Ganhar o Céu ou o Inferno nos próprios filhos

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: Mateus 18.1-9

“E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe. Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe dependurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fora afogado na profundeza do mar”. (vv. 5s.)

Assim também é verdadeira a afirmação de que os pais podem ganhar o céu através dos próprios filhos, mesmo que não façam outra coisa além de serem pais. Se os pais educam os filhos para que sejam servos de Deus, terão as duas mãos cheias de boas obras por fazer. Pois quem são os famintos, os sedentos, aqueles que não têm roupa, os prisioneiros, os doentes, os estrangeiros, senão as almas de seus próprios filhos (Mateus 25.35-36)? Com eles, Deus transforma sua casa num hospital, colocando-o como diretor do mesmo, para que você cuide deles, os alimente e lhes dê de beber com boas obras e palavras, de sorte que aprendam a confiar em Deus, crer nele, temer e depositar sua confiança nele, honrar seu nome, não jurar nem amaldiçoar, trabalhar, participar do culto e ouvir a palavra de Deus; que aprendam a desprezar as coisas deste mundo, suportar desgraças com paciência, não Ter medo da morte nem amar a presente vida! Oh, que lar e que casamento feliz não é aquele onde existem pais assim! De fato, seria uma verdadeira igreja, excelente mosteiro, sim, um paraíso.

Por outro lado, nada mais fácil para os pais do que serem condenados ao inferno por causa de sua atitude em relação aos filhos, em seu próprio lar, se negligenciam os filhos e não lhes ensinam as coisas mencionadas acima. De que adianta matar-se jejuando, orando, fazendo romarias e praticando toda sorte de obras? Por ocasião da morte e do juízo final, Deus não vai perguntar a respeito disso aí; vai exigir, isso sim, os filhos que ele lhes deu.
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: A Glória de Deus sobre a Criança
Sabei que o Senhor é Deus Salmo 100
Glória de Deus sobre a criança Lucas 2.41-52
Era-lhes submisso Lucas 2.41-51
O Quarto Mandamento Colossenses 3.18-25
Ganhar o Céu ou o Inferno nos próprios filhos Mateus 18.1-9
Se vocês não se tornarem como crianças Mateus 18.1-9
O limite da obediência João 2.1-11
Jesus abençoa as crianças Marcos 10.13-16

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 18 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 9
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 20125
REDE DE RECURSOS
+
Ninguém sabe o que significa confiar em Deus somente, a não ser aquele que põe as mãos à obra.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br