Dia Mundial de Oração pela Diaconia - 26 de maio de 2022

25/05/2022

 

Dia Mundial de Oração pela Diaconia


O dia 26 de cada mês é o dia mundial de oração pela Diaconia, data oficializada pela Diakonia Mundial, organização da qual a Diaconia da IECLB é membro.

26 de maio de 2022

L.: Seja bem-vinda e bem-vindo a este Dia Mundial de Oração pela diaconia. Como tema desta liturgia temos o Trabalho. Em 1º de maio comemora-se o dia Internacional do Trabalho. O direito ao trabalho é algo fundamental para o bem-estar humano. Entretanto, não é em todo lugar que ele é algo digno para quem trabalha ou oferece condições justas para o desempenho da função. Contudo, a diaconia de Jesus nos convida a denunciar onde isso ocorre, anunciando que ele é a esperança de um mundo diferente, onde a paz e a justiça andem lado a lado!

Hino: LCI 522 – Jesus Cristo – Esperança do Mundo

Oração: Deus de bondade, justiça e paz!

Dá-nos do teu Santo Espírito, para que compreendamos a Tua Palavra e que ela entre pelos nossos ouvidos, atinja o nosso entendimento, toque nossos corações e que através das nossas mãos, ela se torne viva no amor e na diaconia. Por Jesus Cristo que oramos, amém.

Disse Jesus: Eu vim para que tenham vida e vida em abundância! (Jo. 10.10)

Para falarmos de vida em abundância, precisamos falar sobre o tema do trabalho e do dia do trabalho, feriado celebrado no mundo há poucos dias. Em 1º de maio de 1886, em Chicago (EUA), ocorreu uma greve geral nas fábricas da cidade, devido às condições desumanas de trabalho em jornadas exaustivas de mais de 12 horas. A greve continuou nos dias seguintes, seguida de manifestações públicas e comícios. Em 4 de maio, muitos manifestantes se reuniram na Haymarket Square, em Chicago quando uma bomba explodiu, ferindo dezenas e matando sete. Entre as vítimas mortais estavam policiais e manifestantes.

Alguns manifestantes foram acusados sem provas de participar do atentado, julgados e condenados à morte. Este grande evento tornou-se um símbolo de manifestações nos anos que se seguiram, não só nos Estados Unidos, mas em muitos outros países. 1º de maio foi a data do início do evento (através da greve geral). Assim, o dia é comemorado pelas reivindicações de trabalhadores e trabalhadoras e pelas mortes na Praça Haymarket, adotado no Brasil em 1890.

Desta forma, sabemos que o trabalho é um direito e que há até mesmo um feriado que o reivindica. Entrementes, conceder um feriado não soluciona os problemas de trabalhadores e trabalhadoras. Sabemos que o trabalho proporciona bem-estar e condições dignas de sobrevivência. Porém, precisamos refletir e mudar quando ele se torna algo insalubre ou quase escravo. O artigo 23 da Declaração Universal dos Direitos Humanos diz: Todos os seres humanos têm direito ao trabalho, à livre escolha de emprego, a condições justas e favoráveis de trabalho e à proteção contra o desemprego. Todos os seres humanos, sem qualquer distinção, têm direito a igual remuneração por igual trabalho.

Contudo, esta não é a verdade no Brasil, nem no mundo. Listamos aqui problemas que impedem pessoas de terem acesso a este direito que promove vida em abundância:

- Altas taxas de desemprego;

- Más condições de trabalho;

- Salários indignos para uma jornada de trabalho de muitas horas;

- Condições quase escravas de trabalho (Sim, isso existe);

- Salários menores para mulheres e pessoas negras na mesma função que homens e pessoas brancas recebem mais;

- Educação pública precária, o que impede o acesso do povo às melhores ofertas de emprego.

A diaconia de Jesus Cristo nos convida a clamarmos por mudanças e a fazê-las sempre que possível.

Desta forma, por tudo isso e mais, nós clamamos Kyrie Eleison:

Hino: LCI 56 - Pelas dores deste mundo

L.: Nas palavras do Salmo 57.1-11, oremos, clamando e agradecendo a Deus por seu socorro sempre presente:

Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia de mim, porque a minha alma confia em ti; e à sombra das tuas asas me abrigo, até que passem as calamidades. Clamarei ao Deus altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa. Ele enviará desde os céus, e me salvará do desprezo daquele que procurava devorar-me. Deus enviará a sua misericórdia e a sua verdade. A minha alma está entre leões, e eu estou entre aqueles que estão abrasados, filhos dos homens, cujos dentes são lanças e flechas, e a sua língua espada afiada. Sê exaltado, ó Deus, sobre os céus; seja a tua glória sobre toda a terra. Armaram uma rede aos meus passos; a minha alma está abatida. Cavaram uma cova diante de mim, porém eles mesmos caíram no meio dela. Preparado está o meu coração, ó Deus, preparado está o meu coração; cantarei, e darei louvores. Desperta, glória minha; despertai, saltério e harpa; eu mesmo despertarei ao romper da alva. Louvar-te-ei, Senhor, entre os povos; eu te cantarei entre as nações. Pois a tua misericórdia é grande até aos céus, e a tua verdade até às nuvens. Sê exaltado, ó Deus, sobre os céus; e seja a tua glória sobre toda a terra.

Reconhecendo que há pessoas comprometidas com as mudanças necessárias e que em Jesus Cristo encontramos o caminho para a vida em abundância a todas as pessoas, glorificamos ao Deus da vida.

Hino: LCI 70 – Glória

Bênção:

L.: Após esta reflexão, que possamos sair daqui fortalecidos e fortalecidas, na busca por mudanças onde há injustiças, na busca pela paz onde houver discórdia e na busca do amor onde o ódio reinar. Por isso:

Que Deus te dê para cada tempestade, um arco-íris. Para cada lágrima, um sorriso. Para cada necessidade, um cuidado, e uma benção para cada provação. Que para cada problema, te traga alguém fiel com quem dividi-lo. Para cada olhar, uma doce canção e uma resposta para cada oração. Assim te abençoe o trino Deus diaconal! Amém.


Oração elaborada pelo Diác. Dionata Rodrigues de Oliveira
Uma ação do Conselho Nacional de Diaconia da IECLB


Autor(a): Dionata Rodrigues de Oliveira
Âmbito: IECLB
Área: Missão / Nível: Missão - Diaconia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Área: Espiritualidade
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Auxílio litúrgico
ID: 67108
REDE DE RECURSOS
+
Mal tenho começado a crer. Em coisas de fé, vou ter que ser aprendiz até morrer.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br