Sínodo Sudeste



Rua Barão de Itapetininga , 255 Cj 510 - Centro
CEP 01042-001 - São Paulo /SP - Brasil
Telefone(s): (11) 3257-8418 | (11) 3257-8162
sinodosudeste@luteranos.com.br
ID: 18

O Ministério da Reconciliação: tarefa da Igreja - Lema da semana: 2 Coríntios 5.19 - P. Marcos Jair Ebeling - 11 de junho de 2023

Palavra Pastoral - Boletim Sinodal

10/06/2023

 

“Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos seres humanos as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação.” (2 Coríntios 5.19)

O ser humano está afastado de Deus. A condição de pessoa pecadora o afasta e separa de Deus. Como poderá a reconciliação acontecer?

Ela só pode acontecer pela ação de Deus. O ser humano é dependente da ação reconciliadora de Deus e Ele a torna concreta em Jesus Cristo: na cruz de Cristo Deus toma sobre si o pecado das pessoas. Não dá a elas o castigo que “merecem”, mas a Sua graça. Ao mal que comete o ser humano, Deus responde com graça. É um conceito teológico que algumas pessoas têm dificuldade de entender. Por isso apresento 03 exemplos para facilitar a compreensão:

a) os reformadores do século XVI chamaram esta ação de Deus de Troca Jubilosa: Deus, o justo, toma sobre si os pecados das pessoas injustas e dá a elas a Sua graça redentora;
b) outras explicam a ação de Deus com a ideia do abismo: o ser humano está de um lado do abismo, Deus do outro. O ser humano não consegue atravessar sozinho o abismo. Então Deus, pela cruz de Jesus Cristo, como numa ponte, une os dois lados e permite a reconciliação acontecer;

c) Paulo (Romanos 5.10) também o explica com a linguagem do dia a dia: por causa do pecado as pessoas eram ‘inimigas’ de Deus. Depois da morte e ressurreição de Cristo foram tornadas ‘amigas’ de Deus.

Mas lembre-se: é sempre uma ação reconciliadora de Deus que as pessoas recebem pela fé. Nenhuma pessoa consegue morrer e ressuscitar para salvar a si ou outra pessoa. E mais: para aumentar ainda mais o consolo às pessoas, esta ação de Deus determina o Seu olhar em nosso favor. É como se a cruz fosse o ‘óculos’ através do qual Deus olha para as pessoas. Ao olhar para as pessoas através do ‘óculos’ da cruz Deus vê pessoas redimidas, não perdidas no pecado.

Quanta bondade de Deus em nosso favor. Depois de sermos tão grandemente abençoados, como podemos responder ao amor de Deus? Diz nosso versículo que Deus “nos confiou a palavra da reconciliação.” Esta missão é chamada de Ministério da Reconciliação. Fala de estender os benefícios da obra redentora de Cristo para todas as pessoas (João 20.21; Mateus 28.18-20). O que de Deus recebi, o darei para todas as pessoas.

Conseguimos viver esta fé? Deus conceda a você esta graça. E lembre-se: o pecado separa, a fé em Cristo reconcilia e une. Amém.


Pastor sinodal Marcos Jair Ebeling

 

Leia mais clicando aqui: https://preview.mailerlite.io/preview/426967/emails/89802378145957791


Autor(a): P. Marcos Jair Ebeling
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste
Natureza do Texto: Vários
Perfil do Texto: Boletim
ID: 70549

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Porque nem eu nem tu jamais poderíamos saber algo a respeito de Cristo ou crer nele e conseguir que seja nosso Senhor, se o espírito não o oferecesse e presenteasse ao coração pela pregação do Evangelho.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Quem quiser ser importante, que sirva aos outros.
Mateus 20.26
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br