Jornal Evangélico Luterano

Ano 2018 | número 813

Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre / RS - 10:19

Vida em Comunidade

Vida em Comunidade

Viver é, também, encontrar-se. Viver tem tudo a ver com alegres e marcantes encontros. A gente se encontra para ‘jogar conversa fora’. Crianças se encontram para brincar. Há encontros para estudar a Palavra de Deus, orar e cantar. Há encontros para celebrar o aniversário e há quem invente motivo para encontrar-se com mais gente.

Neste ano, este espaço do Jorev Luterano vai falar sobre um encontro muito especial para as pessoas cristãs: o Culto da Comunidade, definido pelo Livro de Culto da IECLB como encontro que congrega Deus e um grupo de pessoas. No encontro com Deus, pessoas encontram-se entre si.

Se, para a festa de aniversário, a motivação para o encontro é a aniversariante, o ponto de partida para o encontro entre Deus e a Comunidade é o próprio Deus. Deus é quem motiva e chama as pessoas a se reunirem em seu nome, conforme disse Jesus em Mateus 18.20: Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.

Em um encontro, muita coisa acontece. Pensemos em uma festinha de aniversário. Ali veremos pessoas se abraçando, brincando, conversando, cantando, dançando. Em certo momento, alguém fará um discurso! Chega a hora dos comes e bebes. Haverá quem falará sobre as suas tristezas, as suas alegrias da semana, a dificuldade de emprego, a alta hospitalar, a encrenca familiar, etc., etc.

No encontro chamado Culto, também acontece muita coisa. Falando sobre o Culto na IECLB, queremos refl etir (e motivar para o diálogo) sobre a razão daquilo que lá acontece. Para citar um exemplo: se, no local do Culto, há um sino, por que bater o sino no início e no final do Culto? Qual é a razão disso? Daria para badalar o sino ainda em outro momento do Culto? O que acontece se uma Comunidade não dispuser de sino? Caberia pensar em uma maneira de substituir o sino? Por que não iniciar o Culto em nome do Presbitério? Por que orar em pé ou sentado? Por que confessar pecados? Por quê?

Convidamos você para acompanhar esta coluna ao longo de 2018, fazendo dela motivo para diálogo no seu próximo encontro!

P. Dr. Romeu Martini | Assessor Teológico da Presidência da IECLB

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Política de Justiça de Gênero da IECLB

O XXXI Concílio da Igreja, em 2018, aprovou a constituição de um grupo para trabalhar na elaboração da Política de Justiça de Gênero da IECLB, delegando ao Conselho da Igreja (CI) a articulação desta tarefa. O CI, na sua reunião (+)



Educação Cristã Contínua

Caixa de memórias

A Bíblia está impregnada de histórias/ memórias. Estas histórias/memórias, passadas entre as gerações, chegaram até nós e possibilitaram o nosso conhecimento da história de Deus com o seu povo. Jesus também fez uso da memória para ensinar. (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros.
Colossenses 3.13
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br