Dons que proporcionam alegria

12/06/2020

 

Prezado irmão na fé! Provavelmente você já deve ter visto ou ouvido a expressão “Festa de Arromba”! Como motivação de prelúdio ao tema escolhi, entre tantas possibilidades, o texto de 1 Rs 1.28-53. Mais especificamente, o texto de 1 Rs 1. 40: “Depois todos foram andando atrás de Salomão, gritando de alegria e tocando flauta; e faziam tanto barulho, que até parecia que a terra estava rachando.”

Prezado irmão! Música, quem não gosta? Todas as pessoas tem um estilo musical que apreciam mais. Alguns gostam de apenas um estilo musical. Outras pessoas são mais ecléticas. Gostam de uma variedade maior de estilos e gêneros musicais. Particularmente, não tenho problema com nenhum estilo ou gênero musical. Evidentemente, tem alguns que aprecio mais. Há pessoas que afirmam: isto ou aquilo não é música, é barulho! De certo modo, todas as músicas são formadas pela sequência de “barulhos” e silêncios. Todas elas fazem “barulho”, se não, não seriam ouvidas. O meu questionamento não está no estilo ou gênero musical. O problema está na letra de muitas músicas. E letras ruins há em todos os estilos! Todos! Infelizmente. É importante que o compositor, quando usa seu dom, seu talento, abençoado por Deus, use-o com alegria e dignidade. Com respeito àquele que ouve sua composição e, inclusive, respeito a si mesmo. 

Nos nossos templos, nas nossas Igrejas, são entoados cânticos, os mais diversos, em diversos estilos! São utilizados uma infindável variedade de instrumentos musicais. Que diversidade! Que júbilo! Que alegria! Segundo o Guinnes Book, o maior concerto de rock gratuito do mundo ocorreu no Reveillon de 31 de dezembro de 1994 pra 1° de janeiro de 1995. O rockeiro inglês Rod Stewart se apresentou na praia de Copacabana, Rio de Janeiro, a uma multidão de 3 milhões e 500 mil pessoas! Que festa de arromba! No nosso texto de 1 Reis, Salomão é colocado ao trono, por ordem de seu pai, Davi. O povo, ao ver que a vontade de Deus se consolidara, irrompe em estrondosa festa! Gritos! Instrumentos musicais! Barulho! A terra tremendo! Que festa de arromba! 

Que utilizemos nossos dons para proporcionar alegria aos outros, a nós mesmos, a Deus, nosso Senhor! Cantemos! Sejamos e vivamos em felicidade! Sempre zelando pela dignidade alheia e, inclusive a nossa! Queridos irmãos: Queremos receber a bênção de Deus! “Senhor Deus! Agradecemos-te pelos dons advindos de Ti, excelso e Soberano Senhor! Dá que os usemos em favor do Teu Santo Nome! Que sejamos sóbrios, mas, também, motivados, pelo Teu Santo Espírito a levarmos Tua Palavra e Teu Evangelho a todas as nações do mundo! Que nos utilizemos de ações altruístas, de testemunho responsável e cristão e, inclusive, de nosso louvor e nossas músicas! Isso Te pedimos em nome de Jesus! Amém!

P. ROGÉRIO RICHTER, Piratuba, junho de 2020.

 


Autor(a): P. Rogério Richter
Âmbito: IECLB / Sinodo: Uruguai
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Testamento: Antigo / Livro: Reis I / Capitulo: 1 / Versículo Inicial: 40
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 57170
REDE DE RECURSOS
+
A palavra 'orai' nada mais significa do que 'pedi, clamai, buscai, batei, fazei barulho!' É preciso que assim façamos a cada momento, sem cessar.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br