Celebração


ID: 2651

Mateus 1.18-25 - 4º Domingo de Advento - 18/12/22

Caderno de Cultos 2022 - Sínodo Mato Grosso

15/12/2022

18/12/22 – 4º Domingo de Advento
Pregação: Mateus 1.18-25 - Leituras: Isaías 7.10-16; Salmo 80.1-7,17-19; Romanos 1.1-7
Autor: Pastor Emérito Ivo Schoenherr – Paróquia: Cuiabá - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia / Boa noite. Sejam todos e todas bem-vindos a nossa celebração. Hoje é Quarto Domingo de Advento. Celebramos tempo de preparação para o nascimento de Jesus. O Evangelista Mateus nos lembra do nascimento de Jesus e do significado deste acontecimento para a nossa vida. Ele escreve em 1.23: “O profeta Isaías diz: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa Deus conosco.” Deus está agora conosco nesta celebração. Amém.

Temos visitantes? (Após apresentação). Sejam todos bem-vindos.

CANTO DE ENTRADA
Nº 358 – Livro de Canto da IECLB – Advento é tempo de preparação.

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Celebramos este culto:
Em nome de Deus, que é Pai e Amor,
Em nome do Filho, que é Jesus Salvador e Emanuel Deus Conosco e
Em nome do Espírito Santo, que é vida e transformação. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 04 – Livro de Canto da IECLB – Onde reina amor.

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS

Motivação: João na sua primeira carta 1.8-9 nos lembra: “Se dissermos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós. Mas se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele nos perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda a maldade,” Vamos, pois, com toda a humildade e sinceridade buscar o perdão de Deus confessando todos os nossos pecados.

Confissão de pecados pessoal: momento de silencio para confissão pessoal.

Confissão comunitária: Querido e bondoso Deus. Estamos diante de ti assim como somos, com as nossas virtudes e nossos defeitos. Reconhecemos que pecamos todos os dias. Falhamos na prática da solidariedade com os mais fracos e desamparados. Temos dificuldades para partilhar um pouco daquilo que recebemos de ti. Falta-nos disposição para o diálogo, a compreensão e a aceitação do diferente. Falta nos coragem para ajudar a mudar aquilo que não condiz com a tua proposta de vida. Nem sempre reconhecemos que tu estás conosco, nos cuidando e amparando todos os dias. Por todos os pecados cometidos em pensamentos, por palavras, gestos e ações pedimos o teu perdão cantando: Perdão Senhor, perdão.

Canto de perdão: Nº 35 – Livro de Cantos da IECLB – Perdão, Senhor, perdão.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Assim nos anuncia o apóstolo Paulo na 2º carta Coríntios 5.17: Se alguém está em Cristo é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. Jesus nos renova pelo perdão que ele conquistou para nós na cruz e é concedido a todos aqueles que confessaram os seus pecados com sinceridade, se arrependeram e pediram o perdão pelos mesmos. Por isso, anunciamos a vocês o perdão dos pecados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE

Motivação: O Salmo 80.1-7,17-19 é o salmo deste quarto domingo de advento. Ele é uma oração de clamor do povo de Israel pedindo pela misericórdia e salvação de Deus. Este salmo quer nos motivar para a nossa oração de clamor. Ouçamos a leitura do salmo:
“ 1Ouve-nos ó Pastor de Israel! Escuta-nos, tu que guias o teu rebanho! Tu que estás sentado no teu trono, que fica sobre os querubins, 2mostra a tua misericórdia pelas tribos de Efraim, Benjamim e Manassés! Mostra-nos o teu poder; vem e salva-nos. 3Faze com que prosperemos de novo, ó Deus! Mostra-nos a tua misericórdia, e seremos salvos. 4Até quando, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso, ficarás irado com as orações do teu povo? 5Tu nos tens dado pão de lágrimas para comer e um copo cheio de lágrimas para beber. 6Tu deixas que as nações vizinhas briguem por causa da nossa terra e que os nossos inimigos zombem de nós. 7Faze com que prosperemos de novo, ó Deus Todo-Poderoso! Mostra-nos a tua misericórdia, e seremos salvos. 17Protege e guarda o povo que escolheste, a nação que fizeste crescer tão forte. 18Não nos afastaremos de ti outra vez; conserva a nossa vida, e nós te louvaremos. 19Faze com que prosperemos de novo, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso! Mostra-nos a tua misericórdia, e seremos salvos”.
Nós também temos muitos motivos para clamar a Deus pedindo por sua misericórdia, sua salvação e por prosperidade no amor na fé e na esperança: pelo sofrimento de famílias desunidas e em conflito, pelos doentes desamparados pelo sistema de saúde, pelas famílias atingidas pela violência urbana e rural, pelas pessoas atingidas pela violência domiciliar, pelas famílias desempregadas e subempregadas. Pedimos por todas as pessoas que sofrem, pedindo pela misericórdia e salvação de Deus. Concede-nos prosperidade no amor, na fé e na esperança. Vamos cantar a oração do Livro de Canto nº 57.

Oração cantada de clamor: Nº 57 – Livro de Canto da IECLB – Penitência.

GLÓRIA
Motivação: O Salmo 66.8-9 nos convida dizendo: “Bendigam ó povos, o nosso Deus; façam ouvir a voz do seu louvor. É ele quem preserva a nossa vida e não permite que resvalem os nossos pés”. Deus preserva a nossa vida todos os dias. Ele nos agracia com alimentos, com sua palavra, com seu perdão, com seu amor, com a sua comunhão e nossa comunhão entre nós. Por isso, vamos louvá-lo e glorifica-lo cantando o canto do Livro de Cantos nº 101:

Oração de glorificação: Nº 101 – Livro de Canto da IECLB – Salmo 34

ORAÇÃO DO DIA
Querido e bondoso Deus. Esteja conosco neste momento em que queremos ouvir a tua palavra. Que possamos experimentar a tua presença de amor através do ouvir da tua palavra. Ela nos anuncia a tua misericórdia e salvação. Obrigado por esta boa notícia. Concede-nos o teu Santo Espírito despertando em nós a vontade para viver conforme a tua vontade. Por Jesus Cristo que contigo e com o Espírito Santo vive e reina eternamente. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

(Antes das leituras bíblicas acolhê-las com um canto)
CANTO: Nº 164 - Livro de Canto da IECLB – Seu nome é maravilhoso.

(Depois do canto anunciar a 1º leitura e efetuá-la)
1ºLEITURA BÍBLICA: Isaías 7.10-16

(Anunciar a 2º leitura e efetuá-la)
2ºLEITURA BÍBLICA: Romanos 1.1-7

(Anunciar a leitura do evangelho e preparar para a leitura com um canto)
CANTO: Nº 379 - Livro de Canto da IECLB – Surgem anjos proclamando.

(Efetuar a leitura do Evangelho)
LEITURA DO EVANGELHO: Mateus 1.18-25.

PREGAÇÃO

Caros amigos e amigas em Cristo!

Na Antiguidade em Israel o nome de uma pessoa era escolhido por um significado especial relacionado com a fé. Assim temos bastante nomes que expressam ações de Deus. Como exemplo, trago alguns nomes bíblicos e seus significados:

Samuel é um nome com origem no hebraico Shemu’el, que quer dizer “seu nome é Deus” ou Deus ouve. O primeiro termo shem (shema, shum) tem relação com o aramaico e significa “nome”. Forma ainda o termo Sh’ma, que significa “ouvir”. O segundo termo, El, quer dizer “Deus, Senhor”.

Gabriel tem origem no hebraico Gabriel, composto pela união dos elementos gébher, que significa “homem, homem forte”, e el, que quer dizer “Deus”. O nome tem o significado de “homem de Deus, homem forte de Deus ou fortaleza de Deus”.

Maria é um nome de origem incerta, provavelmente se originou a partir do hebraico Myriam, que significa “senhora soberana ou a vidente”. Por ser um nome muito difundido, antes mesmo da época de Jesus Cristo, é possível que derive do sânscrito Maryáh. Este quer dizer literalmente “a pureza, a virtude, a virgindade”. Há autores que atribuem a origem do nome Maria à raiz egípcia mry, que significa “amar”.

Marta: Significa senhora, patroa ou dona de casa, protetora do lar. Marta vem do nome aramaico Martha, que por sua vez se originou a partir das palavras aramaicas marta', mar, mara, que podem significar senhora, ou mesmo patroa.

José: Significa “aquele que acrescenta”, “acréscimo do Senhor” ou “Deus multiplica”. O nome José tem origem no hebraico Yosef, que quer dizer “Ele acrescentará”, referindo-se a Deus.

Cristo: Tem origem no grego Christós, que quer dizer literalmente “o ungido”. É uma tradução do hebraico mashiah, que deu origem a Messias, nome de mesmo significado.

(Observação: Vocês podem apresentar só alguns nomes. Podem apresentar outros, mas nomes bíblicos para mostrar a relação dos nomes com uma ação de Deus.)

(Continuando depois da apresentação de nomes bíblicos) Vocês já pesquisaram o significado do seu nome e porque os seus pais lhe deram este nome?

Posso compartilhar o significado do meu nome. (Vocês podem pesquisar o seu nome para apresentá-lo. O importante é destacar o significado e quem deu e porque deu este nome para você)

Ivo: Significa “teixo” ou “Deus é cheio de graça”, “Deus perdoa”. É um nome com duas possíveis origens, uma através do germânico, como uma forma abreviada dos nomes que se iniciam com o elemento iv, que significa “teixo”, um tipo de árvore muito utilizada na Idade Média para a fabricação de arcos e flechas. Ivo também é considerado um diminutivo de Ivan, versão russa do nome João, que tem origem no hebraico Iohanan, a partir dos elementos Yah “Javé, Deus” e hannah “graça” e significa Deus é cheio de graça, ou Deus perdoa. Sei que foi o meu avô que me deu o nome. O porque meus pais não sabiam me explicar. Mas gosto do meu nome.

Alguém mais gostaria de compartilhar o significado do seu nome e porque seus pais escolheram o seu nome. (Deixar um tempo para alguém compartilhar, agradecer porque compartilhou, e ressaltar a beleza e a importância de cada nome).

Mas o que isso tem a ver com o texto bíblico indicado para este domingo como texto de pregação? Pois bem, o Evangelho de Mateus 1.18-25 é o texto indicado como motivador da nossa reflexão e a mensagem deste quarto domingo de Advento. O texto relata o nascimento de Jesus conforme a tradição da comunidade de Mateus. Comparando com relato do nascimento de Jesus que nos deixou a comunidade de Lucas vamos perceber que as informações são complementares, mas que o texto de Lucas contem muito mais detalhes.

O texto de Mateus destaca a gravidez de Maria pela ação do Espírito Santo, as dúvidas de José, a ação do anjo de Deus que transforma o pensamento de José. Mas chama a atenção, sobretudo, a importância dos nomes desse menino. Em dois momentos o testemunho da comunidade de Mateus fala do significado dos nomes desse menino e da sua missão.

No versículo 21 encontramos o nome Jesus. Jesus significa Deus (Javé) salva. O nome de Jesus define a sua missão: pois salvará o seu povo dos pecados deles.

No versículo 23 encontramos o nome Emanuel. Emanuel significa Deus está conosco. O nome Emanuel define a sua missão entre nós: Deus está conosco.

Estes nomes foram dados ao menino pelo próprio Deus através de um anjo no sonho. José optou só por Jesus.

A comunidade de Mateus nos anuncia que o menino nascido em Belém é fruto da ação do Espírito Santo e significa a presença de Deus entre nós para nos salvar dos nossos pecados. Esta é boa notícia neste domingo.

Nós cremos de fato que Deus se fez e continua presente entre nós em Jesus Cristo? Nós cremos que Deus nos salvou e salva dos nossos pecados em Jesus Cristo?

Em primeiro lugar, precisamos crer que Deus em Jesus Cristo está entre nós, aqui neste mundo e não lá longe fora deste mundo. Ele está entre nós neste mundo, por que ama tudo aquilo e aqueles que ele criou. Ele está entre nós em Jesus Cristo. Se queremos saber como Deus é e como Deus age, basta olhar para Jesus, para o seu jeito de falar, ensinar, agir enfim viver. Jesus é o jeito e a presença de Deus entre nós. Ele é o Cristo, o único escolhido, ungido por Deus para nos salvar. Ele nos ama, nos cuida e nos ampara.

Também precisamos reconhecer que somos pecadores e que pecamos diariamente, pois Jesus salva dos pecados deles. Mas o que é pecado? Alguns dirão: pecado é desobediência a vontade de Deus. Outros complementariam: é afastamento de Deus. Algo difícil, muito difícil de admitir que nós pecamos. Muitos até o dizem com orgulho. Eu não matei e não roubei. Outros dizem: eu me converti e agora vivo só como filho de Deus. Alguns até se atribuem o título de gente de bem enquanto rejeitam os outros como gente do mal. Rejeitar e discriminar pessoas já constitui pecado. Na verdade, todos nós somos pecadores e precisamos todos os dias da graça do perdão de Deus. E todos nós. Não há ninguém melhor do que o outro. Todos somos pecadores agraciados pela salvação conquistada por Jesus Cristo na cruz e desafiados para viver o dia a dia como pecadores agraciados pelo perdão de Deus. Amém.


CONFISSÃO DE FÉ
Creio em Deus Pai, ...

HINO
Nº 312 – Hinos do Povo de Deus – Natal.

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
Destino da oferta: _________________________________________

CANTO PÓS MOTIVAÇÃO DA OFERTA (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 372 – Livro de Cantos da IECLB – Quero ir com os pastores.

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Amado e querido Jesus, Deus Conosco, Deus Salvador.
Nós queremos te agradecer porque estás sempre conosco, ao nosso lado, tanto nos momentos felizes, mas também nos momentos difíceis. Estás conosco para nos orientar, corrigir, perdoar, cuidar e amparar. Agradecemos pelos dons que nos concedes para servir no teu Reino. Agradecemos pelo dom do amor, da fé e da esperança. Agradecemos pela vida, pela família, pelo trabalho, pela comunidade e pelo dom da salvação.
Nós queremos te pedir. Ajuda-nos a aceitar a tua graça e viver uma vida de gratidão a ti. Ajuda-nos a colocar os nossos dons a serviço do teu Reino aqui neste mundo.
Por isso, intercedemos por todos os doentes. Que encontrem assistência médica, melhora e recuperação da saúde. Ampara as famílias dos doentes. Concede aos profissionais da saúde muito conhecimento, sabedoria, paciência e amor para ajudar a todos os doentes, especialmente aqueles que tem mais dificuldades econômicas. Ajuda-nos a lutar pela melhora, qualificação e investimento no SUS (Sistema único de Saúde).
Nós te intercedemos também por todas aquelas famílias que vivem situações de conflitos difíceis causadas por dificuldades financeiras e por desentendimentos entre as pessoas. Ajuda-nos na luta contra a violência doméstica, contra a violência urbana e contra a violência rural. Ajuda-nos a lutar por uma convivência pacifica no campo, na cidade e dentro de casa. Ajuda-nos a lutar por uma sociedade inclusiva, igualitária, fraterna, livre de qualquer preconceito, discriminação e opressão. Ajuda-nos a lutar por uma sociedade inclusiva, fraterna, de respeito aos direitos de todos, de compreensão, dialogo e amor.
Nós te agradecemos e pedimos por Jesus Cristo, Deus Conosco e Salvador, que nos ensinou a orar....

PAI NOSSO

LITURGIA DE DESPEDIDA


BÊNÇÃO
Sacerdotal (Números 6.24-26)

ENVIO
Celebrante: Vão na paz e no amor de Deus. Sirvam com alegria e com amor.
Comunidade: Demos graças a Deus.

CANTO FINAL
Nº 286 – Livro de Cantos da IECLB – Deus te abençoe.


Autor(a): Pastor Emérito Ivo Schoenherr
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Advento
Perfil do Domingo: 4º Domingo de Advento
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 1 / Versículo Inicial: 18 / Versículo Final: 25
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2022
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 68594

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Jesus Cristo diz: Eu sou a luz do mundo; quem me segue nunca andará na escuridão, mas terá a luz da vida.
João 8.12
REDE DE RECURSOS
+
Deus não está amarrado a nenhum lugar e de lugar nenhum se acha excluído.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br