Formação Teológica


ID: 2663

Nova Direção Geral da FLT é empossada

Faculdade Luterana de Teologia, em São Bento do Sul/SC

25/06/2019

WhatsApp Image 2019-07-05 at 11.19.22.
20190625_194100
20190625_194112
20190625_194851
20190625_194856
20190625_201808
20190625_202300
20190625_202309
20190625_202313
20190625_202646
20190625_204048
20190625_204107
20190625_213023
20190625_213025
1 | 1
Ampliar

25 de junho de 2019 tornou-se numa data especial para a FLT – Faculdade Luterana de Teologia, em São Bento do Sul/SC. Nesse dia, o Sr. Andreas Strobel, Presidente do Conselho Curador da FLT, coordenou os cerimoniais que marcaram a posse dos Professores P. Dr. Roger Marcel Wanke e P. Dr. Vítor Hugo Schell, respectivamente como novo Diretor Geral e Vice-Diretor da FLT, bem como o encerramento da gestão do Prof. Dr. Claus Schwambach como Diretor Geral e do Prof. Dr. Rolf Roberto Krüger como Vice-Diretor da FLT, sendo que o prof. Claus esteve ao longo de 4 gestões, por 16 anos, à frente da FLT. O evento aconteceu no salão da Missão Evangélica União Cristã em São Bento do Sul, contando com a presença de toda comunidade acadêmica, dos obreiros da MEUC, de Ministros e Ministras da IECLB da região, bem como de Representantes da Presidência da IECLB, além de convidados ecumênicos e da comunidade em geral. Palavras de gratidão e de ânimo marcaram o evento, contagiando os presentes com um espírito de alegria e confiança nos caminhos e na direção de Deus. O ato foi presidido pelo Conselho Curador da FLT, sendo que a mesa de autoridades foi composta pelo Presidente do Conselho Curador da FLT e Presidente da MEUC, Sr. Andreas Strobel; o P. 1º Vice-Presidente da IECLB e P. Sin. do Sínodo Paranapanema, Odair Braun; e o Presidente da União Cristã – Associação Social e Educacional, mantenedora da FLT, Sr. Geraldo Franz. Os novos gestores da FLT foram empossados sob oração de imposição de mãos em suas funções pelo Conselho Curador, recebendo como promessa as palavras bíblicas de At 17,25 – “Ele (o Senhor) não é servido por mãos humanas, pois não necessita de coisa alguma. Ele mesmo é quem dá vida e fôlego a tudo” – e de João 15,16 – “Não fostes vós que me escolhestes a mim, mas eu escolhi a vós outros, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça”. Merecem destaque aqui palavras de representantes de diversas instituições que foram dirigidas à nova gestão:

O 1º Vice-Presidente da IECLB e Pastor Sinodal do Sínodo Paranapenema, P. Odair Braun, saudou os professores Roger e Vítor com duas palavras bíblicas: “Não tenham medo deles. O Senhor, o Deus de vocês, é quem lutará por vocês” (Dt 3.22); e “Pois desejo misericórdia, não sacrifícios, e conhecimento de Deus em vez de holocaustos” (Os 6.6). Lembro do desafio que é a gestão de faculdades de teologia em tempos pós-modernos, em que se quer respostas rápidas. O P. Odair ressaltou a importância do diálogo e da cooperação entre IECLB e FLT: “A FLT é um centro de formação conveniado com a IECLB. A direção da FLT e a direção da IECLB precisam ter a disposição de falar e ouvir, de desafiar-se mutuamente diante dos desafios e das necessidades que o momento e os campos de atividade colocam às partes envolvidas. As vezes há entendimentos diversos e diferentes, mesmo divergentes. Porém, estes jamais podem virar um abismo intransponível. Da direção da IECLB há desejo de dialogar, razão pela qual neste dia aqui está a Secretária de Formação da IECLB Débora Conrad, o assessor teológico da presidência Pastor Dr. Emilio Vogt e o Primeiro Vice-Presidente da IECLB, Pastor Odair Braun. Que o conhecimento de Deus seja a força propulsora para a parceria, o diálogo e o caminhar conjunto a ser trilhado”. O P. Odair concluiu sua saudação desejando que paz e a sabedoria de Deus sejam a força e a luz nos novos caminhos diante dos quais a Direção da FLT lhes coloca.

O Sr. Geraldo Franz, Presidente da Mantenedora, dirigiu palavras bíblicas de ânimo, confiança e encorajamento aos novos Diretores, a partir de Josué 1,9 e Salmo 37,5 – “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e o mais Ele fará”. Animou-os a não terem medo diante dos desafios que certamente virão, mas a de fato “entregarem” a FLT com todas dificuldades e demandas nas mãos de Deus.

A Secretária de Formação da IECLB, Catequista Débora Conrad, igualmente dirigiu palavras de gratidão à gestão antiga, destacando principalmente parceria e caminhada de aprendizado mútuo e diálogo, bem como a eficiência do trabalho realizado por todo corpo docente e técnico da FLT e as boas relações construídas ao longo dos anos. Aos professores Roger e Vítor ela desejou ânimo, fazendo uso das palavras Romanos 15.13. A Cat. Débora enfatizou que “preparar pessoas para ‘Propagar o Evangelho de Jesus Cristo, estimulando sua vivência pessoal, na família e na comunidade e promovendo a paz, a justiça e o amor na sociedade brasileira e no mundo’, conforme a missão da IECLB é um ato de esperança. Neste sentido, contamos com a parceira da FLT na formação de ministros e ministras para atuação nos mais diversos contextos da Igreja. Confiamos que a mão bondosa de Deus nos conduz nesta caminhada”.

O P. Gottfried Holland, Inspetor da GBM – Gnadauer Brasilien-Mission (Alemanha), agradeceu pela dedicação em termos de tempo e forças dos professores Claus e Rolf à frente da FLT, e saudou aos novos diretores, Professores Roger e Vítor, lembrando-os da fidelidade de Deus e animando-os a darem continuidade à boa relação construída nas gestões anteriores entre a GBM e a FLT.

No momento de palavra livre, fez uso da mesma o P. Sinodal do Sínodo Norte Catarinense, Claudir Burmann, Sínodo em que a FLT está localizada, que ressaltou os bons contatos, o relacionamento e a parceria construídos na caminhada conjunta entre Sínodo e FLT, e o desejo de dar continuidade aos mesmos. Destacou a importância da transmissão da tradição da fé em tempos pós-modernos e o papel da formação teológica nesse processo: “Para nós o anúncio correto da Palavra, o alvo único em Cristo, a fé firme na graça de Deus, são fundamentais. Tenho plena certeza que a Faculdade Luterana de Teologia continuará a primar por isso, como tem feito. Isso tem sido reconhecido cada vez mais e em cada vez mais espaços. ... Em nível de comunidades e Igreja Luterana a FLT está em alta consideração”. Por fim, desejou aos novos Diretores em nome do Sínodo Norte Catarinense forças de Deus para a nova tarefa com as palavras de João 14,18: “Não vou deixá-los abandonados, mas voltarei para ficar com vocês”.

Também fez uso da palavra o Padre Dr. Edson Deretti, Reitor do Seminário Teológico Nossa Senhora de Guadalupe, de Florianópolis/SC, e Coordenador do Curso de Teologia do Centro Universitário Católica de Santa Catarina, em Joinville/SC. Ele agradeceu pelas relações fraternas e acadêmicas construídas entre a FLT e a Católica de Joinville nos últimos anos, principalmente através do evento CONIT – Congresso Interinstitucional de Teologia, expressando o desejo de que também na nova gestão da possa dar continuidade a esse projeto iniciado e desenvolvido nos últimos anos.

Por fim, o Prof. Dr. Roger Marcel Wanke, novo Diretor Geral, fez uso da palavra. Em seu discurso programático, ele agradeceu inicialmente a todas as instâncias presentes e que privilegiaram essa cerimônia de posse, e de maneira especial, à Diretoria e missionários da MEUC e representantes da Presidência da IECLB. Mencionou sua gratidão ao corpo docente, aos colaboradores, capelães, estudantes da FLT, bem como aos Ministros/as e aos Missionários/as e pessoas da comunidade presentes, reiterando que conta com todos para a gestão que ora inicia. Agradeceu à sua família pelo apoio, bem como aos antigos Diretores por todo o legado deixado, reiterando a continuidade que deseja dar ao trabalho que vem sendo realizado. O prof. Roger mencionou os fundamentos teológicos que nortearão sua atuação na Direção Geral da FLT: Com base no texto de Mt 9.35-38, afirmou que pretende enfatizar na formação, em sua gestão, o tripé do ministério de Jesus: o ensino, a pregação e a poimênica (Cuidado Pastoral). Ele entende que esse tripé encontrou sua expressão na Reforma, nas ênfases meditativo (meditação), oratio (oração) e tentatio (provação) dadas por Lutero em sua reforma da formação teológica acadêmica. Mencionou também Phillip Jacob Spener, um dos pais do Pietismo, que desejou em seu livro Pia Desideria que “faculdades de teologia sejam conhecidas como autênticos viveiros [sementeiras] de todos os estamentos para a Igreja e como laboratórios do Espírito Santo”. Para Wanke, “não é o espírito da época que determina o que a igreja é e o que ela faz. Mas sim o Espírito Santo de Deus, que nos convence do pecado, da justiça e do juízo e que nos guia a toda a verdade do Evangelho (Jo 16)”. Inspirada pelo legado da Reforma luterana e do Pietismo protestante, a nova gestão da FLT pretende cumprir sua missão dentro do tripé de instituições de ensino superior, a saber, no ensino, na pesquisa e na extensão. Quanto ao ensino, afirmou: “O curso de Bacharelado em Teologia da FLT é e deverá continuar sendo a ‘menina dos nossos olhos’. Queremos continuar oferecendo esse curso, que tem como foco a formação teológica na perspectiva do Reino de Deus, que se fundamenta no sola scriptura, que parte não de uma hermenêutica de suspeita do texto bíblico, mas sim de afirmação do texto bíblico, que faz de nós servos da Palavra e não senhores dela”. Para o P. Roger, o “MEC não nos impede de ensinar o Evangelho, ao ensinarmos a Teologia. Ele, inclusive, nos permite o espaço legítimo para isso. Ele nos permite oferecer um curso fundamentado nas nossas convicções de fé e teológicas, um curso robusto, que está atento às demandas e às realidades de um contexto pós-moderno”. Finalizou afirmando que ora a Deus por um avivamento em nossas comunidades e sinalizando a parceria da FLT para com as entidades que absorvem seus egressos: “A IECLB e a MEUC, bem como todas as suas obras diaconais podem, portanto, ter certeza de que nós como FLT levamos e levaremos a sério as demandas, as sugestões, as críticas, que vocês nos enviam para a reflexão e para a ação da formação teológica. Contem conosco para os propósitos missionários que surgem nas comunidades”.
  


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre.
Hebreus 13.8
REDE DE RECURSOS
+
A Palavra bem pode existir sem a Igreja, mas a Igreja não existe sem a Palavra.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br