Jornal Evangélico Luterano

Ano 2020 | número 843

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021

Porto Alegre / RS - 15:13

Gestão Administrativa

Contribuição na IECLB - Fé, Gratidão e Compromisso (parte 4/5)

Na IECLB, na maior parte, os recursos financeiros provêm das contribuições e das ofertas dos membros das Comunidades. As contribuições estão orientadas pelo tripé Fé, Gratidão e Compromisso.

A partir desta compreensão, cada Comunidade tem liberdade de estipular uma forma de contribuição financeira para cumprir com o seu orçamento. Contribuições e ofertas são gestos de gratidão e testemunho da nossa fé em Deus e uma forma de colaborar com a Missão de Deus no país e no mundo.

O modelo de gestão financeira na IECLB, em vigência desde 1998, com a aprovação da estrutura sinodal, funciona na modalidade da contribuição proporcional, segundo o qual as Comunidades mantêm 90% da arrecadação para a sua manutenção e missão. 10% das receitas são repassados ao Sínodo (Dízimo).

Do Dízimo recebido das Comunidades (10%), os Sínodos retêm 4,14% para a sua própria gestão e funcionamento e repassam 5,40% para a Sede Nacional e 0,46% para o Fundo de Solidariedade dos Sínodos (FSS).

O Sínodo repassa, adicionalmente, 10% de receitas sobre valores recebidos originariamente pelo Sínodo (por exemplo: aluguéis, rendas, ofertas sinodais, doações, etc.).

Esses valores são repassados ao FSS. Em 2010, o Concílio da Igreja decidiu pela implementação da Seguridade Ministerial (3% adicionais assumidos pelas Comunidades).

O Conselho da Igreja aprovou a destinação de 4 p.p (quatro pontos percentuais) do orçamento da Administração Central para a gestão de Fundos Nacionais, valor a ser deduzido dos 5,4% das receitas que compõem o orçamento central. A destinação dos 4 p.p. foi definida, como consta: a) 2 p.p. para o Fundo de Fortalecimento da Ação Missionária; b) 1 p.p. para o Fundo de Reserva de Emergência (FRE) e c) 1 p.p. para os Meios de Comunicação.

As Comunidades, as Paróquias, os Sínodos e a Sede Nacional da Igreja que administram recursos oriundos dos membros têm a responsabilidade de fazê-lo dentro do mesmo espírito de amor e justiça que motivou as pessoas doadoras.

É por isso que, em todas as instâncias da IECLB, a prestação de contas deve ser feita de forma transparente, com a apresentação e a apreciação de relatórios financeiros nas Assembleias de Comunidades, Paróquias, Sínodos, Conselho e Concílio da Igreja.

Secretaria Geral da IECLB

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Ser Igreja de Jesus Cristo em contexto de pandemia

Em perspectiva de balanço do ano que passou, compartilhamos, de forma adaptada e atualizada, partes da Carta Pastoral da Presidência, de Pastoras e Pastores Sinodais, publicada em agosto de 2020. A partir de março de 2020, passamos a conviver com a pandemia do Covid-19, (+)



Educação Cristã Contínua

Dons a serviço do Reino de Deus

O Sacerdócio Geral faz transformações na vida! Sementes são lançadas, adubadas e, no devido tempo, produzem frutos, como é o caso de Adriane Radman, Orientadora de Culto Infantil na Comunidade de São Lourenço do Sul/RS. Na caminhada de fé de Adriane, estão (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Vivemos rodeados da bênção de Deus e não nos damos conta disso.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br