Copa do Mundo – entre alegria e apreensão

12/06/2014

Copa do Mundo – entre alegria e apreensão

A Copa do Mundo chegou! Sim, agora é para valer! Com a Copa do Mundo, o futebol estará presente nas próximas semanas em todos os espaços relacionais – famílias, vizinhança, ruas, trabalho, escola, clubes, shoppings, bares, restaurantes, comunidades, etc.

E não é para menos. O futebol, um esporte bastante popular, tem lugar garantido na vida das pessoas como lazer e entretenimento, com ou sem Copa. Com a Copa, milhões de pessoas pelo mundo todo estarão de olho no Brasil. Milhares de pessoas transitarão pelo país. Brasileiros e estrangeiros assistirão jogos, visitarão cidades e seus pontos turísticos e estabelecerão relações e vínculos.

A Igreja Evangélica de Confissão Luterana está no Brasil. Portanto, está envolta pelo clima da Copa. Comunidades abrem seus espaços celebrativos. Elas se encontrarão para a proclamação da Palavra de Deus e para a oração. Nas cidades-sede da Copa do Mundo haverá comunidades que estarão acessíveis para visitantes que queiram tomar parte nos cultos ou procurar algum tipo de orientação e aconselhamento pastoral. Ministros e Ministras estarão à disposição para prestar apoio. Haverá membros sensíveis para reportar situações de exploração e violência. Como instituição, também estamos na parceria de entidades da ecumene que, neste tempo de Copa, dão destaque a projetos de defesa dos Direitos Humanos. Como um exemplo, citamos o projeto Cartão Vermelho para a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, coordenado por Diaconia Recife.

A Copa do Mundo despertou sentimentos ambíguos e contraditórios na população brasileira. Por um lado, refletiu e reflete paixões. Por outro lado, trouxe e traz à tona animosidades e frustrações sociais e políticas. Em meio a essa ambiguidade, estamos colocados como cristãos evangélicos luteranos. A Copa torna-se um momento oportuno e legítimo para refletir sobre essa ambiguidade.

No ano da Copa, a IECLB tem como Tema do Ano a expressão viDas em comunhão, sob o Lema bíblico Procurai a paz da cidade para onde vos desterrei e orai por ela ao Senhor, porque na sua paz vós tereis paz (Jeremias 29.7).

No seu tempo, no seu contexto, em meio às ambiguidades daquela época, Jeremias, o profeta de Deus, aponta a paz, a busca da paz e a oração pela paz como caminho para uma vida em sociedade com dignidade, com direitos respeitados, com alegria de viver, com perspectiva real para viDas em comunhão. Se, no contexto da Copa, resumirmos a busca da paz com o termo alegria, alegria verdadeira, trata-se de uma alegria dada, que pode ser experimentada e vivida no presente. É a alegria a ser cuidada em um processo de consolidação de direitos e atendimento a necessidades básicas das pessoas.

O espírito evangélico procura lidar com realismo e sobriedade com o sentimento de ambiguidade que se manifesta neste tempo de Copa. Ao mesmo tempo em que festeja, também foca na solidariedade e na prática da justiça promotora da paz e superadora da violência e do racismo.

Torçamos e façamos festa! Que o Deus de jogadas bem feitas e de dribles surpreendentes nos abençoe. Que este gramado seja espaço de construção da paz e de afirmação da dignidade humana. Que nós, amparados no amor de Deus, sejamos instrumentos de alegria e de paz. Hoje, durante a Copa e para além da Copa. E que assim seja. Amém.

Nestor Paulo Friedrich
Pastor Presidente


Veja todas as informações relacionadas a Copa do Mundo - World Cup - Weltmeisterschaft - Copa Mundial

REDE DE RECURSOS
+
A lei inteira se resume em um mandamento só: ame os outros como você ama a você mesmo.
Gálatas 5.14
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br