Jornal Evangélico Luterano

Ano 2019 | número 830

Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

Porto Alegre / RS - 23:25

Habilitação ao Ministério

Mentoria: forma de amar a vida

O exercício da Mentoria no Período Prático de Habilitação ao Ministério (PPHM) é como dispor-se a ‘plantar uma macieira antes que o mundo acabe’. Como Mentores e Mentoras, não plantamos pessoas, Deus é quem as planta no nosso Ministério. Nós apenas cuidamos delas ‘esperançando’ frutos. Esperançar é um verbo inventado, que implica não só ‘esperar’, mas ‘fazer acontecer’. Um Candidato, uma Candidata no PPHM sempre faz algo novo acontecer. A Comunidade espera mudanças, um plano é traçado e as pessoas colaboram valiosamente. Contudo, a Mentoria contribui e desfruta de experiências especiais.

O campo de atividade ministerial ganha mais vida. A Mentoria não serve e não se sente sozinha, tudo partilha e dialoga, aprimora a habilidade de se relacionar com alguém diferente, na perspectiva de uma parceria ministerial, e aproxima-se da trajetória de vida da pessoa candidata, das suas origens, da sua história, da sua família, das suas alegrias e das suas tristezas.

A Mentoria desfruta das experiências de formação de outro Teólogo, outra Teóloga, toma ciência dos seus limites e das suas potencialidades. Na missão de cuidar, coloca-se ao lado para encontrar formas de superar dificuldades, preencher lacunas, encorajar atitudes e refletir sobre a prática com vistas ao Ministério, auxiliando no crescimento do Candidato, da Candidata.

No ato de cuidar, a Mentoria também se redescobre ao compartilhar da sua trajetória, do seu fazer teológico, das suas práticas, reconhece os seus limites e renova a sua fé. A Mentoria consolida o seu Ministério e a sua vocação e abre-se ao novo que vem com a pessoa candidata, seja este ‘novo’ algo que identifica ou conflita, que complementa ou desafia. Descortinam-se oportunidades de mobilizar potenciais diferentes, mas em parceria, aventuram-se no mesmo caminho do discipulado com a convicção e o desejo de exercer bem e com alegria um bom e vocacionado Ministério com Ordenação na IECLB e a partir dela.

‘Plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro, três coisas que cada pessoa deve fazer durante sua vida’, disse José Martí. Para quem dedica a sua vida ao Ministério, recomendo a grata aventura de também fazer a Mentoria de um PPHM. É uma forma de colocar amor naquilo que se faz, ou seja, no seu Ministério.

Pa. Cláudia Patrícia Pacheco | Ministra na Paróquia de Dois Irmãos/RS 

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES



Educação Cristã Contínua

Viver em Comunidade

Cresci em um lar luterano. Domingo sempre era dia de ir à Igreja e se reunir com a família! Durante o Ensino Confirmatório, foi despertada a curiosidade para conhecer mais sobre o conteúdo da Bíblia. Assim foi crescendo a certeza do grande amor de Deus por nós e sua obra salvadora. Tudo (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Todas as nossas orações devem fundamentar-se e apoiar-se na obediência a Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br