Paróquia do ABCD

Sínodo Sudeste



Rua Almirante Tamandaré , 550 - Bela Vista
CEP 09040-040 - Santo André /SP - Brasil
Telefone(s): (11) 4436-5496
paroquiadoabcd@luteranos.com.br
ID: 369

Sendo família no lar e na Igreja - SOUC

Sétimo dia - Os oito dias de oração

20/05/2018

B 5
B 6
Semana
1 | 1
Ampliar

Êxodo 2: Nascimento de Moisés.
Salmo 127: Se o Senhor não construir a casa, seus construtores trabalham em vão.
Hebreus 11. 23-24: Moisés foi ocultado pelos pais... pois eles tinham visto a beleza do filho.
Mateus 2. 13-15: José levantou-se tomou consigo o menino e a mãe de noite e retirou-se para o Egito.

No Caribe, a família continua a ser negativamente afetada pela herança da escravidão e por novos fatores, como a migração dos pais, problemas financeiros e violência doméstica. Diante dessa realidade, as igrejas do Caribe estão trabalhando para dar apoio tanto as famílias nucleares como às famílias ampliadas.

Reflexão

A família tem central importância na proteção das crianças, adolescentes, jovens e adultos, mas especialmente das crianças.
A família como instituição social (família “tradicional”: pai, mãe, filhos e filhas) passou por mudanças aceleradas nos últimos anos. E essas mudanças têm sido vistas, experimentadas e vividas na sua estrutura, na sua organização e na função de seus membros.
À configuração tradicional de família somam-se muitas outras que são diferentes, sim, apenas diferentes. Certamente conhecemos e convivemos com essas diferentes configurações de famílias nas nossas comunidades, na nossa sociedade e conhecemos e reconhecemos o papel de cada uma na diversidade da criação de Deus e, especialmente, no cuidado com as criaturas de Deus.
Os relatos bíblicos da infância de Moisés e de Jesus, que estavam em perigo de morte desde o momento de seu nascimento por causa das ordens de assassinato dadas por governantes irados, ilustravam a vulnerabilidade das crianças diante de forças externas. Essas histórias também apresentam ações que podem proteger esses pequeninos. Mateus nos mostra um modelo de cuidado que está em amorosa fidelidade à orientação do Senhor, especialmente em tempos de perigo.
A Escritura vê as crianças como uma bênção e esperança para o futuro. Para o salmista, elas são como “flechas nas mãos do guerreiro”. Como cristãos, partilhamos um chamado comum para vivermos como rede de famílias que se apoiam, confiando na força de Deus para a tarefa de construir comunidades fortes, nas quais as crianças são protegidas e podem se desenvolver.                    

Oração

Deus cheio de graça, enviaste teu Filho para nascer numa família, com ancestrais que eram tanto fieis como pecadores. Pedimos a tua bênção para todas as famílias dentro dos lares e comunidades. Oramos especialmente pela unidade da família cristã para que o mundo possa crer. Em nome de Jesus, oramos. Amém.

A mão de Deus está escrevendo em nossa terra, escrevendo com poder e amor; nossos conflitos e nossos medos, nossos triunfos e nossas lágrimas são gravados pelas mão de Deus que une e liberta.

FONTE: Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil. Caderno da SOUC 2018, pág. 38-39.
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O santo povo cristão é reconhecido exteriormente por meio da salvação da santa cruz.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma até em lugares áridos.
Isaías 58.11
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br