Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

João 9.1-11 - 4º Domingo na Quaresma - 30.03.2014

Caderno de Cultos 2014

30/03/2014

30/03/2014 – 4º DOMINGO NA QUARESMA
Texto para prédica: João 9.1-11 Demais leituras: 1Sm 16.1-13; Ef 5.8-14
Tatiane Fick Ertmann Stele – Projeto Missionário Sul do Pará

ACOLHIDA
Sejam todos bem vindos a este culto. Quero acolhe-los com uma palavra bíblica de João 8.12b que diz: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue nunca andará na escuridão, mas terá a luz da vida.” Jesus se revelou a nós! Quer ser a luz da nossa vida. Que ao celebrarmos este culto, possamos estar testemunhando que Jesus brilha nas nossas vidas. Que O possamos exaltar por ser a luz dos nossos caminhos. Amém.

Também aqueles que nos visitam, desejamos as boas vindas e que se sintam bem entre nós. Que também possam se sentir amados e acolhidos. Se sintam a vontade de participar conosco, sempre que puderem e quiserem.

CANTO DE ENTRADA
165 - HPD – Há sinais de paz e de graça

Ou: Nº ____________________________________________________

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO
Em nome e na presença do nosso Deus triuno, Pai, Filho e Espírito Santo, Senhor Todo-poderoso sobre a escuridão e as trevas que rodeiam nossas vidas é que aqui estamos e celebramos este culto. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
140 - HPD – Ó vem meu Criador

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Querido e amado Senhor, tu que és o nosso Deus poderoso, que nos liberta da morte e do poder do inimigo, somos-te gratos pelo amor a nós revelado em Jesus Cristo, nosso Salvador. Reconhecemos que teu ato na cruz é grandioso demais, e que não merecemos tua grande misericórdia e bondade. Tu quer ser luz nas nossas vidas e nós, em muitos momentos optamos em andar sozinhos e perdidos na escuridão da vida. Pecamos e nos distanciamos de ti quando não permitimos que a luz da tua graça brilhe sobre nós e nos oriente. Cada um de nós Senhor, tem muito que colocar diante de ti, tu conheces cada coração. Sabe tudo o que afeta o nosso relacionamento contigo. Queremos deixar tudo o que nos afastou de ti para trás. Por isso clamamos, tem Senhor misericórdia de nós e nos perdoa. Ensina-nos a andar na tua luz. Em nome do nosso Salvador Jesus que morreu na cruz pelos nossos pecados. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Em Provérbios 28.13 encontramos uma palavra que nos diz: “Quem esconder os seus pecados não terá sucesso na vida, mas Deus tem misericórdia de quem confessa os seus pecados e os abandona”! Para todos aqueles que confessaram e se arrependeram de seus pecados e tem o sincero desejo de abandoná-los, em nome do triuno Deus Pai, Filho e Espírito Santo, eu anuncio o perdão dos vossos pecados. Amém.


KYRIE
Clamemos também ao Senhor pelas dores do mundo. Por todas as nações que sofrem por meio da miséria, doenças e por falta de qualquer perspectiva. Clamemos ao Senhor, por nosso país, que olhe para o sofrimento de muitos brasileiros desempregados, por crianças sem esperança de um futuro melhor. Pedimos que Deus traga nova esperança. Que sua luz brilhe em meio às trevas com todo o poder. Clamemos por nossa comunidade que em meio às trevas deste mundo reflita a luz de Jesus. Que nossa igreja seja um testemunho vivo do amor de Deus pela humanidade. Colocamos estes e tantos outros clamores nas mãos de Deus cantando:

Pelas dores deste mundo, ó Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________


GLÓRIA IN EXCELSIS
Pelo seu amor e pela sua bondade, pela certeza do seu agir restaurador e transformador, damos graças ao Senhor, cantando:
209 - HPD – Deus sempre me ama

Ou: Nº ____________________________________________________


ORAÇÃO DO DIA
Pai de amor, nosso Salvador benigno, Espírito Santo animador da nossa fé, louvamos-te por que teu agir nas nossas vidas nos torna teus filhos e filhas. Obrigada por tua graça que nos transforma. Obrigada pela tua luz que nos guia. Obrigada pelo teu perdão, salvação e vida eterna. Obrigada por nunca nos negares teu divino amor. Por isso é que pedimos, fortalece-nos a cada dia com tua Palavra. Fala ao nosso coração também hoje, neste lugar. Derrama teu Santo Espírito, e age em nós e através de nós no ouvir e meditar da tua Santa Palavra. Assim oramos, em nome de Jesus. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA
LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: 1 Samuel 16.1-13

2ª Leitura Bíblica: Efésios 5.8-14

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
381 - HPD – Pela Palavra de Deus

PREGAÇÃO
Texto da Pregação: João 9.1-11

O texto que acabamos de ler é uma das mais belas histórias da Bíblia. A cura de um cego de nascença. Alguém que sai da escuridão para a luz.
Afirma o texto que Jesus, passando, viu um cego de nascença. Ali estava aquele homem. Nasceu cego. Cresceu cego. Não sabia ler nem escrever. Não tinha utilidade para a sociedade judaica. Atualmente os cegos podem aprender, ler e escrever, pois há o sistema Braille. Mas no tempo de Jesus os cegos não tinham valor algum. E nascendo cego, eram logo apontados como sendo castigados por pecados. É a concepção das pessoas da época, conforme podemos também observar no próprio texto (vers. 2). Este homem, cego, que havia passado toda sua vida na escuridão, era visto assim. Seu sofrimento era relacionado com castigo. E se estava sendo castigado, porque então ajudar? Assim permanecia abandonado, sozinho, dependendo da caridade e da compaixão de quem por ele passasse. É interessante que Jesus andando, o viu. Mesmo sendo Jerusalém uma grande cidade, com certeza com muitas aglomerações, muita gente nas ruas, povo por todos os lados, Jesus nota aquele que não era notado. Um olhar superficial nos mostra apenas multidão. Mas o olhar de Jesus não é superficial. Jesus não vê multidões. Jesus vê cada indivíduo. E Jesus prendeu sua atenção naquele pobre homem cego de nascença. Aí os seus discípulos, que estavam imersos na crença da causa e efeito, já começaram a indagá-lo, com um julgamento errado: E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? (João 9.2)
E nós, seres humanos, somos assim mesmo, implacáveis! Julgamos o que não sabemos, condenamos com preconceitos, nos deixamos levar pelas aparências. Tratamos com indiferença, vemos multidões, não enxergamos o cuidado que cada ser individualmente necessita. Mas Deus não é assim. Por isso Ele escolheu Davi – conhecia o coração de Davi. Olha em meio à multidão. Olha para aquele que não é visto. Jesus também mostra isso. Parou para falar com o cego de nascença. Isso é realmente maravilhoso! Jesus se importa com cada ser humano. Sem distinção. O mestre mostra aos seus discípulos que não havia nenhum castigo e nenhuma maldição hereditária sobre a vida daquele homem. Ao contrário, havia, na realidade humana daquela geração, uma cegueira muito mais profunda e pavorosa do que aquela em que se deixa de ter a visão física desta realidade.
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus. (João 9.2). Ou seja, este pobre homem estava tendo ali a oportunidade de ver a Jesus, conhecer a luz do mundo. Algo maravilhoso e extremamente mais importante do que sua cegueira física. Quantos são aqueles, que mesmo vendo perfeitamente vivem sem enxergar com excelência o sentido real da vida?
É o que se dá com os fariseus. Jesus novamente faz esta cura num sábado (João 9.14) e este é motivo suficiente para os fariseus para condenar a ação de Jesus. Para eles, Jesus estava descumprindo a lei. Não podia ser ação divina por isso. Não entendiam que o próprio Deus agia ali. Assim podemos ver em quão densas trevas os fariseus se encontravam. Levando uma vida sem nenhum sentido nobre e real, eles se prenderam a legalismos e rituais pesados. Deixaram esfriar o amor nos corações e se esqueceram do principal da lei. Jesus mesmo nos ensina que a medida para cumprir a lei é o amor.
Jesus quer dar sentido real à vida das pessoas, quando Ele diz: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. (João 8.12). Ele reafirma isso no versículo 5 do nosso texto: “Enquanto estou no mundo, eu sou a luz do mundo”. Ele conhece cada um, cada uma, sabe dos corações duros, que não enxergam a luz e se preocupa em trabalhar em favor destes enquanto há tempo, conforme o versículo 4. Jesus se preocupa com o indivíduo. Quer ser a luz pela qual todos podem viver e caminhar de fato, não andando mais em trevas. E é neste sentido que Jesus trabalha. Jesus aproveita a oportunidade para trazer lições morais valiosíssimas quando realiza este milagre. Ele poderia ter simplesmente declarado a cura imediata do cego de nascença, como fez em outras situações. Mas não, Jesus tem um objetivo maior: que outros passem a enxergar a partir desta ação. Por isso o cego é enviado a se lavar no Tanque de Siloé. Ali muitas pessoas veriam o que havia acontecido e teriam a oportunidade de crer. Isto significa que Jesus queria não só curar a cegueira física, palpável, como também abrir os olhos espirituais do cego e de todos demais.
O ato de passar lama nos olhos do cego significa a cegueira espiritual das pessoas. A sujeira que cega, mas, que, após ser lavada, dá nova visão.
O cego poderia muito bem ter ignorado a ato de Jesus, e sua ordem de ir lavar seus olhos. Mas não. Ele estava ali para obedecer, estava ali para confiar, e para exaltar o nome de Deus. Deste modo o homem cego de nascença, parte para lavar a lama de seus olhos, no Tanque de Siloé, para que uma vez curado, possa também ter um rumo a seguir, um norte para se guiar, ao passo que Jesus se apresenta como tal direção e como sentido supremo da vida.
Da mesma maneira como este cego confiou no agir e ordem de Jesus, é preciso que também nós nos desponhamos para esta cura. Devemos sempre pedir a Deus que remova a lama que nos impede de ver o seu propósito e a sua luz. Jesus veio para que possamos ver, mas, muitos infelizmente permanecem perdidos, em trevas, cegos, muito embora seus olhos funcionem muito bem. É preciso assim como ouvimos de Efésios 5.14: “Desperta o tu que dormes, levanta-te, que Cristo te iluminará”. Que Deus não permita nossa cegueira espiritual, mas que nos desperte para a luz da vida. Que esta seja a nossa oração todos os dias. Amém.

HINO
92 - HPD – Sol da graça, luz do amor

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta a Palavra ouvida, convido para expressar a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas).
50 - HPD – Nossos corações pertencem ao varão de Gólgota

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________
Outros__________________________________________________

ANIVERSARIANTES
________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração
1. Aniversariantes_________________________________________
2. _____________________________________________________
3. _____________________________________________________
4. _____________________________________________________
Senhor Deus! Ouvimos tua Palavra. Pedimos que esta Palavra possa se estender além deste momento na nossa vida e na vida de outras pessoas. Ajuda-nos a confiar em Ti em cada momento. Ensina-nos a lavar os nossos olhos sempre que a cegueira gerada pelo poder do inimigo tome conta de nós. Abre Senhor os nossos olhos e nos conduz para a luz que tu és. Nos ajuda também a refletir a tua luz para as outras pessoas.
Colocamos em tuas mãos todas as pessoas cujo nome foram aqui mencionados. Também por aqueles que temos nos nossos pensamentos. Tu os conheces Senhor. Cremos que tu os olhas de forma individual e que tu irás conceder aquilo que é necessário na vida de cada um de forma bem particular, assim como fizeste na vida daquele cego de nascença. Sê tu com eles, nosso amado Senhor, para honra e glória do teu santo nome. Pedimos ainda a tua bênção sobre cada família aqui representada. Cuida também da tua igreja. Dá que seja instrumento que reflete também a tua luz de forma clara. Assim colocamos tudo nas tuas mãos, na certeza que tu ouve a nossa oração e que irá respondê-la conforme a tua santa vontade. Em nome de Jesus Cristo, nosso Salvador que nos ensinou a dizer:

Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA
BÊNÇÃO
Que o Senhor nos abençoe e nos guarde. Que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre nós e tenha misericórdia de nós. Que o Senhor sobre nós levante o seu rosto, nos dê e nos acompanhe com a sua paz.

ENVIO
Vamos na paz do nosso Senhor e que Ele nos guie com sua luz. Amém.

CANTO FINAL
373 - HPD – Deus te abençoe.


Autor(a): Tatiane Fick Ertmann Stele
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: 4º Domingo na Quaresma
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 9 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 11
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2014
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 26188

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Quem é tão forte que não necessite também de consolo do menor dos seus irmãos?
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros!
1Pedro 4.10b
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br