Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Marcos 7.1-8,14-15,21-23 - 14º Domingo após Pentecostes - 30.08.2015

Caderno de Cultos 2015

30/08/2015

30/08/2015 - 14º Domingo após Pentecostes
Dt 4.1-2,6-9; Tg 1.17-27 Pregação: Mc 7.1-8,14-15,21-23
Claudineia Doern Eichelt Quoos – Santarém - PA

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia a todos e todas. Que neste tempo de culto, possamos juntos louvar, orar e engrandecer o nome do Senhor, nosso Deus e que Ele nos encha de alegria e esperança.
Saudamos de modo especial os que nos visitam e acolhemos a todos com as palavras do salmista que diz: “Como é bom e agradável quando os irmãos e irmãs podem estar reunidos/as.
CANTO DE ENTRADA
337 – HPD2 – Reunidos Aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Realizamos este culto em nome do Trino-Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
76 – HPD1 – Espírito Verdade

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
A palavra do Senhor nos diz no Sl 1.3: ‘Tem misericórdia de mim, ó Deus por teu amor; por tua grande compaixão apague as minhas transgressões. Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado. Pois, eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me segue”.

Silêncio (neste momento cada um pode colocar diante do Senhor suas falhas e pecados).

ANÚNCIO DO PERDÃO
Para todos aqueles que confessam os seus pecados e estão verdadeiramente arrependidos, recebam o consolo da palavra de Deus que diz: “Se tu soberano Senhor, registrasse os pecados quem escaparia? Mas, contigo está o perdão para que sejas temido (Sl 130.3-4).

KYRIE
Pai querido, muitas vezes nosso espírito se abate diante do mundo que vivemos, das notícias que se acumulam dia após dia, da injustiça social, da corrupção política, da descrença, da indiferença e tantas outras... Nós não somos e não queremos ser indiferentes ao mundo que nos cerca. Temos a ti Senhor; Tu és Deus poderoso e majestoso e a ti clamamos como igreja reunida...

Tem Senhor Piedade (3x)

GLÓRIA IN EXCELSIS
(Costura) É com fé que oramos e é com fé no agir de Deus que vivemos e podemos cantar:

253 – HPD1 – Glorificado Seja Teu Nome

ORAÇÃO DO DIA
Obrigado Senhor Deus, por este novo dia. Pelo sustento que o Senhor nos tem dado em alimentos, roupas, amigos/as e principalmente pelo maior sustento de nossas vidas, a Tu palavra. Tu nos conheces, e não há nada que façamos sem que não saibas. Por isso pedimos que o teu Espírito sonde os nossos corações e mentes; veja se há neles algo que não te agrada e guia-nos pelo caminho eterno. Em nome do Senhor Jesus. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Dt 4.1-2, 6-9;
2ª Leitura Bíblica: Tg 1.17-27;
3ª Leitura Bíblica: Mc 7.1-8, 14-15, 21-23

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
195 – HPD1 – Meu Irmão, Tu Precisas Falar com Jesus

PREGAÇÃO

Neste texto percebemos alguns costumes religiosos da época de Jesus. E principalmente sobre impurezas, como por exemplo:

 Mc 1.40-45: A cura de um leproso;
 Mc 5.25-34: a Mulher impura por causa de sua hemorragia menstrual, busca a cura ao tocar no manto de Jesus, etc...

Neste texto em especial se trata de estar impuro no momento da comida. Este costume dava identidade aos religiosos da época. Aqui deixamos claro, “religiosos”, mas nem todos cristãos. Os discípulos de Jesus estão deixando de cumprir um ritual, estão na verdade quebrando as regras. Lavar as mãos não era um simples gesto de higiene, mas era o cumprimento de seguir certos ritos para tirar toda impureza.

Contato com pessoas não-judeus ou com comidas impuras, tornaria impura qualquer pessoa, vasilha ou alimento. Leis e orientações a respeito da pureza religiosa que tinham sido elaboradas por mestres da lei em tempos passados e transmitido para as novas gerações de forma oral ou não escrita (Is 29.13b). Tudo isso sem esquecer que os mestres da lei (Fariseus), sempre estavam prontos para colocar Jesus a prova.

No versículo 8, Jesus acusa os líderes religiosos de terem elevado as leis humanas a se tornarem como os mandamentos de Deus. Como esses ensinamentos não faziam parte do Antigo Testamento, Jesus declara que estas leis são humanas. Sendo assim, neste culto queremos tratar do tema “ser ou não ser, impuro”.

A diferença e a discussão de Jesus com os doutores da lei (Fariseus), registrado neste capítulo é de suma importância, por que nos mostram a diferença de coração e a própria essência diferente entre Jesus e os Líderes religiosos. A pergunta que se coloca é: Por que Jesus e seus discípulos não obedeceram a tradição dos anciãos? Atualizando para nossos dias pergunto a vocês: Lavamos nossas mãos antes de comer? Lavamos nossos alimentos antes de digeri-los?
A resposta a estas perguntas certamente será positiva. Com tantas doenças, vírus, bactérias, temos que nos manter limpos. Mas, e o nosso coração, temos limpado ou nos preocupamos apenas com as coisas exteriores? Temos agido como os Fariseus, cuidando do que os outros fazem e nos esquecemos de lavar nosso interior/coração/alma?

Bom, se tudo isso encheu seu coração de dúvidas, quero lhe dizer: “Graças a Deus...”, pois somente Deus pode limpar nossos corações. Acheguemo-nos a Ele e dizemos: “Senhor, vem nos limpar e purificar”, como Ele mesmo nos ensinou no versículo 15: “Tudo o que vem de fora e entra numa pessoa não faz com que ela fique impura, mas o que sai de dentro, isto é, do coração da pessoa, é que faz com que ela fique impura.

Que pela misericórdia do Senhor alcancemos todos e todas um coração puro. Que Ele tenha sempre de novo compaixão de nós e nos perdoe de todos os pecados. Que o seu infinito amor nos envolva para que sejamos limpos/purificados, internamente e externamente. Amém.

HINO
95 – HPD1 – Jesus Cristo é Rei e Senhor

CONFISSÃO DE FÉ
Queremos juntos como comunidade cristã, confessar o Deus que cremos. Para isso queremos fazer uso das palavras do Credo Apostólico, dizendo:

Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder à motivação e o recolhimento das ofertas)
249 – HPD1 – Graças, Senhor eu Rendo Muitas Graças

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Pai querido e Santo Deus. Te damos Graças por este culto, obrigado/a pôr teres falado conosco. Ajuda-nos a guardar a sua palavra em nossos corações e a praticá-la com fé e amor. Agradecemos também pelos aniversariantes de nossa comunidade. A vida é dádiva de tuas mãos e cada dia que vivemos é sinal da Tua misericórdia. Também queremos pedir (intercessões...).
Oramos pelas pessoas oprimidas pelo inimigo, liberta-as ó Pai! Oramos pelas pessoas aflitas e angustiadas, concede-lhes a paz! Senhor, abençoa todas as atividades de nossa comunidade e paróquia e conduzi-nos em tudo que fizermos. Assim pedimos e agradecemos em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. E tudo o mais queremos incluir na oração que Jesus Cristo nos ensinou a orar...

PAI NOSSO
Pai nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde;
O Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;
O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Amém!!! (Nm 6.24-26).

ENVIO
Saiamos encorajados e encorajadas pelo Espírito de Deus para vivermos firmes n’Ele, mais esta semana que se inicia. Amém.

CANTO FINAL
350 – HPD2 – Que a Graça do Senhor Jesus
 


Autor(a): Claudineia Doern Eichelt Quos
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 14º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Marcos / Capitulo: 7 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 23
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 33720

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

É dever de pai e mãe ensinar os filhos, as filhas e guiá-los, guiá-las a Deus, não segundo a sua própria imaginação ou devoção, mas conforme o mandamento de Deus.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma até em lugares áridos.
Isaías 58.11
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br