Comunidade em Belo Horizonte

Sínodo Sudeste



Rua Dona Salvadora , 37 - Serra
CEP 30220-230 - Belo Horizonte /MG - Brasil
Telefone(s): (31) 3281-1988
belohorizonte@luteranos.com.br
ID: 363

Quanto mais profunda a tristeza, mais próximo está Deus.

01/12/2019

 

Leituras bíblicas: Isaias 2.1-5 - Romanos 13.11-14

Texto para pregação: Mateus 24.36-44

Prezada Comunidade e estimados(as) Rádio ouvintes da Rádioweb Luteranosuai:

Hoje é o 1º Domingo de Advento. Com esse domingo começa o novo ano da igreja, um novo ano litúrgico. Advento deriva do latim adventos e significa presença ou vinda. Esse termo se refere a Cristo. E o texto bíblico previsto para a pregação deste domingo é Mateus 24.36-44. Nesse texto, o termo adventus (ou parusia em grego) ocorre duas vezes (v. 37 e 39) e refere-se ao Filho do Homem, por quem os discípulos e a comunidade de fé esperavam ansiosamente.

Cada vez que iniciamos uma nova etapa, um novo ano de vida, vamos nos dando conta também da transitoriedade da nossa vida. Alguns dos nossos sonhos e algumas das nossas utopias mais desejadas foram se desfazendo no passado como bolhas de sabão. A vida não anda para trás, mas a verdade é que muitas coisas na nossa vida vão ficando para trás. Portanto, nesse tempo de Advento – de Natal – ao lado da alegria, muitas pessoas também têm um sentimento de mal-estar por suas vidas. Podemos chamar isso de “vazio interior”, depressão, insatisfação, incapacidade de encontrar algo que os anime a pensar num futuro com esperança.

Por isso, algumas pessoas dizem que para ser feliz, é melhor não pensar nessas coisas. É melhor procurar viver um dia de cada vez. Aproveitar cada minuto da vida em benefício próprio. Se pensamos nos problemas familiares, no que vimos e ouvimos nas notícias, no que dizem os governantes sem educação, nas fake News e acusações por conveniência, no desemprego, na violência, na insegurança, se pensamos em tudo isso não teremos espaço para a alegria. Por isso, o melhor mesmo é cada um por si e que Deus cuide do resto.

O problema de pensar assim é que Jesus nos alerta para o engano de absolutizar os nossos sonhos e nossos desejos. Jesus nos ensinou que é uma ofensa a Deus quando pensamos que para realizar os nossos desejos não deve haver limites. Quando pensamos que não importa se o nosso sonho tem como efeito colateral o pesadelo dos outros, se as nossas alegrias se alimentam das lágrimas dos outros, se as nossas vitórias são construídas sobre o fracasso dos outros, se a nossa abundância produz a carência nos outros. Essas coisas ofendem e entristecem a Deus. O problema de uma postura assim, diz Jesus é que um dia todos e todas nós vamos ter que prestar contas a Deus. Porque Deus nos deu a vida com uma missão. E por mais abundantes que sejam nossos bens e nossa segurança, chegará o dia em que vamos precisar partir. E então, o que temos guardado – para que servirá?

O Evangelho de hoje compara a vinda do Filho do Homem ao tempo de Noé. (v. 37-39). Naquele tempo as pessoas se achavam seguros na vida. No entanto, essas pessoas não “viram” nem perceberam o que estava acontecendo ao seu redor. Não entenderam os sinais. E de repente veio o dilúvio e levou a todos e todas.

Os versículos 40-41 mostram duas situações de trabalho. Uma, do universo masculino; e outra, do universo feminino. Percebe-se que entre os ouvintes desse texto há mulheres e homens. Dois homens fazem o mesmo trabalho. Duas mulheres fazem o mesmo trabalho. Mas apenas um e uma serão levados.
E os versículos 42-43 iniciam e terminam com o alerta: “Fiquem vigiando (atentos, de olhos abertos). Isso porque ninguém sabe a hora. O Senhor vem de surpresa, quando não se espera.

Em nenhum lugar da Bíblia está escrito que a vinda de Cristo será num determinado dia ou determinada hora. Ela pode acontecer no dia-a-dia, quando estivermos compenetrados na dura lida da vida diária. Vai ser surpresa. O que importa é como estaremos nós naquele dia: afastados de Deus e do próximo, dominados pelos nossos pecados ou vigilantes, ativos na solidariedade e confiantes em Deus?

O tempo de Advento nos traz uma boa notícia: Não somos apenas nós que estamos procurando por Deus. Deus também está nos procurando. Por isso, Deus abriu as portas do céu e desceu para a terra. E o nome de Deus aqui na terra é JESUS CRISTO.

Essa é a grande mensagem do Advento. Deus está chegando. Ele vem a procura de cada um(a) de nós. Certa vez Jesus disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim“. Eu sou o caminho“ - isso significa: Eu sou o caminho de Deus até vocês!“. Os primeiros cristãos foram chamados os do caminho“ (At 9.2). Eles fizeram a descoberta: Jesus é mais do que um grande homem, mais do que um exemplo de fé, mais do que um mestre do amor ao próximo. Jesus é o próprio Deus a caminho, a procura do ser humano.

Portanto, o texto do Evangelho de hoje quer falar com cada um e cada uma de nós. Como filhos e filhas de Deus nós temos uma missão nessa vida. E a missão de cada um(a) de nós está definida pelos nossos dons. E além disso, nunca devemos esquecer a Deus. Diante das dificuldades da vida, não devemos desanimar e jogar tudo para o alto e pensar apenas em nós mesmos. Como filhos e filhas de Deus devemos enfrentar a maldade com o testemunho de nossa fé. Os discípulos(as) de Jesus experimentarão a mesma oposição que Ele, seja do poder religioso, seja do poder político. O tempo das dificuldades não deve ser um momento de fuga ou de esconder-se na satisfação apenas dos próprios desejos. Os tempos de dificuldade devem ser tempos de resistência e de testemunho da razão da nossa fé. É nos momentos difíceis que a nossa fé precisa aparecer. Pois é sempre assim: Quando se procura mudar este mundo para um mundo mais humano e mais fraterno, é lógico esperar perseguição por parte de pessoas e até das autoridades que se opõem à mudança... e muitas vezes vamos experimentar algo ainda mais difícil: a incompreensão e a oposição das pessoas mais próximas. Às vezes, nossa própria família não compreenderá o caminho que tomamos. No entanto, a incompreensão, as dificuldades não devem nos desanimar.

Não é de Deus que vem cada pulsar, cada sopro, cada movimento e não é assim que todas as ações só poderão ser bem feitas através dele? E ainda que em nossas ações muitas vezes tenhamos que gemer ..... é bom que tudo se transforme em oração para que ele envie força e ajuda. Pois o Espírito de Deus poderá transformar nossos medos em coragem, nossa insegurança em certeza, nossas dúvidas em fé.

Portanto, diante das dificuldades da vida, a mensagem de Jesus nos diz que ao invés do desespero e da decisão de importar-se apenas consigo mesmo, devemos nos colocar alertas e vigilantes. “Quanto mais escura a noite, mais brilhantes são as estrelas. Quanto mais profunda a tristeza, mais próximo está Deus” dizia um dos maiores romancistas e psicólogos da história chamado Fyodor Dostoyevsky.

“Fiquem vigiando, fiquem de olhos abertos” diz Jesus. Não há o que temer. A mensagem principal do Advento é que Jesus está chegando perto de nós. E quando Jesus está por perto, ele é capaz de levantar as pessoas desanimadas, consolar quem está aflito, animar quem está desiludido, fortalecer quem está fraco e doente, congregar quem está solitário.

A mensagem do Advento é que Deus abriu o céu e desceu para a terra. Ele veio à procura de nós. Jesus está nos procurando. Ele já está por perto. Como ele vai nos encontrar: afastados de Deus e do próximo, dominados pelos nossos pecados ou ativos na solidariedade, vigilantes e confiantes em Deus?

Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam no meio de nós. Amém.

 

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem Ele chamou de acordo com o seu plano.
Romanos 8.28
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
A intenção real de Deus é, portanto, que não permitamos venha qualquer pessoa sofrer dano e que, ao contrário, demonstremos todo o bem e o amor.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br