Cristo entregou-se à morte

LCI 406

20/03/1524

 

1. Cristo entregou-se à morte, livrou-nos do pecado;
a vida foi mais forte: Senhor, ó sê louvado
Nós queremos exultar e eternamente exaltar.
Cantamos aleluia, aleluia!

2. Ninguém a morte dominou, com seu poder ingente;
eis que o pecado o mal causou; não houve um inocente.
Pois a morte triunfou, nos seus grilhões nos apresou;
as trevas dominaram. Aleluia.

3. Cristo Jesus, Filho de Deus, do céu foi enviado;
venceu a morte e os males seus, venceu todo o pecado.
Perdeu a morte o seu poder, Jesus a conseguiu vencer;
seu aguilhão tirou-lhe. Aleluia.

4. Houve uma guerra estranha: Prevaleceu a morte.
Mas não valeu-lhe a sanha: A vida foi mais forte.
Quando Gólgota expirou, Jesus a morte aniquilou.
O inferno foi vencido. Aleluia.

5. Sim, Deus mandou o Filho seu, que é o real Cordeiro;
por ter-nos grande amor, sofreu, morrendo no madeiro.
O sinal de sangue está em nossa porta e impedirá
que à morte sucumbamos. Aleluia.

6. Nós festejamos com louvor a Páscoa em alegria,
pois ressurgiu o Salvador, raiou um novo dia.
Cristo, a graça divinal, nos fulge em brilho celestial.
Ele é a nossa vida. Aleluia.


Autor da letra: Martim Lutero

Comentário e reflexão: Leonhard Creutzberg


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Hino: 57. Cristo entregou-se à morte
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Hino
ID: 14415
MÍDIATECA
REDE DE RECURSOS
+
Assim diz o Senhor: Buscai-me e vivei.
Amós 5.4
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br