8° mandamento - Não fale mentiras a respeito do próximo.

01/12/2010

8° mandamento - Não fale mentiras a respeito do próximo.

Os mandamentos são sinais, balizas, que Deus deu a seus filhos/as para ajudá-Ios a caminharem em e com segurança pela estrada da vida a fim de que a sua vontade possa tornar-se realidade entre eles, ou seja: para que tenham vida e vida com abundância.

Por meio do 8° mandamento Deus quer nos ajudar a construir relações interpessoais, baseadas na confiança mútua e na verdade. Quer nos ajudar a encontrar e a viver em paz.

Nós vivemos num tempo onde a palavra das pessoas vale muito pouco. É preciso assinar uma porção de documentos para tentar garantir qualquer negócio e mesmo assim ... não garante muita coisa. Que saudades do tempo em que os acordos eram feitos verbalmente, garantidos pelo fio do bigode, ou seja: honrava-se a palavra empenhada e as pessoas viviam menos estressadas e mais confiantes, pois sabiam que se podia confiar.

Nos tempos em que vivemos, constantemente vivenciamos que as palavras proferidas pelas pessoas não significam exatamente aquilo que elas dizem, pois são ditas com segundas e terceiras intenções e interpretações ... Diferentes motivos levam as pessoas a usar maI o dom da fala e com isto a desobedecer ao 8° mandamento. Entre tais motivos poderíamos lembrar: o medo - medo das consequências, medo de represálias, lei do silêncio (pois se abrires a boca para denunciar, então vai sobrar para ti ...); ganância - querer ganhar e lucrar a qualquer custo, mesmo que para tanto tenha que enganar ao outro; ódio - mentir somente para atrapalhar a vida de alguém de quem não se gosta; amor: - mentir para encobrir erros e culpa de alguém que queremos bem ...

Não importa o motivo que nos leva a mentir, mas sempre que usamos esta artimanha para alcançar o nosso objetivo, estaremos ajudando a bagunçar a vida legal que Deus deseja para seus filhos/as que ele tanto ama. Pois estaremos prejudicando e até colocando em risco a dignidade de vida de um irmão.

Por meio do 8° mandamento, Deus está te convidando para, por meio do dom da fala, ajudares a trazer paz para a sua criação, animando pessoas e mostrando que podem confiar em ti e nas tuas palavras ... Seja um semeador de paz com tua vida.

P. Sinodal Bruno Bublitz - Restinga Seca/RS


Oração:

Bondoso Deus. Tu conheces a minha vida e também os meus medos e interesses ... Usa-me como teu instrumento para trazer paz para este mundo .... Que as minhas palavras sejam baseadas na verdade e motivadas pelo amor ..., que possam ser qual bálsamo que ajuda a curar feridas e promover a vida. Amém.


Voltar para índice Anuário Evangélico 2011
 


Autor(a): Bruno Bublitz
Âmbito: IECLB
Título da publicação: Anuário Evangélico - 2011 / Editora: Editora Otto Kuhr / Ano: 2010
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 32343
REDE DE RECURSOS
+
Vivam como pessoas que pertencem à luz, pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade.
Efésios 5.8-9
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br