Formação Teológica


ID: 2663

Estudantes de Teologia debatem Metas Missionárias com secretário de Missão da IECLB

12/08/2019

Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST 12 de agosto de 2019
Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST 12 de agosto de 2019
Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST 12 de agosto de 2019
Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST 12 de agosto de 2019
Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST 12 de agosto de 2019
Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST 12 de agosto de 2019
1 | 1
Ampliar

A Aula Inaugural do Curso de Teologia da Faculdades EST, realizada na noite da última segunda-feira (12), trouxe o secretário de Missão da IECLB, P. Pedro Puentes, para debater com os e as estudantes o trabalho da igreja e as Metas Missionárias 2019-2024.

Formado em Teologia no Chile e pós-graduado nos Programas de Mestrado e Doutorado da Faculdades EST, o secretário falou aos futuros ministros e às futuras ministras da igreja sobre o trabalho de sistematização das metas e os desafios da IECLB, diante de dados estatísticos levantados em todo o Brasil.
O pastor lembrou que o processo das Metas Missionárias teve início no ano de 2017, no Fórum de Missão ocorrido na Faculdades EST. A partir deste encontro, foi feita uma reorganização dos objetivos, sistematizando e fortalecendo o trabalho que já estava sendo desenvolvido pela igreja.
Pedro Puentes ainda explicou que as metas missionárias dizem respeito a quem queremos ser até 2024 e que, para alcançarmos esses objetivos é preciso a reflexão de cada comunidade, avaliando onde estamos e onde queremos chegar.
A aula inaugural ainda contou com um painel, em que o P. Fernando Matias, da Paróquia de Barrando/São Lourenço; o P. Valdir Rodolfo Gromann, da Comunidade de São Leopoldo e Elisabetha Kannenberg, presidente do presbitério da mesma comunidade, apresentaram experiências de suas localidades, debatendo com os e as discentes exemplos práticos de realização das Metas Missionárias. Estudantes da Faculdade EST compartilharam, no mesmo painel, resultado de reflexão realizada no componente curricular de Ética, semestre 2019/1, relacionando as Metas Missionárias da IECLB com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (2015-2030), da ONU.

A Faculdades EST conversou com secretário de Missão da IECLB, Pedro Puentes, para conhecer melhor o trabalho da Secretaria de Missão e descobrir como a comunidade acadêmica pode se envolver neste processo.
Faculdades EST – Qual o trabalho da Secretária de Missão e como é realizado?
Puentes – Compete à Secretaria de Missão organizar, animar e motivar toda a discussão sobre missão. Tudo que corresponde ao planejamento missionário nas comunidades e sínodos. Organizar e articular as estatísticas e as coletas de dados em todas as comunidades e paróquias, além de organizar a campanha “vai e vem” da oferta nacional para a missão que visa financiar o projeto missionário.

Faculdades EST – Qual o papel que a igreja atribui à juventude no que se refere às metas missionárias?
Puentes – É uma preocupação diante da constatação das estatísticas que apontam que só quase 10% da juventude participa de alguma atividade da comunidade. Então, de alguma forma, precisamos nos organizar de uma maneira diferente para alcançar o público jovem. Por outro lado, estamos na época do protagonismo juvenil. É preciso formar lideranças jovens e dar lugar para que a juventude tenha voz e possa nos mostrar o que só o jovem consegue enxergar. Sair da concepção de uma igreja formada por uma geração mais avançada para integrar uma visão atual que nos aponte o caminho futuro.

Faculdades EST – Considerando a 1ª meta, como a igreja avalia o trabalho e a missão da Faculdades EST?
Puentes – A Faculdades EST é uma das três casas conveniadas. É a casa que mais tem história. É a casa que mais está no coração dos membros da comunidade. Foi a única que só não formou ministros e ministras, como teve uma presença na formação cristã contínua, lideranças e assim por diante. Tem um papel significativo na qualificação das pessoas em suas diversas funções dentro da igreja.

Faculdades EST – Sendo a Faculdades EST uma instituição reconhecidamente aberta às diversidades, com projetos como o Programa de Gênero e Religião e o Grupo Identidade, como contribuímos com a meta número 3?
Puentes – Por muito tempo vivemos com um olhar que ocultava a diversidade. Esses projetos nos ajudam abrir os olhos e mostrar a realidade como ela de fato é. Uma realidade diversa, uma realidade plural. O desafio agora é organizar para incluir e incorporar, de forma que toda essa diversidade venha a fazer parte da igreja. Um trabalho enorme, mas que esses projetos da Faculdades EST são essenciais para criar consciência.

Faculdades EST - Como a comunidade acadêmica pode contribuir mais com as metas missionárias da igreja?
Puentes – Já estão contribuindo com todo o aporte que fazem. Eu diria ainda que seria continuar e aprofundar o diálogo do que está sendo feito aqui e também do que está sendo feito pela igreja, para que ambas as instituições possam se retroalimentar.

Fonte: Setor de comunicação e marketing


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Há algo muito vivo, atuante, efetivo e poderoso na fé, a ponto de não ser possível que ela cesse de praticar o bem. Ela também não pergunta se há boas ações a fazer e, sim, antes que surja a pergunta, ela já as realizou e sempre está a realizar.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
A fé é um contínuo e persistente olhar para Cristo.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br