Tema do Ano da IECLB



Telefone(s): (51) 3284-5400
presidencia@ieclb.org.br
ID: 3251

A partir do batismo, enfrentamos as tentações - Culto 21/02/2021 Paróquia Bom Samaritano Ipanema, Rio de Janeiro

Culto on-line 1 Pedro 3.18-22

20/02/2021


Que bom que podemos estar juntos mais uma vez para celebrar e nos encontrar com nosso Deus. Hoje, estamos no Primeiro Domingo na Quaresma. Quaresma é um tempo de avaliação, reflexão e introspeção – tempo de olhar para nossa vida e alinharmos nossos passos no caminho do Senhor.

Pregação baseada em 1 Pedro 3.18-22
Quarta-feira passada, começou mais uma etapa do ano eclesiástico. Passamos agora para a Quaresma. Mas o que é a Quaresma? É um tempo para pensar, é um tempo para sentir.
A primeira carta de Pedro é uma carta dirigida aos “exiliados na dispersão”. Quem escreveu quis dar orientações sobre como viver em tempos difíceis. Na primeira carta de Pedro, procura-se diminuir os problemas internos para poder enfrentar as hostilidades externas. Um grupo unido supera melhor as adversidades. Mesmo assim, ainda falta entender o sentido de tanto sofrimento experimentado pela comunidade. Por isso, Pedro lembra que Cristo sofreu para trazer a todas as pessoas a Deus, os justos e os injustos, todos devem ser trazidos até Deus.
A história de Noé é lembrada. Durante esse tempo “oito pessoas, foram salvas, através da água”. Geralmente nós lembramos mais dos animais que entraram na arca e do Noé. Mas, uma família foi perdoada e as águas da inundação limparam e prepararam a terra para uma humanidade remida. “Foram salvos, através da água” uma prefiguração do batismo.
Falando em águia, nós não lavamos as mãos só para tirar a sujeira. Mas, lavamos porque sabemos que essa lavagem com água e sabão protege de vírus, como o da Covid-19. Lavar as mãos é literalmente a possibilidade de salvar a vida. Então, se limpar as mãos que estão nas extremidades do corpo pode ter um impacto tão grande em nossas vidas, imaginem quanto deveríamos nos preocupar por ter um coração limpo, ou como a carta indica: uma boa consciência.
Pedro adverte à sua comunidade de manter uma boa consciência para que aqueles que os caluniam fiquem envergonhados. Uma boa consciência está associada com o batismo. Se limpar as mãos pode salvar a vida física, fazer uma limpeza interna, ou seja, ter um coração limpo com certeza pode salvar a vida espiritual.
A consciência, muitas vezes descrita como uma voz interna ou como guia, permite que tomemos decisões corretas, somos impulsionados a escolher o que é bom. Se queremos que nossa consciência seja realmente nossa guia, então temos que ter uma consciência tranquila e boa. Para uma comunidade onde o sofrimento está sempre presente, as vidas não podem estar direcionadas pelo temor. As decisões devem estar feitas a partir da esperança que se encontra na ressurreição de Jesus. Esperança esta que nós, seres humanos, ganhamos no nosso batismo. Assim, o texto da carta de Pedro nos lembra de um fato importantíssimo em nossas vidas, o Batismo. Para Pedro, batizar não é simplesmente jogar água em uma pessoa, não é simples banho por fora. Pedro lembra-nos que o Batismo é consciência limpa, uma consciência que nos ajuda a enfrentar às tentações. Deus nos dá poder para que possamos enfrentar às tentações que temos diante de nós.
Jesus foi batizado, Deus deu-lhe o poder para enfrentar às tentações e Jesus as venceu. O batismo foi o início de um caminho muito difícil que está por vir. Não é um mar de rosas, o caminho de Jesus o levou à cruz. Jesus fez esse caminho para que nós não ficássemos sós diante das tentações. Mas, muitas vezes caímos diante da tentação, nos deixamos vencer porque esquecemos que alguém já as venceu. Alguém já sofreu para que nós não soframos, para que fiquemos com nossa consciência limpa. Para isso, é o tempo da Quaresma, tempo que nos lembra de que diante das situações complicadas não precisamos cair. Porque Deus nos deu forças para vencer as tentações. Deus nos deu o Batismo.
Neste mundo, existem muitas tentações e a pandemia só multiplicou a possibilidade de sermos tentados. Por isso, convido a que reflita conscientemente e perceba em si mesmo qual é a tentação pela qual você pode ser pego. Cuide porque nessa sua fraqueza, você vai ser tentado, não uma nem duas, mas inúmeras vezes.
Prezados irmãos e prezadas irmãs, alguém venceu às tentações e caminha diante de nós. Deus nos dá forças pelo Batismo, nos dá uma consciência limpa, que nos permite dormir tranquilos à noite, para que não caiamos em tentação. Por isso, convido a que cada vez que vocês estejam diante da tentação, lembrem que Jesus também foi tentado e que venceu ao tentador, ele nos dá forças para não cair e seguir confiantes nossa vida de cristãos e cristãs. Amém.


Autor(a): José Manuel Kowalska Prelicz
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Rio de Janeiro - Bom Samaritano (Ipanema-RJ)
Área: Missão / Nível: Missão - Coronavírus
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Área: Campanhas / Nível: Tema do Ano
Testamento: Novo / Livro: Pedro I / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 18 / Versículo Final: 22
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Celebração
ID: 61228
MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Quanto mais a gente de embrenha na Criação, maiores os milagres que se descobre.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Foi assim que Deus mostrou o seu amor por nós: Ele mandou o seu único Filho ao mundo para que pudéssemos ter vida por meio dele.
1João 4.9
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br