Paróquia Martin Luther de Erval Seco

Sínodo Uruguai


Rua Harry Luersen , 21
CEP 98390-000 - Erval Seco /RS - Brasil
Telefone(s): (55) 3748-1368
pmluther.secretaria@gmail.com
ID: 415

19º Domingo após Pentecostes - Erval Seco/RS

Paróquia Martin Luther de Erval Seco

11/10/2020

Abertura do Culto-11out20
Leitura Bíblica: Jessica Tauani Wasem Quevedo
Altar
Altar
Escritura Sagrada
Altar
Altar
1 | 1
Ampliar

LITURGIA DE ABERTURA

SINO

Prelúdio: Aqui você tem lugar (Jonatas Luersen e seu pai Nelson))

Acolhida: Aqui estamos para mais um encontro de louvor, de oração, para ouvirmos a Palavra de Deus e nela encontrar conforto e esperança. Saúdo a Comunidade com as palavras das Senhas Diárias: “Naquele dia, todas as pessoas dirão: Ele é o nosso Deus. Nós pusemos a nossa esperança nele, e ele nos salvou” Isaías 25.9

Saudação Trinitária: Celebramos este culto em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Confissão de Pecados:

Oremos: Querido Deus de amor e misericórdia nós te agradecemos que mais uma vez podemos estar em tua presença. Agradecemos pela vida, pela palavra que cria fé, que transforma. Querido Deus, nós também te pedimos que nos ajudes a olhar para dentro de nós e para o nosso mundo. Inúmeros sinais de morte andam soltos e contagiam a nossa vida pessoal, familiar e comunitária. Perdoa, Deus, se ignoramos a nova vida que nos queres dar. Perdoa, Deus, quando deixamos de lado a proposta de vida que nos dás e que quer estar presente também na nossa maneira de ser. Perdoa, Deus, se não conseguimos andar segundo os teus desígnios. Perdoa, Deus, se somos tão infiéis ao teu Evangelho, e tão pouco misericordiosos com as outras pessoas. Perdoa, Deus, quando deixamos de servir o nosso semelhante que chama por nós. Perdoa-nos e renova-nos, por Cristo Jesus, amém.
Anúncio da Graça: Ouçamos o que está escrito na primeira Carta de João, capítulo 1, os versículos 8 e 9: “Se dizemos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós. Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda a maldade”. Assim, com alegria e devoção, podemos louvar ao nosso Deus cantando:

Hino: Glorificado (Davi Maurer e seu pai Adolfo)

Oração do Dia:

Querido Deus muitos são os sinais de morte que pairam em nossa vida pessoal, familiar e comunitária, assim estamos aqui diante de tua presença com nossas fraquezas, nosso desânimo, nossas incertezas. Pedimos, então, que a tua Palavra nos fortaleça e nos dê coragem. Ilumina-nos para que possamos enxergar com clareza e assumir com perseverança a missão que nos é proposta por Jesus Cristo. Aquieta agora nossos corações e mentes para ouvir a tua Palavra, e que ela nos motive em nossa vivência diária. Por Jesus Cristo, amém.

Hino: É como a chuva que lava (Luana e seu pai Elias)

LITURGIA DA PALAVRA

Leituras Bíblicas: Queremos ouvir agora a Palavra de Deus, acolher em nossos corações a mensagem que Deus dirige a nós. Que o Senhor faça que a

Palavra lida seja para nós, lâmpada para os pés e luz para os caminhos.

Leitura do Evangelho:

Ouçamos o que está escrito no Evangelho de Mateus 22.1-14.

Leitura: (...) Palavra do Senhor.

Bem-aventuradas são todas as pessoas que ouvem a Palavra de Deus, a guardam em seu coração e a colocam em prática em seu dia-a-dia. Aleluia!

Canto: Aleluia (Samoel Fenner)

Prédica:

Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos e todas nós. Amém.

Estimados irmãos e irmãs na fé em Cristo!

Quais convites você têm recebido? E o que você tem feito em relação a esses convites? Em Mateus 22.1-14, Jesus conta uma parábola que fala de um convite de casamento.

Neste texto, Jesus coloca diante de nós a verdadeira finalidade do Evangelho: Deus mesmo, na figura do rei, quer presentear-nos com a alegria da festa. A festa é o privilégio de participar do seu Reino.

O convite é muito claro: você e eu estamos sendo convidados e convidadas a ocupar o nosso lugar. Até aqui tudo bem! A iniciativa da festa pertence a Deus. O privilégio de eu e você sermos convidados / convidadas faz parte da misericordiosa bondade de Deus.

Porém, agora, o texto nos causa surpresa: os convidados especiais, ao invés de se alegrarem com o convite, reagem com indiferença. Cada qual segue a sua rotina. Pior ainda, alguns convidados agarram, maltratam e assassinam os servos que foram convidá-los. Cujo “crime”, era serem portadores de um gentil convite. E vemos no texto que o o rei trata àqueles malvados com a mesma medida.

A primeira conclusão que podemos tirar do texto é que lugar desperdiçado é lugar perdido.

Entretanto é preciso destacar, a maldade de alguns não anula o propósito de Deus. O rei da parábola convoca outros servos e envia-os rumo aos becos e encruzilhadas em busca de convidados dignos. Sim, o que vemos aqui é que bons e maus têm a oportunidade de sentar-se à mesa do banquete da graça divina.

Deus não rejeita ninguém: sua compaixão é estendida para cada pessoa. No entanto, quem não confere dignidade à presença de Deus em sua vida, é indigno dessa presença. É o caso do convidado ao banquete que não traz as vestes nupciais. Ele se apresenta à festa das bodas sem as vestes nupciais. Isso é semelhante à noiva comparecer ao casamento sem estar vestida como havia combinado com o noivo.

A segunda conclusão que podemos tirar desse texto é que não basta se deixar levar, é preciso assumir o seu lugar.

Assim como o rei da parábola decidiu realizar uma festa e convidou o povo, Deus está nos convidando para participar da festa que é o seu Reino. Por isso toma o seu lugar! Não permita ser levado simplesmente, assuma o seu lugar no Reino de Deus que é a maior festa.

Para nossa reflexão, gostaria que também ficássemos com a seguinte pergunta que é de fazer pensar e sempre de novo nos intriga: Porque, a seu ver, tantas pessoas rejeitam este convite maravilhoso de Deus?

Deus se alegra muito em ver todas as mesas cheias de pessoas convidadas, felizes e satisfeitas com a festa. Sintamo-nos, pois, convidados e convidadas, e nos alegremos. Vamos sair, pois, por todos os lugares e dizer a quem encontrarmos que para eles e elas também tem lugar. Amém.

Hino: Teu Lugar – CD Maria Madalena

Oração Geral da Igreja:

Querido Deus de amor e misericórdia! Graças te damos por este tempo em tua presença. Estejas com cada pessoa que acompanha esta celebração. Que as tuas bênçãos estejam, com cada família, com cada lar. Nós te louvamos e glorificamos, pois tu tens palavras acertadas para a nossa vida. Novamente recebemos a tua mensagem que nos desafia e nos ajuda a sentir os sinais de vida que vem de ti... Vem estar conosco no cotidiano da vida. Acolhe as pessoas entristecidas, abraça as enlutadas, traga a tua alegria para todas as pessoas e de forma especial a àquelas que estão tão distantes de ti, pois muitas já não vêm sentido na vida. Sê com as pessoas abandonadas de nossa sociedade. Ajuda-nos a levarmos com alegria o teu evangelho de amor a todas as pessoas. Que através de nosso testemunho cada pessoa se sinta bem-vinda em tua casa e deseje saber mais a respeito de teu Reino. Fortalece a nossa fé e nos capacite para a tua missão. Por Jesus Cristo, amém.

Hino: Pai Nosso Jonatas e seu pai Nelson)

LITURGIA DE DESPEDIDA

Bênção Final:

Recebam a bênção de Deus:

Que Deus, em Cristo e pelo Espírito Santo, te guarde.
Que Deus esteja sempre ao teu lado
com seu amor e com sua orientação.
Que Deus te guarde de todo perigo;
e te proteja de dia e de noite.
Que Deus te guarde quando você for e quando voltar,
agora e sempre. Amém.

Envio:

Que a paz de Deus nos acompanhe e aceitemos o seu convite e possamos servi-lo com alegria e esperança.

Hino: Solidariedade (Abençoa, Senhor)

SINO


Autor(a): P. João Willig e Pa. Sonja H. Jauregui
Âmbito: IECLB / Sinodo: Uruguai / Paróquia: Erval Seco (RS)
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Área: Missão / Nível: Missão - Coronavírus
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Celebração
ID: 59662
MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Felizes aqueles que ajudam os pobres, pois o Senhor Deus os ajudará quando estiverem em dificuldade!
Salmo 41.1
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Ninguém pode louvar a Deus a não ser que o ame.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br