Georg Niege (1525-1588)

Obra e Biografia

29/06/2012

Georg Niege (1525-1588) HPD nº 268

Nasceu: 25 de outubro de 1525 em Allendorf (no rio Werra, em Hessen) Alemanha.

Faleceu: 7 de julho de 1588 em Rinteln (no rio Weser).

Georg Niege, quando já exercia o cargo de capitão de exército, escreveu uma auto-biografia. Nela conta quem lhe deu a educação musical1: Quando ainda era criança pequena, meu pai me introduziu na música e ensinou a cantar o Discant (Tiple, soprano de meninos). Ele se divertiu com isso; e todos que me escutaram gostaram disso. Até acharam um milagre que eu, tão pequeno e jovem, sabia entoar o Discant. Dotado com voz tão bonita, ele recebeu instrução humanista e musical na Cantoria em Kassel. A partir de 1542 estudou na Universidade em Marburgo. Em 1545 interrompeu os estudos e tomou uma decisão que marcava o resto de sua vida.

Resolveu servir como lansquenete (Landsknecht = mercenário de infantaria alemã no séc.16). Ele relata que foi uma transição para outro modo de vida, que exigia desistir de boas tradições e assumir novos jeitos de conduta2: me tornei mercenário; mergulhei numa vida desalmada... vi diariamente a que maldades o ser humana é capaz quando não conhece nada mais do que comer, beber, amaldiçoar e fornicar.

Porém, ele gostava da doutrina reformatória de Lutero. Por isso lutou no lado evangélico na guerra de Esmalcalden (1547). Depois também esteve na Escócia e nos Países Baixos, e chegou até o posto de capitão, sendo apelidado de Capitão piedoso. Mais tarde ocupou cargos administrativos em Buxtehude, Stade, Minden, Lage e Herford. Os últimos anos de sua vida passou na corte em Rinteln (Westfália). Escreveu poesias, hinos e sua autobiografia. Em 1587 foi aposentado.

O hino de sua autoria (1582) Aus meines Herzens Grunde sag ich dir Lob und Dank in dieser Morgenstunde, dazu mein Leben lang (EG nº 263, no original alemão com 7 estrofes) foi traduzido por Lindolfo Weingärtner e encontra-se no HPD sob nº 268: Ao despertar o dia, eu venho a ti, Senhor. A melodia, originalmente de uso profano, apareceu como música sacra pela primeira vez no ano de 1598 em Hamburgo no hinário Neu Catechismus-Gesangbüchlein E´ uma bonita oração matutina, agradecendo a Deus pela proteção experimentada (1ª e 2ª) , entregando, por mais um dia, aos cuidados de Deus corpo e alma, parentes e amigos (3ª e 4ª), prometendo aceitar o que Deus enviar e servir-lhe com alegria (5ª e 6ª estrofes). Entre a 4ª e a 5ª estrofes havia, no original, mais uma estrofe, pedindo que o anjo da guarda não nos abandone, mas afugente o mau adversário.

Fontes: Kleines Nachschlagewerk zum Evangelischen Gesangbuch für Bayern und Thüringen Munique, s.d. (1995). http://info.ub.uni-potsdam.de/zsr/militaer/militaer9_1.pdf e http://www.volksliederarchiv.de/lexikon-1.html

Notas:

1 Mein vatter hat mich jung und klein
Instituert, geleret fein
Die musick, ein Discant zu singen,
das ihm thet selber kurtzweil bringen;
und hetten ein gefallen dran
all die es hörten, fraw und man.
Es war ein jederman besunder
Ein ungewontlich grosses wunder,
das ich, so klein und jung von Jaren
wuste mein Discant zu verwahren.

2 ein Lantzknecht worden; mich begeben zu ihnen in ein ruchlos Leben (...) Ich hab mit Schmertzen angesehn, was teglich fur Muthwil geschehen mit Fressen, Sauffen, Fluchn und Schweren“.

 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 15632
REDE DE RECURSOS
+
Cantarei de alegria quando tocar hinos a ti, cantarei com todas as minhas forças porque tu me salvaste.
Salmo 71.23
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br