Bíblia



ID: 2769

Estou contribuindo como posso? - Seja no pouco ou seja no muito, sou fiel!

Estudo Bíblico

01/10/2019

 

Estou contribuindo como posso?
Seja no pouco ou seja no muito, sou fiel!

 

Estou contribuindo com a Igreja e auxiliando o próximo segundo a abundância dos meus bens?

Exatamente no mês de outubro, mês da Reforma Protestante, temos para reflexão o versículo de um livro que não está nas Bíblias utilizadas na tradição protestante. Encontramos este texto na Bíblia de Jerusalém. O Livro de Tobias faz parte dos livros chamados de deuterocanônicos. Estes livros foram escritos originalmente em Grego e não fazem parte da Bíblia Hebraica, que é a base do nosso Antigo Testamento.

A coleção dos deuterocanônicos é composta pelos seguintes livros: Tobias, Judite, 1 e 2 Macabeus, Eclesiástico (ou Ben Sirá), Sabedoria de Salomão e Baruque. Lutero definiu esses escritos como ‘livros que não devem ser considerados iguais à Sagrada Escritura, mas que são úteis e bons para leitura’.

O livro de Tobias é história de família. Tobit, pai de Tobias, exilado da tribo de Naftali, residente em Nínive, piedoso, observante, caridoso, fica cego. O seu parente Raguel tem uma filha chamada Sara que sucessivamente perde sete noivos no dia do casamento. Tobit e Sara, cada qual com seus dilemas, pedem a Deus que os livre desta vida. Destas duas infelicidades e destes dois pedidos, Deus fará uma grande alegria. Deus envia o anjo Rafael, que conduz Tobias, filho de Tobit, à casa de Raguel, faz com que ele se case com Sara e lhe dá o remédio que curará o cego. O livro de Tobias relata uma emocionante história, demonstra consideração para com o sepultamento dos mortos e traz o notável conselho de dar esmola. Testemunha um Deus presente e benévolo no dia a dia da família.

Em Lucas 12.32-34, Jesus admoesta os seus discípulos para que vendam os seus bens e deem esmola, se desapeguem dos bens materiais, que podem ser tomados por um ladrão ou corroídos pela traça. A instrução aos discípulos é concluída com as palavras: onde está o seu coração, ali também está o seu tesouro. Outra passagem que nos ajuda é a de Mateus 6.3 Tu, porém, ao dares a esmola, ignore a tua mão esquerda o que faz a tua mão direita.

A passagem de Tobias (regular a esmola segundo a abundância dos nossos bens) e o texto de Mateus (a mão esquerda ignorar o que faz direita) nos ensinam que não devemos nos vangloriar pelo que nós damos. A esmola deve ficar em segredo, pois Deus, que também vê em segredo, nos recompensará.

Não queremos cair em uma teologia da retribuição, mas entendemos que Deus já nos recompensou na cruz, com a morte e a ressurreição de Jesus. Deus nos recompensou sem que tivéssemos feito algo para merecer.

Para os nossos dias, podemos entender o ato de dar ‘esmolas’ como uma resposta amorosa pelo que Deus fez e faz por nós. Esmola, segundo o conselho de Tobias, é uma oferta generosa, baseada nas condições de quem dá: Se tens muito, dá mais; se tens pouco dá menos. Em todo caso, o que não deveria acontecer é deixar de praticar esta boa obra: mas não tenhas receio de dar esmolas.

Atualmente, ‘dar esmolas’ parece uma atitude ultrapassada e, muitas vezes, até bastante questionada, mas basta caminhar pelas ruas de uma grande cidade para perceber a importância e a necessidade desta ação. É necessário refletir sobre os motivos que levam uma pessoa a ser dependente de esmolas e nos empenhar para mudar a situação, porém não podemos deixar de ajudar.

Ampliando a reflexão de Tobias em nossa vida comunitária, poderíamos usar este conselho para trabalhar questões como Fé, Gratidão e Compromisso,  Campanha Nacional de Ofertas para a Missão Vai e Vem, Oferta nos Cultos, doações e contribuição/dízimo.

Encerro parafraseando o Lema do Mês (Regula tua esmola segundo a abundância de teus bens: se tens muito, dá mais; se tens pouco, dá menos, mas não tenhas receio de dar esmola):

Regula tua contribuição
segundo a abundância de teus bens:
se tens muito, dá mais;
se tens pouco, dá menos,
mas não tenhas receio de contribuir
com sua Igreja e Comunidade de fé’!


Dinâmica

Ambiente

Preparo do ambiente com cadeiras em círculo. Ao centro, montar um pequeno altar com um pano da cor do tempo litúrgico, uma pequena cruz, uma vela, flores, moedas, um vasilhame para recolher a oferta (gazofilácio) e a Bíblia.

Saudação e Declaração Trinitária

Bom dia/Boa tarde/Boa noite! A palavra de Deus no Salmo 133.1 nos lembra Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos e as irmãs.
Queremos ter aqui um momento agradável de estudo da Palavra de Deus. Reunimo-nos em nome do Trino Deus, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém!

Canto

Aqui você tem lugar (LCI 6)

Reflexão

Abordar o versículo Lema do Mês (Regula tua esmola segundo a abundância de teus bens: se tens muito, dá mais; se tens pouco, dá menos, mas não tenhas receio de dar esmola - Tobias 4.8 - Bíblia de Jerusalém) e o texto escrito.

Compartilhar

Cada pessoa, espontaneamente, pode falar e interagir, sendo que a pessoa condutora do estudo organiza e modera as falas.

Dinâmica

Neste estudo, será feita uma coleta para ajudar uma pessoa necessitada, um grupo da Comunidade, a Campanha de Missão Vai e Vem, etc.

Canto

Ofertamos nossos dons (LCI 217)

Oração final e Pai Nosso

Bênção

O Senhor te abençoe e te guarde. O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. O Senhor sobre ti resplandeça o seu rosto e te dê a paz!

Envio

Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria, contribuindo e auxiliando ao próximo conforme a abundância de seus bens!

Comunidade

Demos graças a Deus!

Hino Final

Chuvas de bênçãos teremos (LCI 290)


P. Luiz Temóteo Schwanz | Ministro na Paróquia de Assis/SP

Fonte: Jorev Outubro 2019


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O Espírito de Deus se une com o nosso espírito para afirmar que somos filhos de Deus.
Romanos 8.16
REDE DE RECURSOS
+
Tornai-vos, pois, praticantes da Palavra e não somente ouvintes.
Tiago 1.22
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br