Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Romanos 8.14-17 - Domingo de Pentecostes - 19/05/2013

Caderno de Cultos 2013

19/05/2013

19/05/2013 – Domingo de Pentecostes
At 2.1-21; Pregação: Rm 8.14-17
Pa. Scheila dos Santos Dreher – Paróquia Evangélica de Confissão Luterana do Parecis


Preparo do culto: Por ser esta uma data especial no calendário da Igreja cristã – Pentecostes – o culto a seguir pressupõe a participação de um grupo: de confirmandos, mulheres, jovens ou outro, em alguns momentos! Por esta razão, também, algumas partes da liturgia regular foram suprimidas dando espaço para a mensagem do Pentecostes com o envolvimento de mais pessoas! Serão necessários:
- objetos movidos a vento (ou figuras de objetos);
- cartazes com frases relacionando os objetos ao movimento que o vento produz;
- poesia citada adiante, impressa ou escrita num cartaz com letra grande;
- uma maçã e uma faca!
Por ser o aniversário da Igreja cristã, pode-se enfeitar a igreja com balões e preparar, com antecedência, uma confraternização, para o final do culto! Tudo isto ajudará a comunidade a dar-se conta da importância desta data!

ACOLHIDA
Bom dia! (Boa tarde ou boa noite!) Peço a atenção de todos, mas especialmente das crianças, para algo bem especial que irá acontecer aqui na frente, junto ao altar, certo? Observem, por favor, o que o grupo de confirmandos irá fazer:

(O grupo enche alguns balões, sem amarrá-los, levanta o braço e os solta, ao mesmo tempo, de modo que “voem” pelo espaço da igreja.)

PERGUNTA: Então (crianças), o que aconteceu com os balões? O que fez com que os balões saíssem voando?... (Esperar reações!) Certo! O vento movimentou os balões!

No primeiro Pentecostes, cinquenta dias após a morte e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo, o Espírito Santo, que apareceu aos discípulos na forma de um vento e de línguas de fogo, trouxe ânimo e coragem para o grupo, ainda assustado com o poder de morte das autoridades romanas e de parte da liderança judaica. Esse vento da vida, o Espírito Santo de Deus, movimentou os discípulos e eles saíram da sala onde estavam trancados e passaram a falar de Jesus. Nasceu em Jerusalém, naquele dia, a primeira comunidade cristã! Mais de três mil pessoas foram batizadas. Pentecostes é dia de festa ainda hoje porque o Vento Santo de Deus sopra sobre nós e entre nós! Toda a igreja de Jesus Cristo está de aniversário hoje, inclusive a nossa Comunidade!

Assim desejo as boas-vindas a todos e a todas neste culto de aniversário, também às pessoas que nos visitam neste dia! Trago como palavra de saudação as palavras de Jesus, conforme Atos 1.8: “Jesus Cristo diz: Quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra”. Desejo que o mesmo Espírito que agiu no primeiro Pentecostes nos anime na reflexão da Palavra de Deus e na vivência da fé que nos faz olhar uns para os outros como se fôssemos irmãos e irmãs!
Sejam todos muito bem vindos e bem vindas!

Convido a cantarmos uma canção que fala do Espírito Santo de Deus como um vento que anima e faz viver!

CANTO DE ENTRADA
Nº 321 – HPD 2 – Vento que anima e faz viver

Ou: Nº ____________________________________________________

(Caso se tenha o hábito de enviar às crianças ao Culto Infantil, para ouvirem a Palavra de Deus em linguagem adequada à sua faixa etária, sugiro que este seja o momento do envio! No entanto, lembro que é possível que elas permaneçam neste culto conosco, justamente porque o culto contará com o envolvimento de mais pessoas e com uma linguagem bem acessível, também às crianças!)

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO
Celebramos este culto em nome de Deus que, pelo batismo, nos acolhe como seus filhos e filhas; em nome de Jesus Cristo, que morreu e ressuscitou para nos conceder vida e salvação; e em nome do Espírito Santo, que nos movimenta para o cuidado mútuo, na grande família de Deus e para além dela. Celebramos pois, este culto, em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. (Fazer o sinal da cruz.) Amém.


CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 365 – HPD 2 – Vem, Espírito Santo, vem...
Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS e ORAÇÃO DO DIA
Convido a nos colocarmos em pé. No início deste culto nos dirigimos a Deus, em oração, confiantes de que ele nos ouve! Oremos:

Querido Deus, graças te damos pela nossa vida e por tudo o que nos tens concedido. Graças por todas as iniciativas, ao nosso redor, que buscam comunhão, que promovem inclusão e que geram bem-estar. Graças porque nos reunimos em culto, movidos por teu Espírito. Acolhe, também, oh Deus, nossa confissão de culpa, por tua misericórdia: Reconhecemos, com humildade, que muitas vezes, não nos envolvemos como deveríamos junto a pessoas em sofrimento ou dificuldades. Não damos o melhor de nós junto a nossa família e comunidade. Por vezes nos isentamos de responsabilidade frente às necessidades que percebemos no lugar onde moramos. Perdoa-nos, ó Deus. Permita que o mesmo Espírito Santo que encorajou os seguidores e as seguidoras de Jesus no primeiro Pentecostes cristão possa orientar-nos, desinstalar-nos de nosso comodismo e colocar-nos em movimento na direção de quem precisa de nossa ação! Pedimos-te, ainda: Orienta-nos, por tua santa Palavra e transforma o nosso agir! Amém.


LITURGIA DA PALAVRA
(O grupo de confirmandos vem à frente e apresenta objetos movidos pelo vento, como: catavento, pipa, balões, avião (de plástico), eólios, moinhos... Junto a estes objetos traz frases relacionadas ao movimento que o vento provoca. Após explicar que todos os objetos trazidos são movidos pelo vento, compartilha também as frases.)

Coordenador ou coordenadora do grupo: A partir da ação do vento nestes objetos, podemos também entender a ação do Espírito Santo de Deus. Vamos declamar juntos uma poesia da autoria de Nancy Cardoso Pereira e Zeni de Lima Soares que consta no material da nossa igreja para o Ensino Confirmatório, chamado de “Passos na Fé”, que nos ajudará a entender melhor esta relação do vento com o Espírito Santo:

(A poesia a seguir é declamada em conjunto, de preferência, decorada e com gestos, ensaiados com antecedência!)

O vento a gente não vê, não pode pegar ou guardar.
Mas a gente pode ver o vento trabalhar.

Deus a gente não vê, não pode pegar ou guardar.
Mas a gente pode ver o Espírito de Deus atuar!

Coordenador ou coordenadora do grupo: Convidamos todos vocês a repetirem conosco a poesia, lendo juntos do cartaz afixado logo ali!
(Comunidade e grupo repetem a poesia, em voz alta!)

LEITURAS BÍBLICAS
Diante do que vimos e ouvimos, cantamos, nos preparando para as Leituras Bíblicas:
Nº 381 – HPD 2 – Pela palavra de Deus

1ª Leitura Bíblica: Atos 2.1-12

(Repetir o estribilho da canção anterior.)

Ouçamos, ainda, o texto indicado por nossa igreja como texto de pregação neste dia!
2ª Leitura Bíblica: Romanos 8.14-17
Voto: Céus e terra poderão passar, mas a palavra do Senhor dura para sempre. Aleluia!

Canto: Aleluia!

PREGAÇÃO

Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus, o Pai, e a comunhão do Santo Espírito sejam conosco. Amém.

No texto do apóstolo Paulo aos Romanos ele diz: “Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. E todos os que são guiados pelo Espírito de Deus herdarão as bênçãos que ele guarda para o seu povo.

Querida comunidade!
Quem é e o que faz o Espírito Santo, que movimentou tantas pessoas no primeiro Pentecostes e do qual fala o apóstolo Paulo? Refletimos sobre isto em três pontos:

1. O Espírito Santo é Deus: Faço uso de uma maçã para entendermos melhor a trindade da qual o Espírito Santo faz parte. (Tomar a maçã em mãos e cortá-la, com uma faca!) Uma maçã é formada por casca, polpa e semente. Podemos distinguir cada uma destas partes, mas a maçã só será completa com os três elementos, certo? Assim também acontece com Deus. Percebemos a ação individual do Deus Criador e mantenedor da vida, de Jesus Cristo e do Espírito Santo, mas não podemos separá-los. Deus se revela a nós como Pai, Filho e Espírito Santo, em perfeita comunhão entre si. O Espírito Santo, portanto, é Deus!
2. O Espírito Santo é o paracleto, como disse Jesus, uma palavra de origem grega que significa aquele que está junto, que ajuda, que auxilia, que defende, que consola, que ilumina. A poesia recitada pelo grupo de confirmandos dizia que assim como “Deus a gente não vê, não pode pegar ou guardar, mas a gente pode ver o Espírito de Deus atuar”, assim também nós não enxergamos o Espírito Santo, mas nós sentimos a ação de Deus em nossa vida. Volta e meia, diante da superação de algo difícil nós dizemos: “Só por Deus mesmo!”. O Espírito Santo é Deus que ajuda, é Deus conosco!
3. Por último, o Espírito Santo é aquele que fala a respeito de Jesus e por sua ação em nós, nós também falamos a respeito de Jesus. Não foi assim com os discípulos, no texto de Atos, que ouvimos há pouco? Em outras palavras: O Espírito Santo nos capacita a testemunharmos sobre a ação de Deus por nós, em nosso favor, em Jesus Cristo. Justamente por causa do testemunho dos discípulos e discípulas surgiu a primeira comunidade cristã em Jerusalém, pela ação do Espírito Santo!

Lembrando: O Espírito Santo é Deus; ele é Deus que ajuda, defende, consola, ilumina e capacita para vivermos em seguimento a Jesus Cristo. Por tudo isso, quando é o Espírito Santo que nos guia, somos capacitados a seguirmos os passos de Jesus, diz o apóstolo Paulo! Isto não por nosso mérito, mas pela ação do Espírito em nós e através de nós.

Há uma frase que diz assim:” Deus não chama as pessoas capacitadas, mas ele capacita aqueles e aquelas que ele chama.” É isto! Pelo batismo integramos a grande família cristã e podemos chamar Deus de Pai ou de Mãe, como quisermos; pela ação do Espírito Santo em nós vivenciamos o que aprendemos de Deus Pai e de Deus Salvador, Jesus Cristo. Assim como nossos filhos são conhecidos como tal porque nos imitam em nosso jeito de falar, na postura do corpo e nas decisões que tomam, assim nós revelamos o amor e a justiça de Deus com o nosso de viver (ou não!)!

Ao final desta reflexão, lembro, novamente, da palavra final do apóstolo nesta parte da carta aos Romanos, quando ele diz que todos os que são guiados pelo Espírito herdarão as bênçãos que Deus prepara para o seu povo.

Aqueles e aquelas, dentre nós, que são pais ou mães, sabem que filhos e filhas são, automaticamente, nossos herdeiros. A principal herança que deixamos aos filhos não são os bens materiais, mas a fé, os valores e a educação; concordam? Com estes três – fé, valores cristãos e educação – nosso filhos terão condições de se sustentar e, principalmente, serão pessoas que inspirarão respeito e estarão a serviço do bem estar de outras pessoas!

A herança que todos nós recebemos de Deus, a partir de nosso batismo, quando passamos a ser chamados de filhos e filhas é para o presente e para o futuro:
- Podemos, já agora, seguir os passos de Jesus! Melhor herança para o presente não há! Jesus nos orienta e ilumina, a cada dia, através de sua Palavra. Com ela temos critérios seguros para tomarmos as decisões que as diferentes situações na vida nos impõem!
- Mas, também, Jesus nos promete, no futuro, vida junto a ele, a partir da ressurreição! Isto significa que o nosso pior medo –a morte – já não encontra força igual! Jesus está conosco e estará conosco, para sempre.

Queridos irmãos e irmãs! O Espírito Santo é a força misteriosa de Deus que se movimenta entre nós e nos movimenta, como filhos e filhas de Deus, ao encontro de quem precisa de nós. O que herdamos de Deus, em Jesus – sua preciosa Palavra e a promessa da ressurreição - não deve ser estocado em casa, pelo contrário: Vivamos como filhas e filhos de Deus que somos movidos pelo Espírito Santo de Deus, transmitindo alegria e vida, em Cristo Jesus, a quantas pessoas encontrarmos em nosso caminho! Deus nos estará conduzindo. Isto será, para nós, alegria incomparável! Amém.


CONFISSÃO DE FÉ
Convido a nos colocarmos em pé.
Deus se revela a nós como Deus Criador, Salvador e Auxiliador. Nesse Deus confessemos, pois, a nossa fé, com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO
Vamos repetir a canção de nosso hinário que fala do Espírito Santo como um vento que anima!
Nº 321 – HPD 2 – Vento que anima e faz viver

Compartilhamos alguns avisos:
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Destino da oferta: _________________________________________
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________ ________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________

Canto durante o recolhimento da oferta:
Nº 320 – HPD 2 – Espírito Santo de Deus
OU: Nº 166 – HPD 1 – Dá-nos olhos claros que vêem o irmão

ANIVERSARIANTES
________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Ao final deste culto de Pentecostes convido a nos dirigirmos a Deus, novamente, em oração, trazendo a ele motivos de gratidão e intercessão:
Alguém lembra o nome de uma pessoa ou alguma situação pela qual queira interceder, de modo especial, neste momento?
(Tomar nota.)

Oremos: Bondoso Deus, nós te agradecemos porque tua palavra foi anunciada neste culto! Que possamos te perceber conosco, deixarmo-nos mover pelo vento da vida, o Espírito Santo e, à sua semelhança, auxiliar, defender, consolar e criar condições de vida para quem se encontra ao nosso redor. Capacita-nos para agirmos como teus filhos e filhas, nós te pedimos!
Agradecemos-te pela nossa vida e pela saúde. Também nos lembramos das pessoas que convivem com a falta de saúde e por elas intercedemos. Permita-nos, oh Deus, sensibilidade para irmos ao encontro de quem sofre! Lembramos, em especial, neste momento, de ... (citar nomes das pessoas mencionadas!).
Agradecemos-te, querido Deus, porque tu estás, também, junto e sobre nossos governantes. Tua Palavra quer orientá-los e tua mão quer conduzi-los. Que nós possamos estar junto àqueles e àquelas que elegemos, apoiando-os e fiscalizando-os na administração dos bens e recursos que são de todos nós, contribuintes.
Amado Deus, una-nos, sempre mais, como Comunidade cristã, e permita-nos alegria em nosso testemunho diário, nós te pedimos! A ti dirigimos, ainda, a oração que Jesus Cristo nos ensinou, em confiança, dizendo juntos:

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

CANTO FINAL:
Nº 368 – HPD 2 – Paz, paz de Cristo


BÊNÇÃO

Unamos nossas mãos, por favor! (Esperar!)
Assim irmanados pedimos pela bênção de Deus através de uma canção irlandesa, que diz:
“Diante de teus pés sejam planos os caminhos, e que o vento sopre a teu favor”.
E até nos reencontrarmos que a mão sempiterna de Deus seja conosco.!
Amém.

ENVIO
Vamos em paz, sirvamos a Deus com muita alegria, como seus filhos e filhas, guiados pelo Espírito Santo. Amém.

Antes de nos despedirmos, vamos cantar “Parabéns a você” pelo aniversário da igreja cristã, da qual somos parte!

Segue a confraternização!
 


Autor(a): Scheila dos Santos Dreher
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Domingo: Pentecostes

Testamento: Novo / Livro: Romanos / Capitulo: 8 / Versículo Inicial: 14 / Versículo Final: 17
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 19179

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Quando Deus parece estar mais distante, mais perto de nós Ele se encontra.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O Senhor guardará você. Ele está sempre ao seu lado para protegê-lo. Ele o guardará quando você for e quando voltar, agora e sempre.
Salmo 121.5 e 8
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br