Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Salmo 46.1-7 - Dia da Reforma - 31.10.2013

Caderno de Cultos 2013 - Liturgia e prédica

30/10/2013

31/10/2013 – Reforma
Is 45.19-25; Mt 10.26b-33; Pregação: Sl 46.1-7
Pastora Elisângela Borchardt Röwer – Cuiabá

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
E evidente que diante de Deus ninguém é justificado pela Lei, pois “justo viverá por fé”. Gl 3.11.

Bom dia!
Há 496 anos, Lutero fazia esta descoberta: A fé nos justificará diante de Deus e não as nossas próprias conquistas. Há 496 anos, Lutero, com a intenção de reformar a Igreja, publica 95 teses que deveriam levar a igreja a refletir e a corrigir seus erros. Mas as suas teses não são aceitas e ele passa a ser perseguido. Fiel a sua descoberta e com a ajuda de amigos que consideraram as suas ideias boas, ele não desiste. E um dos resultados dessa sua iniciativa são as comunidades luteranas espalhadas por todo o mundo. No culto de hoje, vamos refletir um pouco sobre Lutero e o que ele desejava para a Igreja e para os cristãos. Acolho a todos ainda no culto de hoje com a primeira das 95 teses de Lutero: Quando nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo diz: Arrependei-vos (Mt 4.17), ele queria que a vida inteira dos crentes fosse arrependimento. Amém!

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
Nº 117 – HPD 1 – Jesus, Pastor amado

SAUDAÇÃO
Celebramos em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Em nome do Deus triuno que nos abençoou com a salvação por graça através da morte e ressurreição de Jesus Cristo e nos mantém como cristãos unidos em sua fé e pelo amor de Deus. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 365 – HPD 2 – Vem Espírito Santo, vem

CONFISSÃO DE PECADOS
Bondoso Deus, novamente estamos diante de ti para confessar que temos pecado contra ti em        pensamentos, palavras e ações. Confessamos que nem sempre conseguimos viver em família o teu amor. Também não conseguimos viver plenamente o teu amor com irmãos e irmãs na fé. Perdoa-nos!

Também perdoa-nos quando pensamos que conseguimos comprar o teu amor, quando agimos somente para nos engrandecer, quando esquecemos nossa humildade e nos julgamos superiores.

Confessamos também que, como membros de tua Igreja, também temos errado. Perdoa-nos! E tem piedade de nós, Senhor! Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (1João 1.9). Nessa fé, anuncio-lhes o perdão dos pecados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

KYRIE
Assim como na época de Lutero, hoje também temos pessoas iludindo pessoas cristãs vendendo indulgências. Não com esse nome, mas exigem dinheiro dos membros de suas igrejas para conseguir emprego, para conseguir saúde, para ficarem ricas. Sabemos que não podemos comprar o teu amor. Clamemos pelas pessoas que sofrem em consequência dessa situação e que ainda não foram alcançadas pela tua graça e de graça, cantando:

Nº 427  - HPD 2 – Senhor, oramos agora

GLÓRIA IN EXCELSIS
E damos glória Senhor pela benção da tua salvação. Rendemos-te louvor pelas sementes de amor crescendo entre nós, cantando:

Nº 347 – HPD 2 – Glória

ORAÇÃO DO DIA
Todo-poderoso, eterno Deus, nós te pedimos, sê com teu Espírito Santo entre nós. Desperta nossos corações para que recebamos tua palavra. Desperta nossas consciências para que ouçamos tua vontade. Faze de nós pessoas que anunciem tua grandeza e levem teu nome ao mundo. Permite que os nossos hinos de louvor testemunhem o teu amor e anunciem a graça da tua salvação a todas as pessoas. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Is 45.19-25

2ª Leitura Bíblica: Mt 10.26b-33

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 379 – HPD 2 – Estou pronto, Senhor

PREGAÇÃO

(oficiante canta ou declama)
Deus é castelo forte e bom, defesa e armamento.
Assiste-nos com sua mão, na dor e no tormento.
O rei infernal das trevas do mal, com todo o poder
e astúcia quer vencer: Igual não há na terra.

Prezada comunidade!

Neste dia, em que celebramos o dia da Reforma, quero dar especial atenção a algo que também foi recuperado por Lutero no culto, mas nem todos sabem que isso também é uma herança dele: a música, o louvor no culto. A música é uma grande dádiva de Deus, que alegra, engrandece as nossas celebrações, não é mesmo? Como é bom quando também temos o privilégio de termos em nossa comunidade pessoas com dons musicais e acompanham os nossos hinos com seus instrumentos.

Na missa católica da época de Lutero, a comunidade não cantava, somente o coro e os sacerdotes. Entre as diversas mudanças que Lutero realizou na forma do culto, uma delas foi justamente a de permitir que toda a comunidade também cantasse. Para isso ajudaram os diversos hinos que ele compôs.

O canto acompanhou Lutero desde menino. Ele cantava num coro que ia ás pequenas cidades e cantava em cerimônias de casamento e em cerimônias fúnebres. Era uma forma de ganhar o alimento diário. Quando jovem também continuou cantando em coros e quando foi estudar para tornar-se monge, também aprendeu o canto gregoriano. Dessa forma, a música estava muito presente na vida de Lutero e ela o ajudou a espalhar as ideias da reforma.

Aliás a música teve um papel muito importante no desenvolvimento da Reforma. Vários hinos escritos por Lutero se tornaram verdadeiras prédicas musicadas. O povo cantava seus hinos não somente nas igrejas, também em casa, ou onde o povo se reunia. Nas ruas onde antes eram vendidas as indulgências, agora se ouviam os hinos escritos por Lutero. Ele entendia que a música deveria estar a serviço da proclamação do Evangelho. O hino mais conhecido dele é Deus é Castelo Forte. Lutero fez esse hino a partir do Salmo 46. O Salmo 46 é o texto previsto para a pregação de hoje, por isso convido todos a abrirem as suas bíblias e vamos ouvir a leitura desse Salmo:

(leitura do Salmo 46)

O Salmo 46 é um Salmo de gratidão. Ele é um hino de louvor cantado na época pelo povo de Israel por causa dos feitos maravilhosos de Deus, pela proteção recebida diante de todos os males. Vejam o versículo um diz: Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em templos de aflição. Assim para o povo de Israel, assim também foi para Lutero no tempo de sua aflição. Deus foi para Lutero um castelo forte. Foi em Deus que Lutero encontrou forças para continuar, para levar adiante as ideias da reforma da Igreja, mesmo diante de dor e tormento.

O Salmo 46 é um Salmo de gratidão. O Salmo 46 também é um hino de confissão de fé do povo israelita. Eles confessam a fé no Deus que prevalece diante das forças da natureza, confessam o Deus que os preservou diante dos outros povos que os atacaram, eles confessam a fé em Deus que acabará com as guerras para fundar um reino de paz. Esse Salmo de gratidão e confissão de fé era cantado no culto do povo de Israel. Lutero, inspirado nesse Salmo, escreve o hino Castelo Forte que se torna a marca da Reforma, a confissão de fé no Deus forte que manteve firmes as pessoas diante dos tormentos causados por aqueles que não queriam impedir a reforma.

Querida comunidade, Lutero percebeu o poder da música como forma de divulgar o Evangelho e isso o motivou a escrever sempre mais hinos. Em uma de suas cartas ao amigo Spalatin, ele escreve: É minha intenção, tendo em vista o exemplo dos profetas e antigos pais, fazer salmos germânicos para o povo, isto é, cânticos espirituais pelos quais a palavra de Deus possa permanecer viva pelo canto.

Se hoje os hinos alegram as nossas celebrações, muito se deve ao esforço de Lutero. A própria Igreja Católica da época reconheceu o poder dos seus hinos, diziam eles: Lutero nos causou maior mal com seus hinos que com seus sermões. O cardeal Tomás-á-Jesu escreveu no século XVI: “O interesse por Lutero aumentou de modo extraordinário pelo canto de seus hinos, em toda classe social; não somente nas escolas e igreja, mas nos lares, oficinas, mercados, ruas e campos”.

E também não podia ser diferente: as pessoas que antes iam e voltavam caladas da igreja, agora podiam participar cantando belas canções de louvor. Junto a isso, Lutero traduziu a Bíblia para o alemão, assim também podiam ouvir a palavra de Deus que antes era pregada somente em latim.

Lutero havia devolvido a graça do Evangelho ao povo. E tudo começou com ele, achando que conseguiria conquistar o céu através de boas obras - cumprir regras, regras e mais regras – ficava cada vez mais desesperado, achando que nunca conseguiria alcançar a salvação por suas obras. Lutero precisou aprender na Bíblia que o céu é presente de Deus e não conquista nossa, resultado de esforços nossos. Ele encontrou no estudo da palavra de Deus a resposta para a sua angústia: A salvação era por graça e fé!

Isso também fica claro na explicação do Terceiro Artigo do Credo Apostólico: Creio que, por minha própria inteligência ou capacidade, não posso crer em Jesus Cristo, meu Senhor, nem chegar a ele. Mas o Espírito Santo me chamou pelo Evangelho, iluminou com os seus dons, santificou e conservou na verdadeira fé...”.

Querida comunidade, essa é a maravilhosa descoberta de Lutero. E os seus hinos e os milhares de hinos escritos por músicos, teólogos, pastores que seguiram Lutero levaram e levam a maravilha da graça de Deus a pessoas de todo o mundo.

Que Deus continue abençoando o trabalho e o empenho das pessoas que através do canto e da música testemunham o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo em todas as nações e que nós, com as nossas vozes, continuemos louvando os feitos maravilhosos de nosso Deus em nossas vidas. Amém!

HINO
Nº 97 – HPD 1 – Deus é Castelo Forte e Bom

CONFISSÃO DE FÉ
Como cristãos e cristãs sabedores que somos justificados e salvos unicamente pela fé, confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 456 – HPD 2 – Deus é meu amparo

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Senhor, rendemos-te graças por cada pessoa que tua tens chamado ao longo da história de tua Igreja. Agradecemos-te por cada contribuição que as pessoas que nos antecederam deram em favor de tua Igreja, por cada testemunho do teu rebanho e rogamos-te: concede-nos a graça de também sermos testemunhas fiéis do teu Evangelho, permita que tua fé seja levada a todas as pessoas, permita que nossos hinos de louvor cheguem aos corações endurecidos de tantas pessoas que não creem em ti.


Assim também intercedemos por tua Igreja, intercedemos por nossa comunidade, intercedemos por cada pessoas que está ao serviço do teu reino. Intercedemos também pelas pessoas que estão ao serviço de nossas cidades, estados e países que elas realmente voltem o seu trabalho para o bem de todo o povo. 

Senhor, também queremos interceder por (incluir os motivos de intercessão).

Senhor, tudo mais que está em nossos corações levamos diante de ti quando oramos...

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde;
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti
E te conceda graça;
O Senhor volte para ti o seu rosto
E te dê a paz! Amém!

ENVIO
Ide na fé em Cristo e vivam a graça de sua salvação em suas vidas. Amém!

CANTO FINAL
Nº 286 – HPD 1 – Obrigado, Pai celeste


Autor(a): Elisângela Borchardt Röwer
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Dia da Reforma
Natureza do Domingo: Dia da Reforma

Testamento: Antigo / Livro: Salmos / Capitulo: 46 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 7
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 23168

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A intenção real de Deus é, portanto, que não permitamos venha qualquer pessoa sofrer dano e que, ao contrário, demonstremos todo o bem e o amor.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Que Deus, que é quem dá paciência e coragem, ajude vocês a viverem bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus.
Romanos 15.5
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br