Padre Zezinho (*1941)

Obra e Biografia

29/06/2012

Padre Zezinho (*1941) – HPD nº 405, 491

É difícil imaginar os rumos que uma história tomaria se tivessem seus personagens, no passado, optado por outros caminhos. Um exemplo: ninguém se atreve a pensar no que teria acontecido com a Pastoral da Comunicação no Brasil e com a música católica mundial, se em 1968 a irmã Maria Nogueira, então diretora das Edições Paulinas Discos, não fosse à Igreja de São Judas, no bairro do Jabaquara, em São Paulo (SP), para conhecer um jovem sacerdote. Recém-chegado dos Estados Unidos, o padre causava sensação nas missas dominicais, onde havia, além de violão, guitarra elétrica e teclado. A irmã constatou que, como falavam, o jovem tinha mesmo boa voz, sabia cantar e compunha bem. E se chamava José Fernandes de Oliveira, mas disso poucos sabiam – e talvez ainda hoje nem todos saibam –, porque o nome pelo qual ele era conhecido em sua Igreja, e como depois seria também em todo o Brasil, América Latina, Europa e África, era outro: Padre Zezinho, scj

http://padrezezinhoscj.blogspot.com/2009/03/biografia-parte-4-musico.html

José Fernandes de Oliveira SCJ, conhecido como Padre Zezinho, é um padre católico brasileiro, nascido em Machado, MG, aos 8 de junho de 1941.

Padre Zezinho é conhecido por suas habilidades como escritor e músico. Seu pai era violeiro e foi dele que herdou o amor pela música. Quando criança, José Fernandes passou a conviver com os padres, que davam assistência a sua família. Zezinho é o mais jovem de seis irmãos e seus pais morreram paralíticos.

Ordenado padre aos 25 anos de idade em 1966 nos Estados Unidos da América, logo assumiu como meios de evangelização o teatro e a música, em 1967, e os meios de comunicação, em 1969.

Pe. Zezinho é um dos maiores fenômenos da música cristã no mundo, sempre lotando suas apresentações. Foi um dos pioneiros da música católica popular, fruto do Concílio Vaticano II. Começou a compor em 1964 e iniciou sua carreira de cantor em 1967. Em 1969, gravou Shalom, seu primeiro compacto, pela Paulinas COMEP. O sucesso das canções de Zezinho foi imediato entre os fiéis católicos, sendo reconhecido por eles como um profeta de várias gerações. Foi ainda pioneiro no uso de instrumentos modernos como a guitarra elétrica e a bateria na música religiosa. Muitas das composições deste mais antigo “padre cantor” da Igreja Católica Romana fazem sucesso também entre os luteranos.

O seu projeto inicial era de fazer apenas algumas canções para a sua paróquia. Depois de 35 anos cantando ele se vê autor de 1.500 canções para a igreja do mundo inteiro, traduzidas em 5 línguas e divulgadas em 40 países. Já gravou mais de 98 discos e CDs. Atualmente, Padre Zezinho apresenta um progamete em diversas emissoras de Rádio Católicas no Brasil, gerado a partir de São Paulo e intitulado Palavras que não passam.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Padre_Zezinho Veja também:
http://www.paulinascomep.org.br/DetalheArtista.aspx?autor=000001

O Padre Zezinho José Fernandes de Oliveira colaborou com dois hinos no nosso hinário :
HPD nº 405 – “Por um pedaço de pão e por um pouco de vinho...” e
HPD nº 491 – Nós somos crianças do Reino, do Reino de Jesus...”
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 18332
REDE DE RECURSOS
+
Ninguém deve fazer tudo o que tem direito a fazer. Cada qual deve olhar para o que é útil e o que é benéfico para o seu irmão, para a sua irmã.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br