristo, conforme ele mesmo diz: Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim vocês não podem fazer nada (Jo 15.5). Na comunhão com Cristo, e com o planejamento baseado nas Metas Missionárias, daremos os frutos agradáveis a Deus. O nosso objetivo continua sendo efetivar o Terceiro Artigo da Constituição da IECLB: Em obediência ao Mandamento do Senhor, a IECLB tem por fim e Missão: I - Propagar o Evangelho de Jesus Cristo, II - Estimular a vivência evangélica pessoal, familiar e comunitária, III - Promover a paz, a justiça e o amor na sociedade e IV - Participar do testemunho do Evangelho no País e no mundo.

Tema do Ano 2019/2020

O Tema do Ano é uma forma de fortalecer a unidade e a identidade da Igreja. Ele é expressão do que cremos, do que somos e do que desejamos. O primeiro Tema do Ano foi definido em 1976, ou seja, há 44 anos!

No biênio 2018-2019, o Tema que nos acompanhou foi Igreja - Economia - Política. Em 2018, o Lema Bíblico foi baseado em Êxodo 20.2a: Eu sou o SENHOR, teu Deus. Em 2019, o Lema Bíblico seguia as palavras de Jesus testemunhadas em João 14.27: Deixo com vocês a paz, a minha paz lhes dou.

Segundo Lutero, Igreja, Economia e Política são as três Ordens da Criação de Deus. ‘A Bíblia fala e ensina sobre as obras de Deus, a respeito do que não há dúvida. Essas, no entanto, estão divididas em três hierarquias: Economia, Política e Igreja’ (A Teologia de Martim Lutero, p. 88). As três Ordens da Criação são modos pelos quais Deus atua e cada pessoa é chamada a atuar com Deus nos três âmbitos. Com o Tema do Ano 2018-2019, a IECLB trouxe uma temática muito importante da Reforma, porém pouco conhecida.

O Tema de 2020 – Viver o Batismo – surgiu da necessidade, apontada em diversos espaços e grupos, de refletir sobre o Sacerdócio Geral a partir de motivação bíblica e confessional. Sacerdócio Geral é consequência do Batismo! Viver o Batismo é colocar em prática o Sacerdócio Geral. O Lema bíblico que nos acompanhou neste ano é também uma palavra de Jesus: Eu escolhi vocês para que deem fruto (Jo 15.16).

Para a Teologia Luterana, Sacramentos são meios da graça de Deus, ou seja, Deus os utiliza para conceder perdão e salvação. A Igreja Luterana reconhece dois Sacramentos: o Batismo e a Santa Ceia. Os Sacramentos são obras misericordiosas de Deus. Não há obra ou préstimo da nossa parte, a não ser receber em fé aquilo que Deus nos dá.

Para Lutero, o objetivo do Batismo é tornar a pessoa bem-aventurada. Bem-aventurada é a pessoa que entra no Reino de Cristo e vive com ele eternamente. O Batismo traz bem-aventuranças porque realiza em nós o perdão dos pecados. Unida à Palavra de Deus, a água do Batismo afoga o pecado e nos faz ressurgir como nova pessoa. Quem ama anuncia o Reino de Deus às pessoas e procura vivenciar com elas os sinais desse Reino.

Em 2020, a Campanha Nacional de Ofertas para a Missão Vai e Vem e o Tema do Ano passaram a estar integrados em um só movimento: o movimento da Missão de Deus. É em função da Missão de Deus que existimos como Igreja. Cada Comunidade, instituição e pessoa em particular é chamada para participar da Missão. Com esse envolvimento, o Tema do Ano e a Vai e Vem trarão muitos impulsos missionários. Que Deus abençoe o fruto do nosso trabalho.

Posicionamentos, Cartas Pastorais e Rede de Oração

A IECLB tem muitas formas de se manifestar. A sua pregação é pública. A partir dos diferentes meios de comunicação, Mensagens e Posicionamentos alcançam pessoas no âmbito da IECLB e fora dela. A IECLB possui posicionamentos oficiais sobre diversos temas, que foram elaborados a partir de oração, refl exão e trabalho coletivo, sempre tendo a Bíblia e a confessionalidade luterana como fundamento. Em destaque, citamos o Manifesto Nosso Compromisso é o Evangelho, emitido em conjunto pelo Conselho da Igreja e a Presidência da IECLB, em março/2019, a partir de decisão conciliar de 2018.

Desde a sua posse, a Gestão 2019-2022 da Presidência emite Cartas Pastorais mensais. Tendo por base o Lema Bíblico do Mês e questões relevantes do contexto, essas Cartas oferecem orientação, ânimo, consolo e impulsos para a Missão. Com a chegada da pandemia, foi necessário emitir também orientações específicas para a atuação ministerial e as atividades comunitárias, essas assinadas em conjunto pela Presidência, Pastoras Sinodais e Pastores Sinodais.

A Presidência se mantém atenta aos temas e às situações que se apresentam na vida da Igreja, do país e do mundo. Com os Posicionamentos, não pretendemos dizer como as pessoas devem pensar, mas apontamos parâmetros baseados no Evangelho de Jesus Cristo, na confessionalidade luterana e nos Documentos Normativos da IECLB. A partir da fé, cada pessoa pode julgar o que é adequado, de acordo com uma consciência orientada pela Palavra de Deus. A Presidência visa sempre a oferecer uma palavra de graça, esperança e conforto, sem, no entanto, deixar de fazer questionamentos e apontar para situações de injustiça. Fidelidade ao Evangelho requer voz profética.

Missão Global e Ecumenismo

Há excelentes razões bíblico-teológicas para que a IECLB participe do movimento ecumênico. A fé cristã ensina que Deus criou tudo o que existe (Gn 1). Somos, portanto, filhos e filhas do mesmo Deus. Esta Criação inteira geme e aguarda a redenção, conforme o apóstolo Paulo escreve na carta aos Romanos (8.22-24). Confessamos, que, na IECLB, há uma só fé, um só Senhor, um só Batismo (Ef 4.5). Além disso, cremos que haverá um só rebanho, um só pastor (Jo 10.16). Finalmente, seguimos o desejo do próprio Cristo: Para que todos sejam um (Jo 17.21). Fundamentada nas palavras bíblicas, desde a sua fundação a IECLB se entende como uma Igreja de natureza ecumênica e expressa esta convicção na sua Constituição.

As Metas Missionárias 2019-2024, aprovadas no Concílio de 2018, ratificam a importância da participação da IECLB no ecumenismo e nas relações de parceria. A Meta 4 afirma que a IECLB quer ser ‘Uma Igreja comprometida com a justiça, a paz e a reconciliação que promove vida digna’. Na Área de Prioridade Diálogos e relações ecumênicas, consta que a IECLB quer ‘Reafi rmar o compromisso de Igreja comprometida com o diálogo e relações ecumênicas em favor da unidade cristã’. Para isso, trabalha com o objetivo de ‘Fomentar a comunhão por meio do ecumenismo e de parcerias com organizações que se identificam com a promoção da justiça, da paz e do amor na sociedade’.

A partir dessas definições e levando em conta a demanda existente, a Assessoria para Missão Global e Ecumenismo foi reorganizada pela Presidência no fi nal de 2018 e aprovada pelo Conselho da Igreja em dezembro daquele ano. As suas atribuições são: a) Coordenar a interlocução da IECLB com Igrejas e agências missionárias do exterior, com vistas à promoção de parcerias e intercâmbios, b) Acompanhar Ministros e Ministras da IECLB no exterior e Ministros e Ministras estrangeiras no Brasil, c) Coordenar a interlocução das ações da IECLB para fora do Brasil, por exemplo na América Central, Moçambique e Angola, d) Coordenar a interlocução da IECLB com Conselhos Ecumênicos de Igrejas, Comissões de Diálogo e outras instituições ecumênicas das quais a IECLB é membro.

Continua na próxima edição.

Relatório da Presidência da IECLB XXXII Concílio da Igreja 

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Ser Igreja de Jesus Cristo em contexto de pandemia

Em perspectiva de balanço do ano que passou, compartilhamos, de forma adaptada e atualizada, partes da Carta Pastoral da Presidência, de Pastoras e Pastores Sinodais, publicada em agosto de 2020. A partir de março de 2020, passamos a conviver com a pandemia do Covid-19, (+)



Educação Cristã Contínua

Igreja que valoriza o Sacerdócio Geral (parte 3/3)

Desafios Com base nas atividades que estão sendo realizadas e considerando o cenário atual, a Coordenação de Educação Cristã (CEC) vislumbra os seguintes desafios para a efetivação da Meta Missionária 1 (Áreas de prioridade (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
O ponto principal do Evangelho, o seu fundamento, é que, antes de tomares Cristo como exemplo, o acolhas e o reconheças como presente que foi dado a ti, pessoalmente, por Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br