Até onde vai o nosso amor por Cristo?

Devocional Dominical - 17-5-2020

16/05/2020

Até onde vai o nosso amor por Cristo?


O lema bíblico para esta semana nos traz as palavras de Jesus Cristo que assim nos diz: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada (João 14.23). São bonitas estas palavras, não é mesmo?! E se eu te perguntar: - Você ama a Jesus? Provavelmente você dirá: - Sim, eu amo Jesus! Que bom. É assim que de fato deve ser. Afinal de contas, antes de mais nada, Deus nos amou, e sendo amados por ele, também podemos e devemos amá-lo. Somos realmente capazes disto. Mas eu trago agora ainda outro questionamento: Até onde vai o nosso amor por Jesus Cristo? Não sejamos precipitados na resposta! Talvez sejamos parecidos com aquele moço apaixonado, que mandou a seguinte mensagem para a sua namorada:
Minha querida Florícia, o amor que eu sinto por você não tem comparação. Ele é indescritível. Por você sou capaz de qualquer coisa, faço qualquer sacrifício. Se for preciso, por amor a você sou capaz de escalar a montanha mais alta, atravessar a nado o oceano mais profundo, transpor o rio mais caudaloso, enfrentar os animais mais ferozes e suportar as dores mais terríveis. Meu amor por você não tem preço. Por amor a você assumo qualquer sacrifício. Se você quiser, por amor a você eu busco a lua e as estrelas no céu para te dar de presente. Seu eternamente e apaixonado Coragildo. No entanto, ao final da carta havia um PS: - Querida, se não chover, passo na sua casa hoje à noite.
Ponderemos: será que não temos muitas vezes feito como este rapaz apaixonado: amado só de palavras? Será que o nosso amor por Deus talvez não esteja apenas na fachada do nosso ser? Amamos a Deus de fato ou só da boca para fora? Lembremos que, o amor a Deus, se reflete em primeiro lugar no amor que tenho pelo próximo. Ultimamente tenho visto muitas pessoas postando versículos bíblicos e mensagens cristãs nas redes sociais e ao mesmo tempo se engalfinhando com quem não concorda com seus pensamentos ou com suas opiniões.
O texto de João 14.23 diz que aquele que ama a Jesus guarda a sua palavra. Aí está o cerne da questão: guardar a palavra de Deus. Isso não quer dizer enfiar a bíblia numa gaveta. Bem pelo contrário. Quem ama a Jesus guarda a palavra de Deus no coração. E lá ela está sempre acessível e pode sempre ser consultada. Guardar a palavra de Deus é permitir-se ser transformado por ela. É deixar que Deus corrija alguns maus hábitos e costumes feios. Guardar a palavra de Deus significa não apenas conhecê-la, mas também obedecê-la e praticá-la. Aí é fácil de saber: as nossas atitudes revelam o amor que nós temos por Deus. E como nos diz 1 João 4.14: Se alguém diz: Eu amo a Deus, mas odeia o seu irmão, é mentiroso. Pois ninguém pode amar a Deus, a quem não vê, se não amar o seu irmão, a quem vê.
Amar a Deus não é simplesmente ir a igreja religiosamente. Até porque, neste tempo de quarentena e restrição social isso nem sequer é possível. Mas, é justamente agora um tempo oportuno de avaliarmos o nosso amor a Deus. É tempo de ser paciente. É tempo de ser amável. É tempo de ser caridoso. É tempo de ser generoso. Tenho visto muita gente querendo levar vantagem em meio a tudo o que estamos vivendo. Isso é egoísmo e nada tem a ver com amor a Deus. O amor de Deus por nós é doação, é entrega, é compaixão. Se tem um jeito certo de amar a Deus e as pessoas, este modelo está na palavra de Deus que nos revela exatamente como Deus nos amou. Que Deus nos ajude a amarmos como ele amou. Amém.

 


Autor(a): Cleiton Friedemann
Âmbito: IECLB / Sinodo: Norte Catarinense / Paróquia: Schroeder (SC)
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 14 / Versículo Inicial: 23
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 56659
MÍDIATECA
REDE DE RECURSOS
+
Muitos bens não nos consolam tanto quanto um coração alegre.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br