Em ti eu esperei, Senhor

Comentário e Reflexão

29/06/2012

HPD nº 215 Em ti eu esperei, Senhor.

O hino de confiança em Deus In dich hab ich gehoffet, Herr , da autoria de Adam Reussner (1496-1575), conta no original com 7 estrofes. Quatro destas foram traduzidas e se encontram em nosso hinário HPD sob nº 215 Em ti eu esperei, Senhor. É um hino de uma pessoa que passou por uma vida turbulenta, mas que apesar de tudo, desde sua juventude até idade avançada confiou em Deus.

O autor, na flor da idade, era educador dos filhos do líder dos lansquenetes alemães, o Georg von Frundsberg (1473-1528), e teve a oportunidade de estudar línguas antigas em Wittenberg, onde também ouvia as pregações de Martin Luther. Mais tarde, como secretário, acompanhou Frundberg nas campanhas e guerras, inclusive na Itália nos anos 1526 até 1528. Com idade mais avançada retirou-se da vida turbulenta e, sob influência de Caspar Schwenkfeld (1489-1561) começou uma vida mais santificada, dedicou-se ao estudo da Bíblia, compôs hinos e fez traduções. Ele confessou:

>> Depois que Deus o Senhor, em anos passados, me tem humilhado, porém, em todas as lutas e preocupações me tem concedido consolo e auxílio, e já que agora estou com idade avançada, eu sinto que tudo aconteceu para meu bem-estar. Retirei-me de todos os negócios, serviços e cargos, afastei-me de todas as pessoas, e assim recolhido, num ano calmo voltei a dedicar-me novamente aos estudos, sendo recompensado com alegria e gozo em lugar de sofrimentos.<<

O hinólogo D. Wilhelm Nelle (1849-1918), editou em 1904 uma chave para o hinário evangélico “Geschichte des deutschen evangelischen Kirchenliedes”. Ali chama o hino de Adam Reussner de “canção de guerra” que pode ter sido feito para os Landsquenetes de Frundsberg ou em memória deles. O hino foi publicado no ano 1533. Provavelmente foi composto em 1532, o ano em que Reussner começou a trabalhar como escrivão na cidade de Mindelheim, depois de ter voltado das campanhas na Itália.

A base bíblica do HPD nº 215 é o Salmo 31: “Em ti, Senhor, me refugio; não seja eu jamais envergonhado: livra-me por tua justiça...”

A melodia pertencia a um antigo hino de Páscoa que já se conhecia no século XV na Boêmia e que reapareceu no ano de 1552 em Zurique e em 1573 em Leipzig
.
Fonte: Wolfgang Heiner “Bekannte Lieder – wie sie entstanden” , Neuhausen-Stuttgart, 1989 (4ª Ed.), pág, 73/74


 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 215. Em ti eu esperei, Senhor
Título da publicação: Hinos do Povo de Deus Comentados / Ano: 2012
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 15479
REDE DE RECURSOS
+
Quem conhece Deus também conhece as criaturas, as compreende e as ama, pois, nas criaturas, estão as pegadas da divindade.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br