Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Deuteronômio 30.15-20 - 16º Domingo após Pentecostes - 04.09.2016

Caderno de Cultos 2016

04/09/2016

04/09/2016- 16° Domingo após Pentecostes
Pregação: Dt 30.15-20; Leituras: Fm1-21; Lc 14.25-33
Pa. Fabiani Appelt – Água Boa - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
“Que a graça e a paz de Deus, o nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês” Fm 3. Bom dia/ Boa noite. Sejam todos bem vindos. Que bom que vocês vieram. E que Deus nos conceda mais um momento especial de culto. Que Ele alimente nossa fé e esperança e nos desafie e oriente a sempre fazer boas escolhas.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
325 HPD 2 – Aqui você tem lugar

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Aqui nos reunimos em nome e na presença do Trino Deus, que é Pai, criador e mantenedor da vida, que é Filho, Jesus Cristo nosso único Senhor e Salvador e que é Espírito Santo, santificador das nossas vidas. Amem.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
320 HPD 2 – Espírito Santo de Deus

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Momento de silêncio para a confissão individual.
Após a comunidade canta o hino 150 HPD 1 – Se sofrimento te causei, Senhor

ANÚNCIO DO PERDÃO
“Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou a sua eterna glória, depois de terdes sofrido, por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar”. (1Pe 5.10) Quem com sinceridade reconhece os seus pecados e deles se arrepende recebe de Deus o perdão. Assim sendo, anuncio o perdão dos pecados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo(+). Amém

KYRIE
Como comunidade reunida em culto para ouvir e meditar na palavra de Deus, perdoada pelo seu imenso amor, não podemos nos fechar em nós mesmos. Lá fora muitas pessoas choram e sofrem pelos mais diversos motivos, principalmente por escolhas mal feitas. Junto com elas queremos pedir a ajuda e o socorro de Deus cantando: Kyrie eleison: Pelas dores deste mundo...

GLÓRIA IN EXCELSIS
Deus nos escolheu. Deus nos acolhe como filhos e filhas. Ele perdoa os nossos pecados. Ouve o clamor do seu povo sofrido. Abençoa-nos dia a dia grandemente. Enfim, temos muitos motivos para louvar, por isso cantamos com alegria: Glorificado seja teu nome...

ORAÇÃO DO DIA
Todo poderoso Deus, tu acompanhas o teu povo de geração em geração. Obrigada por estar sempre ao nosso lado, nos ajudando a fazer nossas escolhas. Agora queremos ouvir mais uma vez a tua palavra. Fala conosco Senhor. Orienta-nos, corrige-nos e desafia-nos. Derrama sobre nós teu Espírito Santo e ajuda-nos a compreender e viver a tua palavra em nosso dia a dia. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Dt 30.15-20

Aclamação do Evangelho: Aleluia

2ª Leitura Bíblica: Lc 14.25-33

3ª Leitura Bíblica: Fm 1-21

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
383 – HPD 2 - A lei do Senhor é perfeita

PREGAÇÃO

Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos nós. Amém.

Estimada Comunidade!

Todos os dias precisamos fazer escolhas e elas envolvem as pessoas com as quais convivemos. Exemplos: Levantar ou ficar na cama. Fazer almoço ou almoçar fora. Sair para o trabalho ou ficar em casa. Comprar ou não uma roupa nova. Trocar ou não de carro. Falar ou ficar calado diante de um determinado assunto. Agir ou não diante de uma determinada situação. Fazer ou não aquela visita. Assumir ou não um cargo no presbitério. Participar ou não dos trabalhos da comunidade. Elogiar ou criticar. Enfim, são muitas as situações colocadas diante de nós a cada dia que exigem uma escolha. Em todas as situações da vida sempre temos duas ou mais possibilidades para escolher. Sempre temos que optar entre uma ou outra atitude. Somos livres para escolher.

A partir das lembranças do agir e do amor de Deus na história do povo de Israel (a libertação da escravidão no Egito; a nuvem e a coluna de fogo que guiou o povo no caminho pelo deserto, o maná e as codornizes que saciaram a fome, a água da rocha que matou a sede; entre muitos outros eventos e sinais colocados por Deus) o povo de Israel, conforme o texto de Deuteronômio tem a liberdade de escolher. Deus nada impõe, mas dá a liberdade de escolha, deixando claro que a escolha também implica responsabilidade e compromisso. Deus exige exclusividade, pois se o coração do povo se deixa seduzir e desviar, adorando outros deuses, com certeza voltarão a escravidão e perecerão.

Deus conclama Israel, e nós também, para decidir-se pela vida e o bem. A escolha da vida e do bem está ligada ao cumprimento dos mandamentos: amar a Deus, andar em seus caminhos e guardar os seus mandamentos, mostrando isso nas atitudes. Deus deixa a liberdade de escolher, mas deseja que seu povo escolha a vida, o bem e a benção. Deus coloca duas opções: escolher o caminho da vida, do bem e da benção ou escolher o caminho da morte, do mal e da maldição. Há liberdade de escolha. No entanto, cada escolha tem sua consequência. A escolha da vida está ligada ao grande mandamento do amor a Deus ampliado por Jesus. Toda escolha de uma pessoa cristã deve sempre estar firmada no duplo mandamento do amor. O culto cristão está ligado a uma vida guiada por atitudes éticas, amorosas e transformadoras. A fé vem pelo ouvir a pregação, e a pregação pela palavra de Cristo. A consequência de ouvir a palavra de Cristo é a pratica do amor.

A graça de Deus não é barata, exige escolhas, compromisso e transformação. De geração em geração era e é necessário tornar compreensível a vontade de Deus. O termo hoje implica decisão/escolha contínua e cotidiana. Cada novo dia temos a liberdade e a responsabilidade de escolher o bem.
Para finalizar quero contar uma estória, que diz assim:

“Uma enorme fila havia se formado diante de um caixa no supermercado. Uma senhora idosa estava pagando suas compras. Atrás dela, encontrava- se uma mãe com seu filho de cinco anos e um carrinho carregado de compras. A criança impaciente empurrava com a força que tinha o carrinho contra as pernas da vovó. A primeira vez a vovó não disse nada. A criança, no entanto, continuou a empurrar o carrinho contra a vovó. Ela então pediu ao menino, com delicadeza, para que ele parasse com isso, pois a estava machucando. O menino não parou. Então a vovó já meio desesperada pede a mãe do menino que intervenha e o faça parar. A mãe responde meio agressiva: Meu filho querido foi educado com liberdade, pode fazer o que quer. A vovó fica se palavras. E o carrinho continua a machucar as pernas dela.

Atrás da senhora com o menino se encontrava um senhor que escutou tudo isso com um pote de mel nas mãos, aguardando o momento de pagá-lo. Com calma ele abre a tampa do vidro de mel e derrama sobre a roupa da mãe da criança e diz: Eu também fui educado com liberdade de fazer o que quero!”

Deus, através de sua palavra, quer nos dizer com amor e sabedoria como devemos fazer nossas escolhas, para que minha vida não destrua e maltrate a vida dos outros ao meu redor. Para que minha vida seja verdadeira. E a vida daqueles que estão ao meu redor seja contagiada pelas boas escolhas que faço. E assim possamos seguir firmes anunciando e vivendo o amor de Deus revelado em Jesus Cristo nosso único Senhor e Salvador.
Que o Espírito Santo de Deus nos ajude. Amém.

HINO
414 – HPD 2 – Quem que cantar do amor

CONFISSÃO DE FÉ
Juntos vamos confessar a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
434 – HPD 2 – Momento novo

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Todo poderoso Deus, doador da vida e de toda boa dádiva, te agradecemos pelo dia de hoje. Por tudo que aprendemos e ensinamos. Pelos momentos de convívio com familiares e amigos. Agradecemos-te pelo dom da vida, pela nossa família, pelo nosso lar, pelo pão nosso de cada dia, enfim por tudo aquilo que nos dás para que nossa vida seja verdadeira. Agradecemos-te pela palavra lida e meditada, que nos orienta e desafia para escolhas diárias orientadas pelo tua palavra.
Pedimos-te Senhor pelas pessoas doentes, enlutadas, desanimadas, entristecidas, enfim por todas aquelas que neste momento sofrem. Usa de tua misericórdia e concede a cada uma aquilo que precisa.
Pedimos pelos governantes de nosso país para que suas escolhas sejam baseadas na justiça, para o bem da nação.
Pedimos pela tua Igreja espalhada pela Brasil, pelas lideranças e ministros para que tenham sabedoria na condução dos trabalhos da tua Seara.
Pedimos por discernimento e ousadia para colocar em prática em nosso dia a dia o que aprendemos da tua palavra.
Senhor, muito temos a pedir, mas muito mais temos a agradecer. Tu conheces o nosso coração e sabes o que precisamos. Aquilo que temos guardado em nosso coração colocamos na oração que Jesus Cristo nos ensinou dizendo...

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que Deus te abençoe e te guarde. Que ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a sua paz. Que assim te abençoe o Trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo (+). Amém

ENVIO
Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria.

CANTO FINAL
368 – HPD 2 – Paz, paz de Cristo


Autor(a): Fabiani Appelt
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 16º Domingo após Pentecostes
Testamento: Antigo / Livro: Deuteronômio / Capitulo: 30 / Versículo Inicial: 15 / Versículo Final: 20
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2016
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 38280

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Fé significa confiar e construir sobre a misericórdia de Deus.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Meu filho, escute o que o seu pai ensina e preste atenção no que a sua mãe diz. Os ensinamentos deles vão aperfeiçoar o seu caráter.
Provérbios 1.8-9
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br