Dia Sinodal da Igreja celebrou a paz e a união entre as pessoas

25/08/2019

DSC_0066
DSC_0070
DSC_0036
DSC_0042
DSC_0086
DSC_0112
DSC_0122
DSC_0115
DSC_0214
DSC_0228
DSC_0264
DSC_0247
DSC_0267
DSC_0268
DSC_0271
DSC_0283
DSC_0278
DSC_0291
DSC_300
DSC_0305
DSC_0317
DSC_0321
DSC_0330
DSC_0335
DSC_0340
DSC_0341
DSC_0352
DSC_0578
DSC_0518
DSC_0375
DSC_0467
DSC_0470
DSC_0442
1 | 1
Ampliar

O domingo, 25 de agosto, foi de encontros, de união e de fé para o Sínodo Centro-Campanha Sul. O Dia Sinodal da Igreja teve início às 10h, com culto que encheu o ginásio principal do Colégio Mauá. A escola de Santa Cruz do Sul, que faz parte da Rede Sinodal de Educação, foi o local onde as atividades aconteceram. A celebração reuniu 26 Paróquias com o tema “Igreja, Economia e Política: Construindo pontes”.

Para a Igreja cabe a tarefa de ensinar, para a Economia a tarefa de alimentar e para a política a tarefa de proteger, assim explicou o Pastor Eloir Weber durante a celebração. Acompanhados da Grande Orquestra Sinodal, que apresentou músicas do Livro de Canto da IECLB, os pastores responsáveis pelo culto refletiram sobre a paz. “Muitos são os sinais que vemos de não paz. O ser humano, na sua essência, traz junto de si a disputa e a violência”, disse o P. Eloir Weber, que lembrou a importância de promover o bem e o amor entre as pessoas, fazendo referência aos dizeres de Jesus: “Deixo com vocês a paz, a minha paz lhes dou.” João 14:27, que é o tema da Igreja Evangélica de Confissão Luterana – IECLB, em 2019. 

Uma ponte foi construída e decorou o cenário preparado para o culto. Ela representava o objetivo do evento, que é aproximar as pessoas por meio do amor. Uma das bases da IECLB é a vivência em comunidade e o Dia Sinodal da Igreja, ao mesmo tempo em que une as Paróquias, inspira as pessoas a viverem e compartilharem a sua fé. “O encontro é muito festivo, é onde podemos viver o lado mais festivo da igreja. Nele não somente as pessoas são atingidas pelo evangelho, mas são também motivadas para que, depois, nas suas comunidades, vivenciem essa prática da vida de fé. A fé é algo que se comprova mediante a prática no dia a dia”, disse o Secretário Geral da IECLB, Pastor Marcos Bechert.

O Dia Sinodal da Igreja oportunizou que os participantes fizessem um piquenique durante o almoço. A temperatura agradável e o céu azul alegraram as famílias e os amigos que aproveitaram o momento. Durante a tarde, a programação foi repleta de atividades. Um teatro foi apresentado pelo Instituto Sinodal Imigrante, de Vera Cruz. O espetáculo chamado “O amor é...”, convidou as pessoas a pensarem sobre as suas relações, sobre o uso das tecnologias e também sobre a correria diária, que por vezes faz com que as pessoas deixem de demonstrar este sentimento puro e bonito que é o amor. Teve também exposições de trabalhos, apresentação do grupo de dança rítmica do Colégio Mauá, grupos folclóricos e apresentação do Grupo Musical Ânima, que ensinou alguns hinos do Livro de Canto e animou a plateia, fazendo todo mundo cantar junto. As palestras reuniram os participantes, que buscaram conhecimentos nos seguintes temas: “Prevenção à saúde”, com a Dra. Rosemeri Gerhard; “Relacionamento familiar com os filhos/as”, com a Psicóloga Gabriele Machado; “Relacionamento entre casais”, sob a responsabilidade dos Casais Reencontristas e a palestra “Crianças e sua espiritualidade”, com o Prof. Dr. Manfredo Wachs. 

Os grupos de jovens e as crianças tiveram programação distinta. As crianças participaram de um momento lúdico com contação de histórias e dinâmicas e os jovens organizaram uma roda de música e conversaram ao ar livre. “Acho maravilhoso e temos isso como um foco muito importante dentro da nossa missão, agregar o jovem e realizar trabalhos com eles desde o ensino confirmatório, o culto infantil... Eles não são somente o futuro, eles são também o presente!”, ressaltou o Pastor da Comunidade Bom Pastor de Santa Cruz do Sul, Samuel Gausmann. 

“Eu me sinto realizado e feliz plenamente. É um evento executado não só por uma ou duas pessoas, e sim elaborado por muitas mãos. Neste domingo o Sínodo todo pode se sentir abraçado.”, declarou o Presidente do Conselho Sinodal, Erni Jandrey. Foi um dia de integração, de convívio, troca de experiências, louvor e de exercer o espírito cristão, a vida em família e os valores em comunidade. E a temática de pontes expressa esta mensagem, a Igreja necessita estar unida, a Economia tem que ser justa e solidária e a Política deve ser algo que agregue e promova a democracia, sem existir divisões de muros.

 

  

COMUNICAÇÃO
+
Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido.
Filipenses 4.6
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br