Instituto Luterano Campos Verdejantes



Rua Walter Weege , s/n
CEP 89294-000 - Campo Alegre /SC
Telefone(s): (47) 3632-1756
contato@camposverdejantes.org
ID: 3199

Quaresma

18/03/2020

Esta é a época litúrgica que estamos vivendo. Ouvimos muito na mídia sobre quarentena, pessoas recolhidas em suas casas, mas Quaresma está quase ofuscada em nossos pensamentos, conversas e ações. Porém, a estamos vivenciando com muita intensidade! No livro “Celebrar Páscoa em família e comunidade”, da Editora Sinodal,2008 na pag.17. Traz uma coluna que elenca a Quaresma e a Páscoa. Sempre usei este material, mas nunca ele me foi tão real como agora. Os contrapontos entre os vestígios de morte e vida; medo e esperança...

Neste tempo de Quaresma estamos experimentando uma das maiores adversidades já conhecidas na história da humanidade. As mídias não param de nos atualizar sobre o COVID19, o coronavirus. Todo o sofrimento que este já causou mundo afora e continua causando. Só que agora nós somos atingidos, de uma ou outra maneira. As medidas de contenção e prevenção adotadas em todos os níveis e esferas impactam sobre nossa vida rotineira. Precisamos urgentemente nos lembrar da nossa fragilidade humana e algo simples como lavar as mãos se tornou relevante para o cuidado e preservação da vida.

Em meio a toda essa adversidade, podemos nos perguntar como os israelitas o fizeram a Moisés, como nos contam os relatos do livro de Êxodo capitulo 17 : “O Senhor está em nosso meio ou não?” Em meio as adversidades eles se queixavam, murmuravam, não sabiam se o Senhor continuava com eles pelo deserto, ou se estavam sozinhos e desamparados. Também nós podemos nos sentir assim, com medo, inseguros, revoltados e nos perguntando onde está Deus. A adversidade não é o desejo máximo de Deus para sua criação, mas devemos ter clareza que Ele usa a mesma para nos ensinar sobre seu senhorio. Pela fé, podemos estar confiantes que Deus está no controle, por pior que as adversidades e as circunstancias atuais se apresentem. Ter a plena convicção que através das adversidades Ele quer nos conduzir, ( promessas em Isaias 43:2) . Usando-as para produzir algo de bom em nossas vidas, como o apostolo Paulo escreve aos Romanos 5:3-5; como também sobre a perseverança (Tiago 1:2-4).

Que possamos transformar este tempo de recolhimento, de estar em casa para vivenciar a essência da Quaresma. Tempo de preparo para viver o renovo, a transformação. Ter tempo para orar, refletir e meditar, individualmente e em família, colocar a conversa em dia, dar e pedir perdão. Valorizar as coisas simples da vida, sem a corrida desenfreada ao consumo em shoppings.

Que Deus em sua infinita graça esteja com cada um de nós, para vivenciarmos a diaconia que Jesus nos ensinou

Diác. Me. Vilma Lina Reinar
é Diácona Emérita
Secretária de Diretoria do Instituto Luterano Campos Verdejantes
Paróquia Rio Bonito
Instituição Bethesda
reside em Joinville - Santa Catarina
Sínodo Norte Catarinense


Autor(a): Diac. Me. Vilma Linda Reinar
Âmbito: IECLB / Organismo: Instituto Luterano Campos Verdejantes
Testamento: Antigo / Livro: Êxodo / Capitulo: 17
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 55481
Portanto, a fé é assim: se não vier acompanhada de ações, é coisa morta.
Tiago 2.17
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br