Diaconia - A fé ativa pelo amor



ID: 2660

Nem tão Doce Lar realiza exposições e formações em alusão à Campanha Internacional pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

24/11/2019

No mês de novembro, a Fundação Luterana de Diaconia está com uma agenda intensa, alusiva à Campanha Internacional dos 16+5 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra as Mulheres. Três organizações que integram a Rede de Diaconia – a Associação Educacional Evangélica Luterana AEEL (Internato Rural), em Teófilo Otoni (MG), a Associação Luterana Pró Desenvolvimento e Universalização de Direitos Sociais (Pro Ludus – O Caminho), em Gravatá (PE), e a Associação Albergue Martim Lutero, em Vitória (ES) – assumiram o desafio de coordenar a montagem da Nem tão Doce Lar nos seus municípios, mobilizar as redes locais de cuidados para participarem da iniciativa e promover as visitas à exposição. Quem está realizando as formações e o acompanhamento das exposições é o assessor de projetos da FLD, Rogério Oliveira de Aguiar, e a assessora de projetos da FLD, Dirci Bubantz.

No dia 25, a exposição a exposição estará montada em Chapecó (RS), como parte da programação do Seminário Regional de Enfrentamento à Violência e Autonomia Financeira das Mulheres do Campo e da Cidade.

A Nem Tão Doce Lar envolve uma metodologia desenvolvida pela Fundação Luterana de Diaconia (FLD) de intervenção coletiva para a superação da violência familiar. Trata-se de uma mostra itinerante, que populariza o debate sobre a violência doméstica e familiar, na perspectiva da efetivação das políticas públicas, constituição de redes de apoio e empoderamento de grupos de mulheres.

Em Teófilo Otoni, Minas Gerais, a programação teve início na segunda-feira, dia 18, com uma Roda Diálogo com mulheres da economia solidária, ligadas ao Fórum de Economia Solidária Mucuri. No dia 19, houve formação com representantes de organizações que integram a rede municipal de apoio, por meio de uma parceria do Internato Rural com a OAB e o Ministério Público Estadual. A exposição esteve aberta nos dias 20 e 21. A Comunidade Evangélica de Teófilo Otoni (CETO), da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) também se envolveu, juntamente com o Internato Rural, nas articulações para viabilizar a proposta.

A partir de amanhã, 23 de novembro, as atividades serão com a organização Pró Ludus, em Gravatá, Pernambuco. Nesse dia, será realizada uma roda de diálogo com homens, sobre Masculinidade na Bíblia. No domingo, dia 24, haverá um momento de celebração na Comunidade Luterana de Gravatá (IECLB), com liturgia voltada para a metodologia da Nem Tão Doce Lar. No dia 25, será promovida uma oficina de formação para acolhedoras e acolhedores. A exposição estará aberta ao público no dia 26.

As atividades na cidade de Vitória (ES) terão início no dia 28 de novembro, com formação para acolhedoras e acolhedores, em uma parceria do Albergue Martim Lutero e o Ministério Público Estadual, e uma formação no dia 30, com maior participação dos movimentos sociais, coletivos e organizações da sociedade civil.

A exposição estará aberta para visitação no dia 29 de novembro e no dia 2 de dezembro.

Ativismo pelo fim da violência contra as mulheres
Os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma campanha anual e internacional que começa no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, e vai até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil, a mobilização abrange o também o 20 de novembro, Dia nacional da Consciência Negra.

Foi iniciada por ativistas no Instituto de Liderança Global das Mulheres, em 1991, e continua a ser coordenada anualmente pelo Centro para Liderança Global das Mulheres. É uma estratégia de mobilização de indivíduos e organizações, em todo o mundo, para engajamento na prevenção e na eliminação da violência contra as mulheres e meninas.

Confira todas as datas:
20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra
25 de novembro – Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher
1 de dezembro – Dia Internacional de Luta Contra a Aids
6 de dezembro – Mobilização Mundial de Homens pelo Fim da Violência Contra as Mulheres – Campanha do Laço Branco
10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Nenhum serviço agrada a Deus, seja ele enorme, quando este fere o próximo.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas.
1João 3.20
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br