IGREJA DA PALAVRA - CHAMAD@S PARA COMUNICAR

Meditação

04/02/2015

Igreja da Palavra – Chamad@s a Comunicar é o tema da IECLB para o ano de 2015. Um tema importante e relevante para nossos dias. Há pouco tempo fizemos nossa mudança de Palmitos para Chapecó. Palmitos, cidade pequena, quase todas as pessoas se conhecem, se cumprimentam. A vida tem um ritmo próprio, apesar de também já ter sofrido um processo de aceleração nos últimos anos.

Ao chegar em Chapecó, confesso, me senti um ser invisível. As pessoas andam numa velocidade cada vez maior. Me sinto um ser transparente, porque ninguém me enxerga nem eu consigo me comunicar com as pessoas que encontro pela rua. Algumas parecem Zumbis andando com fones e não são possíveis de serem acessadas nem para dizer um “oi”.

Vivemos cercados de gente e estamos sós. Nunca me senti tão só quanto nas ruas cercado de gente. O ser humano é por natureza comunicativo. Não é por acaso que a IECLB tem o tema comunicação para a reflexão em 2015. Comunicação não se faz só com celulares modernos, tablets, computadores. Encontramos crianças que sabem o que acontece no Japão, China, Alemanha, Estados Unidos, Brasília, mas não sabe o que se passa com as pessoas de sua família.

A comunicação que mais precisamos é a inter-pessoal. Comunicação humana precisa de pessoas que têm sentimentos, necessidades, calor, frio, fome, dor, alegria, afeto, consolo, fé, Deus. Precisamos aprender a nos comunicar com pessoas, usando para isso, as modernas tecnologias. Conheço pessoas que estão conectadas 24 horas, mas não tem tempo para conversar com o irmão ou vizinho, para visitar um doente ou mesmo ir à igreja para buscar a orientação de Deus para a sua vida.

O ser humano precisa reaprender a se comunicar. Para que isso aconteça podemos buscar no mestre Jesus um modelo. A IECLB escolheu como lema bíblico o texto de Lc 24.17: Então, Jesus perguntou: sobre o que vocês estão conversando pelo caminho? O modelo que encontramos em Jesus é muito simples. Cristo entra em diálogo com seus discípulos que estavam voltando tristes para Emaús, pois seu mestre havia sido crucificado. Ele entra em diálogo com seus discípulos. Dá a palavra para quem tinha perdido toda esperança com a morte de seu mestre e salvador.

Jesus enxerga os discípulos. Vê seu sofrimento e dá a eles a oportunidade de dizer a sua dor e desesperança. Jesus cumprimenta seus discípulos. A comunicação se faz no caminho, na luta do dia a dia. Jesus não criou, de forma artificial, a oportunidade de se comunicar. Pelo contrário, foi sensível e na caminhada se deu a conhecer no partir do pão. Como nós somos conhecidos ou reconhecidos?

Este é o desafio para todos nós com o tema da IECLB para 2015. Não precisamos criar nada novo, mas participar da caminhada e sermos sensíveis aos que conosco caminham. Nós não nos comunicamos com o ar, mas com pessoas. Tarefa importante na comunicação é enxergar as pessoas, torna-las visíveis como seres integrais. Só se comunica quem tem sensibilidade para as necessidades e sentimentos das pessoas. O comércio e o mercado fazem isto muito bem, mas para obter lucros cada vez maiores. Nós precisamos aprender a comunicar a palavra de Deus às pessoas para que ela seja compreensível e possa transformá-las em seres humanos que tem sentimentos e necessidades.

O convite é que nos façamos a mesma pergunta que Jesus fez a seus discípulos no caminho de Emaús: Sobre o que vocês estão conversando pelo caminho em 2015? O que preocupa a todos e todas nós? Que Cristo seja reconhecido nos gestos de suas comunidades, das quais nós somos participantes e caminhantes ativos.


Autor(a): P. Jair Luiz Holzschuh
Âmbito: IECLB / Sinodo: Uruguai
Área: Campanhas / Nível: Tema do Ano
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 31574
REDE DE RECURSOS
+
Continuem a crescer na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
2 Pedro 3.18
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br