Missão - acompanhamento e consolação



ID: 2876

Orientações para visitação a pessoas com deficiência

Caderno de Subsídios - Semana Nacional da Pessoa com Deficiência - 2007

01/08/2007

Orientações para visitação a pessoas com deficiência


A visitação faz parte do viver em comunidade. Através da visita é possível a aproximação das famílias que se encontram afastadas ou excluídas do convívio da comunidade. É possível conhecer de perto as reais necessidades e sofrimento das pessoas. É possível reconciliar-se com alguém e estabelecer novas amizades. Visitar , no entanto, implica em preparação e planejamento. Visitar uma família que convive com a deficiência, seja do filho(a), do avô(ó), do pai ou mãe, não é diferente. Porém, assim como em qualquer visita, alguns cuidados podem ser observados:

1 - Prepare-se espiritualmente. Faça uma breve oração invocando o Espírito Santo para guiar a visita.

2 - Prepare-se psicologicamente. Procure trabalhar consigo os preconceitos e medos relacionados à deficiência.

3 - Comunique a visita antecipadamente, perguntando se a família gostaria de receber uma visita.

4 - Respeite se a família não quer ser visitada. Busque alternativas de aproximação.

5 - Combine data e horário para visita. Evite atrasos e visitas longas.

6 - Informe-se sobre a pessoa ou família que irá visitar.

7- Ao chegar, identifique-se com naturalidade, aproxime-se da pessoa com deficiência. Apresente-se também a ela e fale que veio fazer-lhe uma visita. Tenha uma postura de valorização da pessoa. Evite extremos, como supervalorizar ou desprezar a pessoa com deficiência.

8 - Saiba ouvir e respeitar. Nem todas as pessoas com deficiência e seus familiares gostam de falar sobre a deficiência e suas causas, numa primeira conversa.

9 - Procure falar diretamente com a pessoa com deficiência, sem intermediários. Melhor do que ninguém, a pessoa sabe como está se sentindo e do que precisa. Mesmo pessoas com deficiência mental devem fazer parte da conversa se elas forem as pessoas a serem visitadas.

10- Se a pessoa mostrar interesse em ter um momento de oração ou meditação é importante que você tenha algo consigo para esse momento. Faça uma oração simples, de gratidão por esse contato que aconteceu e por entender que todas as pessoas, não importando a sua situação, podem contribuir para uma comunidade mais viva. Coloque na oração algum assunto importante que foi falado, que você percebeu que foi o ponto alto da visitação. Pode ser tanto um sofrimento como uma alegria.

Indice do Caderno de Subsídios da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência - 2007


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico.
Salmo 100.2
REDE DE RECURSOS
+
Tudo o que está nas Escrituras foi escrito para nos ensinar, a fim de que tenhamos esperança por meio da paciência e da coragem que as Escrituras nos dão.
Romanos 15.4
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br