Sínodo Mato Grosso



Rua Alberto Velho Moreira , 48 - Bandeirantes
CEP 78010-180 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 9846-83271 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@outlook.com
ID: 10

Lucas 3 7-18 - 3º Domingo de Advento - 12/12/2021

Caderno de Cultos 2021 - Sínodo Mato Grosso

12/12/2021

12/12/2021 – 3º Domingo de Advento
Leituras: Isaías 12 2-6 – Lucas 3 7-18
Pregação: Lucas 3 7-18
Miss. Elcio Ricardo da Silva – Paróquia de Água Boa - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Seja bem-vindo a este tempo de celebração. É muito bom ter você aqui. Desejo que a palavra de Deus possa falar de maneira especial ao seu coração durante este culto. Nós viemos de diferentes endereços. Chegamos aqui por diferentes meios de transportes. Trazemos no coração diferentes sentimentos. Mas quando nos reunimos como comunidade para celebrar a Deus, Ele olha para nós e nos convida a depositarmos diante do seu altar tudo aquilo que trazemos. Como comunidade nos reunimos. Como comunidade celebramos.
Saúdo-nos com as palavras de Efésios 5 15-16 que dizem: “Prestem atenção na sua maneira de viver. Não vivam como os ignorantes, mas como os sábios. Os dias que vivemos são maus. Por isso aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm”. Estamos no tempo de Advento. Nos encaminhamos para o final do tempo da espera. É chegado o momento de olharmos para o menino da manjedoura: Jesus. Aquele que veio para nos dar vida nova e abundante. Somos convidados a testemunharmos sobre aquele que nos oferece algo novo. Que este tempo de culto nos sirva para avaliarmos como temos vivido e que não percamos a oportunidade de ouvirmos da palavra que é viva e transformadora. Em meio aos dias maus Deus no convida a aguardarmos pela redenção.

Acolhida aos visitantes:
Gostaria de acolher os visitantes. “É muito bom ter você aqui”. Nos alegramos com a sua escolha em celebrar com a nossa comunidade. Tenha liberdade de voltar quando desejar e querendo fazer desta igreja a sua igreja: Seja muito bem-vindo. Receba o nosso abraço ao início deste culto.


CANTO DE ENTRADA
Nº 003 – Livro de canto - Deus trino
Ou: Nº ____________________________________________________


SAUDAÇÃO
Na presença do Trino Deus nos reunimos aqui.
Em nome do Deus que é Pai – Criador de todas as coisas.
Em nome do Filho – Jesus Cristo que por nós se entregou.
Em nome do Espírito Santo – consolador e animador para que continuemos e caminhada.
Envolvidos pelo amor de Deus celebramos. Amém.


CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 581 – Livro de Canto – Deus sempre me ama
Ou: Nº ____________________________________________________


CONFISSÃO DE PECADOS
Amado Senhor.
Ainda antes do sol aparecer no céu e a noite chegar ao fim, antes de formarem os montes e separarem mar e terra, tu, Deus, és nosso Deus, nosso refúgio sempre. Para ti vivemos, para ti morremos – nós vamos de ti para ti. Tua palavra nos diz no Salmo 86.5 “Ó Senhor, tu és bom e perdoador e tens muito amor por todos os que oram a ti” Tu és o Deus que tem cuidado de nós. Por isso também queremos diante de ti colocar os nossos pecados e rogar pelo teu perdão. Ouve Senhor nossa oração neste momento. Pecamos em pensamentos, palavras, ações e omissões. Nós por nossas próprias forças não conseguimos nos libertar dos nossos erros. Vem Senhor em nosso auxílio e dá-nos do teu perdão. Perdão Senhor pelas vezes que não reconhecemos o teu amor. Perdão Senhor pelas vezes que deixamos a tua palavra de lado e não a reconhecemos como as palavras da vida eterna. Perdão Senhor pelas vezes que não colocamos em pratica o mandamento do amor para com o próximo. Perdão Senhor quando em pensamentos, palavras e ações não agimos conforme o teu querer. Perdão Senhor pela nossa omissão diante das injustiças do mundo. Perdão Senhor quando não testemunhas sobre a tua palavra. Perdão Senhor quando a nossa confissão não é sincera e o nosso arrependimento não é verdadeiro. Perdão Senhor! Perdão Senhor!
Assim Deus amado que através de tua graça sejamos perdoados. Que o perdão seja derramado abundantemente sobre todos aqueles que de coração sincero tem se colocado diante de ti em confissão. Ouve Senhor a nossa oração e que por tua graça, bondade e amor possamos receber o perdão. Em teu santo nome. Amém.


ANÚNCIO DO PERDÃO
“Deus é o mesmo Senhor de todos e abençoa generosamente todos os que pedem a sua ajuda” (Rm 10.12). O perdão de Deus não pode ser comprado, ele é um presente que recebemos gratuitamente. Este presente é concedido a todos aqueles que o pedem. Generosamente Deus concede do seu perdão a todos aqueles que se colocam em sua presença e fazem o seu momento de confissão com sinceridade. Que assim nos perdoe e abençoe o Deus todo poderoso. Amém.


KYRIE
Rogamos para que Deus derrame da sua infinita graça sobre este mundo. Que nossas orações possam brotar do nosso coração e que assim diante de Deus ofereçamos os nossos louvores e façamos as nossas súplicas. Pelo mundo suplicamos por graça:

Nº 41 – Livro de Canto – Infinita graça
Ou: Nº ____________________________________________________


ORAÇÃO DO DIA
Nós te louvamos Senhor, porque em tua infinita graça podemos descansar. Tu nos acolhes e nos dás direção. Quanto tudo a nossa volta está no caos, tu és a rocha que dá sustentação e segurança. Agora dá a nós entendimento diante da tua palavra. Que nosso coração seja a boa terra onde a semente de tua palavra possa crescer e frutificar. Ensina-nos Senhor. Em teu santo nome. Amém.


LITURGIA DA PALAVRA


LEITURAS BÍBLICAS

1ª Leitura Bíblica: Isaías 12 2-6
Aclamemos o Evangelho cantando: Aleluia.

2ª Leitura Bíblica: Lucas 3 7-18


CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 619 - Livro de Canto – Meu bom pastor
Ou: Nº ____________________________________________________

 

PREGAÇÃO


Prezada Comunidade


Era uma vez um hotel chamado Estrela de Prata. O hoteleiro não conseguia fazer a receita cobrir as despesas, embora se esforçasse ao máximo para atrair hóspedes oferecendo um hotel confortável, um serviço cordial e preços razoáveis. Por isto, desesperado, foi consultar um sábio.
Depois de ouvi-lo contar suas dificuldades, o sábio disse:
– É muito simples. Você deve mudar o nome do hotel.
– Impossível, – retrucou o hoteleiro. – Há gerações ele é Estrela de Prata, assim é conhecido em todo o país.
– Não, disse o sábio com firmeza.
– Agora você deve chamá-lo de Cinco Sinos e, na entrada, colocar uma fileira de seis sinos.
– Seis sinos? Isso é absurdo! De que adiantaria?
– Experimente e verá, – recomendou o sábio com um sorriso.
Então, o hoteleiro experimentou, e eis o que viu: cada viajante que passava pelo hotel fazia questão de entrar para apontar o erro, acreditando que ninguém o notara.
Uma vez lá dentro, impressionava-se com a cordialidade dos serviços e ficava para repousar, propiciando ao hoteleiro, desse modo, rendimentos que ele não conseguira por tanto tempo.
Moral da história: Poucas coisas dão mais prazer ao ego do que corrigir os erros de outras pessoas.

O evangelho que lemos nos aponta para João Batista e sua pregação acerca do arrependimento. Diferente da moral da nossa história que fala em prazer do ego de quem aponta o erro, João Batista, não o faz para inflar seu ego, mas ele chama ao arrependimento, porque esta era a sua missão. Missão dada por Deus.
Algumas pessoas queriam ser batizadas por João porque pensavam que assim escapariam do castigo eterno, mas eles não queriam voltar-se para Deus. Eles imaginam o batismo como um ingresso que dava livre acesso a salvação de Deus. Também em nossos dias muitos imaginam o batismo assim. Como uma apólice de seguro ou então uma caderneta de vacinação. Alguns até mudam de igreja de tempos em tempos para serem batizados e assim irem completando a sua carteirinha (como se faz com a carteirinha de vacinação).

O texto inicia com palavras fortes: “ninhada de cobras venenosas” ou em outra versão “raça de víboras”. Nós não gostamos de estar na presença ou sendo ameaçados por uma cobra venenosa, ou nós fugimos dela ou a matamos para nos defender. João ao chamar o povo assim, ele estava desmascarando o povo que vivia envolto em uma nuvem de hipocrisia e fingimento. Sua pregação chama ao arrependimento.

Mas a pregação de João fala de arrependimento e confissão de pecados que implicam em mudança de vida. As palavras mais severas de Jesus foram dirigidas aos respeitáveis líderes religiosos, que careciam do desejo de uma verdadeira mudança. Estes líderes queriam ser reconhecidos como autoridades religiosas, mas não almejavam uma mudança no seu próprio coração. Em outras palavras, como diz o nosso ditado popular: “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. Assim sendo a vida de fé deles era improdutiva. A mudança de vida está intimamente ligada a mudança de atitude.
A multidão até contestou dizendo a João que eles tinham por pai Abraão. Seu pensamento era que a fé poderia ser passada de uma geração para a outra como se fosse algo hereditário. A multidão tinha a ideia presunçosa de que Deus não poderia viver sem ela. A este fato João responde apontando para as pedras dizendo: “Destas pedras do deserto, Deus pode suscitar filhos de Abraão”

Quando não há mudança de atitude, então não haverá frutos e por este motivo, ou seja, por esta falta de arrependimento e mudança que: “O machado já está pronto para cortar a arvore pela raiz”. Jesus também nos alerta para isso em João 15, quando ele diz que o galho da videira que não produz frutos será cortado, jogado no monte e quando estiver seco será queimado, pois para nada ele serve.

Então vem a grande pergunta após as duras palavras de João: “o que devemos fazer?”
A reposta de João nos deixa claro que ele não tinha o propósito de romper com a correlação entre conversão e profissão terrena. Ele não solicita que alguém permaneça com ele no deserto. Mas, ao contrário disso, depois de ter constatado os sinais de um arrependimento interior, ele remete cada um de volta a sua condição social e profissional, exigindo dentro dessa categoria e profissão frutos verdadeiros da conversão. João Batista não transforma em lei para os demais o seu estilo de vida. Importa para ele que a pessoa tenha uma mudança de atitude lá onde ela vive, lá onde ela trabalha. João vai exigir apenas e tão somente o amor genuíno, o amor que se importa com o próximo.

A fila dos que perguntam a João sobre o que fazer cresce: primeiro foi o povo, depois os cobradores de impostos e finalmente os soldados. Olhando atentamente as respostas dadas por João não vamos encontrar em nenhum dos casos o pedido para que abandonem suas profissões.
João não compromete o povo para que viva em pobreza, mas com a doação. Não é a profissão do cobrador de impostos que o torna culpado, mas sim a ladroagem. Aos que se encontram no serviço militar não lhes são tiradas as armas, mas são impedidos da ganância da extorsão e de atos de cruel violência.

A mensagem de João germinou em solos improváveis. Mas ele sabia que lavar a velha sujeira não ajudaria no longo prazo. Aquele presente, aquela mudança de vida precisavam ir além, por isso João aponta para o Messias. O povo pensa ser ele o Messias, mas ele desprovido do seu ego (diferente dos que entrava no hotel para corrigir o erro dos sinos em nossa história inicial) deixa claro que ele não é o Messias. Este ainda estava por vir.

Por mais de 400 anos não havia se levantado um profeta. O povo ao ver a pregação de João Batista pensa ser ele um novo profeta. Sua mensagem era de conversão e arrependimento. Aliás, esta mensagem continua sendo também para nós hoje. A conversão e o arrependimento continuam sendo a mensagem principal da igreja porque as mudanças reais das pessoas só aconteceram por meio do arrependimento e da conversão.

João Batista não fez nenhum milagre. Ele era o milagre. Ele era a voz profética. Ele dizia que aquele que viria era maior do que ele.

O batismo de João simbolizava a purificação dos pecados. Estava de acordo com a sua mensagem de arrependimento e conversão/correção. Já o batismo de Jesus (Atos 2 – a vinda do Espírito Santo) equipa-nos com o poder para fazermos a vontade de Deus. A água toca somente a superfície, mas o fogo penetra nas substâncias das coisas.

Para finalizar:

Não nos enganemos. É necessário viver uma vida de constante arrependimento. O julgamento acontecerá. Muitos vivem a sua vida como se o julgamento de Deus nunca fosse acontecer. Outros baseiam-se no fato de que Deus é amor e que por esta razão ninguém será condenado.
Aqueles que se recusam a viver com Deus são como a inútil cacas do grão que para nada serve e que por este motivo será queimada. Diferente é aqueles que vivem com Deus, que se arrependem e que corrigem o seu modo de vida. Eles são um grão nutritivo e por Deus serão usados.

João Batista anunciava o arrependimento e a conversão. Mas ele também anunciava o rico consolo de Deus para aqueles que o buscam.

Voltemos a nossa história inicial.
Você é alguém que vai entrar no hotel para dizer que o nome do hotel é diferente da quantidade de sinos porque você adora corrigir o próximo e inflar seu ego?
Ou você é alguém que tem vivido a sua vida de fé (conversão e arrependimento) de tal maneira que você tem sido uma testemunha viva do evangelho de Jesus.

A mensagem de João é:
a) Partilhe o que você tem com o necessitado.
b) Qualquer que seja o seu trabalho, faça-o com justiça
c) Esteja satisfeito com o que tem.

Viva uma vida justa e santa.
Seja uma testemunha do evangelho transformador, lá onde você vive. Lá onde você trabalha.
Que as pessoas a sua volta possam ver em você e através de você a mensagem de arrependimento e transformação do evangelho.

Medite sobre isso e que Deus te abençoe.

Amém


CONFISSÃO DE FÉ
Como resposta a palavra que acabamos de ouvir e movidos pelo Deus de amor queremos agora confessar a nossa fé.

Creio em Deus Pai, ...


CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 585 - Livro de Canto – Foi na cruz
Ou: Nº ____________________________________________________

 

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Senhor Deus, nós te somos gratos por este tempo de celebração. Te agradecemos por cada momento deste culto. Pelos louvores que entoamos e especialmente por tua palavra que ouvimos e refletimos. Graças te damos Senhor, porque tua palavra tem falado a nós. Tua palavra nos desafia ao processo da mudança. Tua palavra nos desafia ao arrependimento e a conversão. Hoje fomos desafiados a olhar para a nossa vida e assim vermos se temos sido uma testemunha autêntica do teu evangelho. Dá Senhor que teu evangelho transformador nos molde a cada dia e que neste moldar possamos ser luz na vida daquelas pessoas com as quais convivemos.
Amado Senhor, que o Espírito Santo nos toque e purifique. Que ele queime dentro de nós e nos faça ir ao encontro daqueles que não te conhecem. Daqueles que ainda não passaram pelo processo da conversão e da mudança. Que nossa vida sirva de exemplo a estes.
Senhor! Agora diante de ti queremos colocar os nossos pedidos. Lembramos agora Senhor, de pessoas e acontecimentos os quais queremos deixar diante de ti, na certeza de que em teu amor tudo está guardado. Lembramos bondoso Deus dos doentes, dos enlutados, do que passam por necessidade e especialmente por aqueles que perderam a esperança na vida. Rogamos Senhor que enchas o coração destes da certeza de que tu estás ao lado deles. Que eles possam perceber o teu cuidado. (aqui incluir demais pedidos)
Abençoa Senhor nosso trabalho, para que possamos realizá-lo com zelo e fervor e lembramos daqueles que não tem trabalho. Que tu Senhor possas animá-los e abençoá-los neste tempo de procura.
Abençoa Senhor nossa cidade, ou o local lá onde vivemos. Pedimos por nosso país, bem como pelo mundo. Mundo este carente de paz e de amor. Por nossas famílias pedimos. Cuida de cada um. Que possamos voltar as nossas casas em paz e segurança e dá Senhor que nosso coração seja preenchido de alegria de poder confiar em ti, sabendo que tu sempre nos acompanhas. Que assim bondoso Deus a tua graça, o teu amor e o teu Espírito Santo nos acompanhem hoje e sempre. E tudo mais que estiver em nosso coração e pensamentos neste momento nós colocamos diante de ti quando oramos dizendo:

Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor Jesus Cristo:
Esteja ao teu lado para te defender.
Esteja dentro de ti para te conservar
Esteja diante de ti para te conduzir
Esteja atrás de ti para te guardar
Esteja acima de ti para te abençoar
Amém.

ENVIO

Na certeza do evangelho transformador.
Ide em paz e servi ao Senhor com alegria


CANTO FINAL
Nº 301 - Livro de Canto – Bençãos virão
Nº 346 – Livro de Canto – Boa noite meu Pai (se o culto for a noite)

Ou: Nº ________________________________________
 


Autor(a): Missionário Elcio Ricardo da Silva
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Advento
Perfil do Domingo: 3º Domingo de Advento
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 7 / Versículo Final: 18
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2021
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 63520

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros!
1Pedro 4.10b
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Eu recomendo que ninguém exponha os seus filhos a lugar algum no qual a Escritura Sagrada não reina.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br