Movimento Encontrão no Portal Luteranos



ID: 2463

Encontrão é tempo especial para ouvir a palavra em comunhão

11/02/2016

2
3
4
5
1 | 1
Ampliar

ALTO AJUDA, com base em

“Eu vim para tenham vida, e a tenham em abundância” (Jo 10.10)

De 5 a 7 de fevereiro aconteceu o Encontrão Regional na Comunidade Evangélica Trindade em Ivoti (RS), sob o tema “Auto Ajuda ou AJUDA DO ALTO”, promovido pelo Movimento Encontrão – Área da Grande Porto Alegre e comunidades locais da IECLB. O tempo foi especial para a o ouvir a palavra, para a comunhão entre os irmãos e o louvor a Deus.

A programação teve início na noite de sexta-feira com o culto de abertura, sob a responsabilidade do Grupo de Canto e Teatro da Paróquia Primavera de Novo Hamburgo (RS), que apresentou uma cantata alusiva ao tema. Participaram da abertura, por parte do Sínodo Nordeste Gaúcho: a pastora sinodal, Tânia Cristina Weimer, o secretário da Diretoria do Conselho Sinodal, Leandro Blauth, a vice-secretária da Diretoria do Conselho Sinodal, Iloiva Schmitt; pelo Sínodo Rio dos Sinos: o vice-presidente do Conselho Sinodal, Revaldo Becker, e o vice-tesoureiro do Conselho Sinodal, Rudi João Strassburger. Também estiveram presentes o vice-presidente da Comunidade Trindade, Sidnei Alex Hinkel, e o pastor Vanderlei Closs, ambos da Comunidade de Ivoti (RS).

A mensagem foi transmitida por Fausto Lemmertz, com base na passagem bíblica de 2 Crônicas 7:14: “Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.

Cerca de 900 pessoas de diversas cidades da região e de algumas de fora do Rio Grande do Sul participaram da programação dos três dias. Três palestrantes falaram para públicos diferenciados: adultos, jovens e adolescentes.

Os adolescentes curtiram a programação dirigida por Eduardo Wulff (Lampa), com muitas atividades divertidas. Paulo Eduardo Sell (Dudu) comandou o grupo dos jovens, que estudou e compartilhou o tema proposto.

Pastor Dietmar Wimmersberger abordou, junto aos adultos, de forma clara, sistemática e contextualizada com a palavra bíblica, a ANSIEDADE, a CULPA, a DEPRESSÃO e a DESESPERANÇA. Falou das causas, dos sintomas e apontou caminhos para amenizar a dor e encontrar a cura, sob a luz do Evangelho. “O que está acontecendo com a nossa sociedade, com as nossas famílias, com os nossos relacionamentos e com as pessoas? Sob quais perspectivas tratamos os dilemas do nosso coração?” A partir destes questionamentos, ele introduziu sua fala, acrescentando que “o primeiro grande erro que cometemos é cair no extremo de buscar uma resposta que rejeita a visão bíblica sobre as pessoas e sobre o mundo, concentrando-nos exclusivamente em aspectos emocionais e biológicos”.

Por outro lado, esclareceu que “o segundo grande erro que cometemos é cair no outro extremo de buscar soluções para o coração humano, rejeitando a experiência emocional e biológica das pessoas e o impacto que isso tem nos seus relacionamentos.” Pastor Dietmar esclareceu que “precisamos considerar essa interação complexa entre natureza física, emocional e espiritual. Uma não exclui a outra. A empatia, a atenção, o compartilhamento e a orientação devem levar as pessoas aos pés do Redentor”.

Na noite de sábado, a palavra do culto foi transmitida de forma criativa e dinâmica pelo pastor Clóvis Nähr, de Canela (RS), quando algumas pessoas, novas na caminhada de fé, aceitaram o chamado de Jesus Cristo. Para encerrar o Encontrão, o pastor Timóteo Seixas dos Santos, de Comunidade da Scharlau (RS), ministrou o culto de domingo à noite, animando a comunidade a assumir o compromisso de levar o aprendizado na bagagem e o colocar em prática no dia-a-dia.

As crianças também tiveram seu espaço para aprender, louvar e se divertir no Encontrinho, com diversas comunidades envolvidas na organização e direção das atividades. O grupo de louvor da Comunidade Primavera, de Novo Hamburgo, foi o responsável pelos momentos de louvor e adoração e o grupo da Comunidade Trindade, de Ivoti, fez o louvorzão na noite de sábado.

Além do aprendizado, dos momentos de reflexão e reverência a Deus, aqueles que aceitaram o convite e participaram do Encontrão puderam rever velhos amigos e conhecer novas pessoas. Apesar do calor, o chimarrão à sombra das árvores, nos tempos livres, favoreceu o fortalecimento das amizades e o surgimento de novos e saudáveis relacionamentos.

Gislaine Darde Krüger

A oração precisa ter o coração todo para si, por inteiro e exclusivamente, para que seja uma boa oração.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br