Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

João 2.13-22 - 3º Domingo da Quaresma - 08.03.2015

Caderno de Cultos 2015

04/03/2015

08/03/2015- DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES
Pregação: Jo 2.13-22; Leituras: Ex 20.1-17; 1Co 1.18-25
Pa. Evelyne Regina Goebel – Primavera do Leste - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia! (Boa noite) Sejam todos bem vindos e bem vindas ao santo Culto. Aqui todos têm lugar, aqui formamos uma só família. Aqui temos a oportunidade de nos reencontramos conosco mesmos, uns com os outros e também nos reencontramos com o próprio Deus.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
325 – HPD2 – Aqui você tem lugar

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Reunimo-nos aqui em nome e na presença do Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém. Convido-os para cantarmos o hino...

CANTOS DE INVOCAÇÃO
321 – HPD2 – Vento que anima

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Deus, aqui estamos de mãos vazias, mas de coração cheio, pois pecamos em palavras, ações, omissões e pensamentos. Pecamos quando mantemos práticas religiosas, onde queremos chegar mais perto de ti, e isso cada vez nos afasta mais de ti. Pedimos perdão, por não cumprir a tua vontade para a nossa vida. Assim rogamos pelo teu Espírito de sabedoria, discernimento para cumprir aquilo que é do teu agrado. Guarde-nos sobre o teu olhar. Em nome de Jesus. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Ouçam o que a Palavra de Deus nos diz no Salmo 32.5: “Então eu te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade. Resolvi confessar tudo a ti, e tu perdoaste todos os meus pecados”. Que possamos afirmar como o salmista e crer no perdão de Deus.

KYRIE
Como pessoas cristãs, não estamos fora do mundo, fazemos parte dele, e também orarmos e rogamos a Deus para que renove a sua criação. Por isso oremos:

Pai de eterno amor, olha para este mundo que ainda lhe pertence, envia suas misericórdias e bênçãos para toda a tua criação. Lembra-te de povos que enfrentam guerras, que choram e clamam por paz. Que o teu poder sustente o testemunho cristão em todos os tempos e lugares. Amém.

GLÓRIA IN EXCELSIS
Agraciados com o perdão de Deus, e na esperança que Ele ouve e responde nossas súplicas, cantemos glórias ao seu nome. (cantar o glória que a comunidade conhece)

ORAÇÃO DO DIA
A tua graça é melhor que a vida, ela vem sustentando todo o testemunho, desde os profetas, profetisas, discípulos e discípulas e até hoje. Cuida do nosso ouvir e falar agora. Que a tua Santa Palavra proclamada, entre em nosso coração e transforme nosso viver. Em nome de Jesus. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Êx 20.1-17

2ª Leitura Bíblica: 1Co 1.18-25

3ª Leitura Bíblica: Jo 2.13-22

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
383 – HPD2 – A lei do Senhor é perfeita

PREGAÇÃO
Prezada comunidade! Caros irmãos e irmãs na fé!

Para os judeus, o templo era o lugar privilegiado de encontro com Deus. Ali se colocavam as ofertas e sacrifícios levados pelos judeus do mundo inteiro, e formava assim um verdadeiro tesouro, administrado pelos sacerdotes. A casa de oração se tornara lugar de comércio e poder, disfarçados em culto piedoso.

Expulsando os comerciantes, Jesus denuncia a opressão e a exploração dos pobres pelas autoridades religiosas. Predizendo a ruína do templo, ele mostra que essa instituição religiosa já estava falida. Doravante, o verdadeiro Templo é o corpo de Jesus, que morre e ressuscita. Deus não quer habitar em edifícios, mas na própria pessoa. Apóstolo Paulo afirma que nosso corpo é templo do Espírito Santo.

O Evangelho de João é conhecido como “Evangelho do amor”, mas ele apresenta Jesus em um momento de ira, de revolta. João aponta para um Jesus humano, que também teve seus momentos de raiva e indignação. Ele estava ali para cuidar da casa de seu Pai. Para mudar práticas.

Por vezes achamos tudo tão normal e relativizamos tudo na vida e mundo que não questionamos mais nada. Ouvimos muitas vezes: “a vida é assim mesmo não tem o que fazer”. Jesus muda a realidade do templo e aponta um problema. O templo girava em torno do econômico e legitimava o sistema econômico, que por sua vez, legitimava o político e o ideológico. E o econômico era decidido pelo Império Romano, e esse designava o sumo sacerdote, que por sua vez, legitimava a opressão via a religião. Jesus diz no versículo 16: “Tirem tudo isto daqui! Parem de fazer da casa do meu Pai um mercado!”. O problema não era somente vender algumas pombas e cabritos, mas era na verdade, a venda de todo um país, do povo e do projeto de Deus. Assim para Jesus, o templo era um empecilho para a construção do Reino de Deus, o que deveria ser o contrário.

O texto do Evangelho de João também nos leva a refletir e questionar sobre a prática da Igreja hoje. Estamos um tempo onde se vende de tudo nas igrejas, sabonetes abençoados, espadinha para lutar com o diabo, envelopes para fogueira santa, enfim, uma infinidade de ‘produtos’ para alcançar a salvação.

O tempo dos sacrifícios e holocaustos já passou. Jesus veio ao mundo como o sacrifício derradeiro. “Pois o sangue de touros e de bodes não pode, de modo nenhum, tirar os pecados de ninguém. Por isso Cristo, ao entrar no mundo disse: “Tu, ó Deus, não queres animais oferecidos em sacrifícios nem ofertas de cereais, mas preparaste um corpo para mim. Não te agradam as ofertas de animais queimados inteiros no altar nem os sacrifícios oferecidos para tirar pecados”. (Hebreus 104-6).

Jesus quer que ofereçamos a nossa vida para cumprir a vontade de Deus. Quer o servimos com nossas bocas, nossas mãos, nossos pés, nosso corpo inteiro, no cuidado aos menos favorecidos. Na busca por justiça, igualdade e vida abundante para todos e todas.

Creio que esta narração de João, situada no início do ministério de Jesus, tem o propósito de mostrar logo de cara, que Jesus vinha para mudar as práticas religiosas. Vinha para mostrar ao mundo que o amor às pessoas é maior desejo de Deus. Que os sacrifícios e holocaustos deveriam estar a serviço do próximo, por isso ele mesmo se sacrificou em amor ao Pai e ao mundo. Amém.

HINO
434 – HPD2 – Deus chama a gente pr’um momento novo

CONFISSÃO DE FÉ
Depois de ouvirmos da palavra de Deus e a sua interpretação, convido-os para confessarmos a nossa fé no Deus único e poderoso, e fazemos isso com as palavras do Credo Apostólico...

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
424 – HPD2 – O pão nosso de cada dia

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Acolhe os pedidos mencionados, e responda a cada qual, conforme a tua bondade e misericórdia, tudo o mais queremos colocar na tua presença com as palavras da oração que teu próprio Filho nos ensinou...
PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que o Senhor vos abençoe e vos guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós, que o Senhor levante o seu rosto e vos dê a sua paz.
ENVIO
Vamos na paz do Senhor e que o sirvamos com alegria.
CANTO FINAL
333 – HPD2 – Estamos aqui Senhor


 


Autor(a): Evelyne Regina Goebel
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: 3º Domingo na Quaresma
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 13 / Versículo Final: 22
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31264

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Que a graça e a paz estejam com vocês e aumentem cada vez mais, por meio do conhecimento que vocês têm de Deus e de Jesus, o nosso Senhor.
2Pedro 1.2
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O Senhor renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como Ele mesmo prometeu.
Salmo 23.3
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br